Tecnologias digitais aplicadas ao ensino de Parasitologia para alunos de Medicina da Faminas BH / Digital technologies applied to the teaching of Parasitology to medical students at Faminas BH

Tayná Alessandra Bellintani Pompiani, Taís Larissa Resende, Maria Fernanda de Oliveira Filardi, Daniela Camargos Costa

Abstract


O avanço tecnológico das últimas décadas aliado às modificações na sociedade contemporânea trouxe novos desafios para o processo de ensino-aprendizagem, com particular impacto na educação superior. O uso de ferramentas digitais e de metodologias ativas como estratégias de aprendizagem se fazem necessárias para instigar o papel do aluno enquanto protagonista do saber e propiciar maior fixação do conteúdo, trazendo impacto positivo no processo de conhecimento e da aprendizagem significativa. Nesse sentido, o objetivo do presente trabalho é apresentar uma estratégia didático-pedagógica em forma de plataforma digital aplicada durante às aulas práticas de Parasitologia, para alunos do terceiro período do curso de Medicina da FAMINAS BH. Foram abordadas sete protozooses (Malária, Leishmanioses, Doença de Chagas, Toxoplasmose, Tricomoníase, Giardíase e Amebíase) e quatro verminoses (Ancilostomose, Ascaridíase, Tricuríase e Estrongiloidíase), sendo que para cada uma dessas doenças, foram adicionados os principais aspectos e elaboração de dois casos clínicos com base na literatura. Foram também adicionadas imagens das principais formas evolutivas (acervo FAMINAS-BH) e esquemas lúdicos dos ciclos das doenças. A plataforma foi disponibilizada para duas turmas, que cursavam a disciplina, durante os anos de 2018 e 2019. Os alunos acessavam o conteúdo e traziam as resoluções dos casos clínicos para as aulas, local de ampla discussão e momento para sanar eventuais dúvidas. Os alunos também, se demonstraram bastante satisfeitos com a estratégia e apresentaram maior empenho, bem como maior facilidade na assimilação do conteúdo, o que refletiu positivamente nas notas. Estratégias digitais que proporcionem o protagonismo do estudante são fundamentais para a aprendizagem significativa e corrobora para um desempenho superior dos alunos, propiciando espaços para discussão e fixação do que foi trabalhado. Ademais, o uso de metodologias alternativas é essencial para complementar as aulas teóricas, uma vez que as metodologias ativas são mais atrativas e comprovadamente eficazes na construção do conhecimento.


Keywords


Educação médica, tecnologia digital, protozooses.

References


RIEDNER, D. D. T.; PISCHETOLA, M. Tecnologias Digitais no Ensino Superior: uma possibilidade de inovação das práticas?. Educação, Formação & Tecnologias - ISSN 1646-933X, América do Norte, 9, dez. 2016. Disponível em: . Acesso em: 22 Abr. 2021.

ANASTASIOU, L. G. C.; ALVES, L. P. Estratégias de ensinagem. In: ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos; ALVES, Leonir Pessate (Org.). Processos de ensinagem na universidade: pressupostos para estratégias de trabalho em aula. 7. Ed. Joinville, SC: Ed. UNIVILLE, 2007.

CECCIM, R. B.; FEUERWERKER, L. C. M. Mudança na graduação das profissões de saúde sob o eixo da integralidade. Cad Saúde Publica. 2004; 20(5):1400-10.

MOREL, Carlos M. "Inovação em saúde e doenças negligenciadas." Cadernos de Saúde Pública 22 (2006): 1522-1523.

Ministério de Saúde. Doenças Infecciosas e Parasitárias: guia de bolso. 8ª ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

NEVES, D. P. Parasitologia Humana, 11ª ed, São Paulo, Atheneu, 2005.

MORAIS, Ilzane Maria de Oliveira; BRASIL, Bruno Praça; CARVALHO, Lara Sobreira Pires et al. A relevância da implantação de metodologia ativa em aula prática de reanimação neonatal. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n.12, p.96010-96016, dez. 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/21257. Acesso em: 22 abril 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29458

Refbacks

  • There are currently no refbacks.