Ruídos na comunicação na perícia contábil em processos judiciais cíveis / Communication noise in forensic accounting in civil court proceedings

Ellen Cristine Queiroz, Idalberto José das Neves Júnior

Abstract


Esse estudo teve como objetivo analisar elementos descritos na Teoria da Comunicação que afetam a comunicação humana, como ruído ou problema, presentes no fluxo do trabalho pericial contábil nos processos das varas cíveis da Circunscrição Judiciária de Brasília do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) e que causam impactos no decurso do processo judicial e no comportamento dos magistrados, advogados e peritos contábeis. Na plataforma teórica foram apresentados os problemas de comunicação sob o enfoque da Teoria Matemática da Comunicação, os sujeitos participantes da dinâmica de comunicação estudada, os elementos dessa dinâmica e o fluxo do trabalho pericial no processo judicial. Como instrumento de pesquisa, foi aplicado um questionário, do qual obtiveram-se 30 respostas válidas, sendo 6 de juízes, 8 de advogados e 16 de peritos contábeis. Foram identificados ruídos nos três níveis de problemas de comunicação descritos por Shannon e Weaver (1967/1975), e, como impactos, verificou-se atrasos nos andamentos processuais, publicação de decisões equivocadas, necessidade de pedidos de esclarecimentos, maiores gastos financeiros e danos à imagem do perito.


Keywords


Ruídos, Teoria da Comunicação, Perícia Contábil Judicial, Processo Cível.

References


Adrião, R. R. A., Maschio, F. M. P, Silva, R. O., Teixeira, A. L. F. Q., & Giacomelli, C.L.F. (2018). Instituições do Processo Civil. Porto Alegre: SER – SAGAH. Recuperado dehttp://search.ebscohost.com/login.aspx?direct=true&db=edsmib&AN=edsmib.000014475〈=pt-br&site=eds-live

Berlo, D. K. (2003). O Processo da Comunicação: Introdução à Teoria e à Prática (10a ed., J. A. Fontes, Trad). São Paulo: Martins Fontes. (Obra original publicada em 1960).

Dias, J. M., Fº. (2000). A linguagem utilizada na evidenciação contábil: uma análise de sua compreensibilidade à luz da teoria da comunicação. Caderno de estudos no. 24. São Paulo,Brasil.Recuperadodehttps://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-92512000000200003&lng=pt&tlng=pt

Dimbleby, R., & Burton, G. (1990). Mais do que palavras: uma introdução à teoria da comunicação. São Paulo: Summus.

Gil, A. C. (2010). Como Elaborar Projetos de Pesquisa (5a ed.). São Paulo: Atlas.

Gonçalves, M. V. R. (2018). Novo Curso de Direito Processual Civil (15a ed.). São Paulo: Saraiva.Recuperadodehttps://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788553600557/cfi/4!/4/4@0.00:41.7Lei n. 13.105, de 16 de março de 2015. Código de Processo Civil. Recuperadodehttp://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13105.htm

Martino, L. M. S. (2014). Teoria da Comunicação (5a ed.). Petrópolis, RJ: Vozes. Recuperadodehttp://bv4.digitalpages.com.br/?page=1&section=0#/sso/unb/03249467162/73932b1eeb4dcf26014eea9f1583e82d

Morais, A. C., & Morais, C. R. (2018). O Perito e a Justiça. Brasília: Halley.

Neves, I. J., Jr., Cerqueira, J. G. M., & Gottardo, M. S. P. (2013, setembro). Perícia Contábil Judicial: a relevância e a qualidade do laudo pericial contábil na visão dos magistrados do Estado do Rio de Janeiro. XXXVII Encontro da ANPAD. Rio de Janeiro, RJ,Brasil.Recuperadodehttp://www.anpad.org.br/admin/pdf/2013_EnANPAD_CON2304.pdf

Nogueira, M. F., Weffort, E. F. J., Antunes, J., & Pereira, A. C. (2008, setembro). O Processo da Comunicação Pericial Judicial Contábil: Abordagem em Relação aos Ruídos. XXXII Encontro da ANPAD. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Recuperado de http://www.anpad.org.br/admin/pdf/CON-A1419.pdf

Sá, A. L. de (2009). Perícia Contábil (9a ed.). São Paulo: Atlas.

Santos, V. dos, Cunha, P. R. da, Tanquella, M., & Valentim, I. (2013, setembro). Ruídos no Processo de Comunicação de Perícias Contábeis: um Estudo na Região do Alto Vale do Itajaí – SC. XXXVII Encontro da ANPAD. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Recuperado de http://www.anpad.org.br/admin/pdf/2013_EnANPAD_CON2239.pdf

Shannon, C. E., & Weaver, W. (1975). A Teoria Matemática da Comunicação (O. Agueda, Trad.). São Paulo - Rio de Janeiro: Difel. (Obra original publicada em 1967)

Vilalba, R. (2006). Teoria da comunicação: conceitos básicos. São Paulo: Ática.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29519

Refbacks

  • There are currently no refbacks.