Cateterismo vesical: proposta de um programa de treinamento para enfemeiros / Vesical catheterism: proposal for a training program for nurses

Juliana Cristina da Silva Raimundo, Andreara de Almeida e Silva, Janaína Duarte, Nádia Cristina de Campos Silva, Lúcia Garcia Dantas Martins Silva

Abstract


O presente estudo tem como objetivo identificar e analisar a importância das medidas preventivas visando a redução das taxas infecciosas do trato urinário ligadas a utilização de cateterismo vesical.  Abordando a importância do conhecimento a respeito da definição conceitual de infecção do trato urinário, prevenção e suas consequências para o paciente, bem como para a instituição onde o mesmo se encontra, baseando-se em conhecimentos científicos e habilidades diante da tomada de decisões e implementação, em situações específicas como a abordagem de pacientes portadores dessa patologia e cuidados prestados ao público alvo do trabalho, compreendendo as atitudes da equipe de enfermagem e no desenvolvimento de ações de prevenção e redução de danos nesse âmbito. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, onde irá ser realizada uma revisão bibliográfica por meio de material disponível nas bases de dados: Scielo (Scientific Eletronic Library Online) e revistas, materiais descritos em língua portuguesa, publicados entre os anos de 2004 a 2020, onde serão analisados individualmente e qualitativamente. Busca-se compreender formas de prevenção dessa patologia, visando um cuidado seguro e de qualidade prestado pela equipe de enfermagem, além de contribuir para estipular discussões sobre cuidado seguro/prevenção de infecção, bem como facilitar o plano de ação ao combate de infecções relacionadas a assistência à saúde.


Keywords


Infecção trato urinário, cateterismo vesical, prevenção.

References


Brasil (São Paulo). Conselho estadual de Enfermagem. PARECER COREN-SP CAT nº 006/2015. Sondagem/cateterismo vesical de demora, de alívio e intermitente no domicílio. São Paulo: COREN SP, 2015

Brasil. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária. Infeções do Trato Urinário e Outras Infecções do Sistema Urinário: Medidas de Prevenção de Infecções

Relacionadas à Assistência à Saúde. Brasília 2016.

Brasil. Agência Nacional de vigilância Sanitária. Quer se proteger da infecção hospitalar? Leia isto [internet] 2017 [citado 2020 maio 03]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/quer-se-proteger-da-infeccao-hospitalar-leia-isto-/219201

Brasil. Ministério da saúde. Secretaria de ciência, tecnologia, inovação e insumos estratégicos. Comissão nacional de incorporação de tecnologias no SUS. Relatório de recomendação: Cateter hidrofílico para cateterismo vesical intermitente em indivíduos com lesão medular e bexiga neurogênica. Brasília 2019.

Campos CC, Alcoforado CLGC, Franco LMC, Carvalho RLR, Ercole FF. Incidência de infecção do trato urinário relacionada ao cateterismo vesical de

demora: um estudo de coorte. REME – Rev Min Enferm. 2016; 20-e937

Côrrea RA, et al. Carga de doença por infecções do trato respiratório inferior no Brasil, 1990 a 2015: estimativas do estudo Global Burden of Disease 2015. Revista Brasileira de epidemiologia. 2017; 20 (supl 1): 171-181.

Ercole FE, Macieira TGR, Wenceslau LCC, Martins AR, Campos CC, Chianca TCM. Revisão integrativa: evidências na prática do cateterismo urinário intermitente/demora. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet]. jan.-fev. 2013 [acesso

em: 2020 mai 08];21(1):[10 telas]. Disponível em: www.eerp.usp.br/rlae

Filho JSR, Vilar FC, Mota LM, Leal CL, Pisi PCB. Infecção do trato urinário. Ver Med Rib Pret. 2010; 43 (2): 118-25.

HUSM: Educação permanente em saúde do HUSM [internet]. Universidade Federal de Santa Maria; c2020 [Citado 2020 mai 16]. Disponível em: http://jararaca.ufsm.br/websites/ephusm/44ca1940f2422f48437244498e6c3def.htm

Jardim JM, Lacerda RA, Soares NJD, Nunes BK. Avaliação das práticas de prevenção e controle de infecção da corrente sanguínea em um hospital governamental. Revista da Escola de Enfermagem da USP. 2013; 47 (1): 38-45.

Jorge BM, Mazzo A, Mendes IAC, Trevizan MA, Martins JCA. Infeção do trato urinário relacionada com o uso do cateter: revisão integrativa. Rev. Enf. Ref. [Internet]. 2013 Dez [citado 2020 Maio 09] ; serIII( 11 ): 125-132. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0874-02832013000300014&lng=pt.

Labtestonline. Infecções do trato urinário. [internet]. Rio de Janeiro: SBPC; c 2002 – 2020 [atualizado em 2019 dez 28]. Disponível em: https://labtestsonline.org.br/conditions/infeccoes-do-trato-urinario

Lopes HV, Tavares W. Diagnóstico das Infecções do Trato Urinário. Revista Associação Médica Brasileira. 2005; 51(6): 301-12.

Martins DL, Maia FSB, Paiva FAS, Dantas VPC. Procedimento Operacional

Padrão: Medidas de prevenção de infecção do trato urinário. EBSERH Hosp Univers Feder. 2016; 1(1): 1-8

Mazoo A, Godoy S, Alves LM, Mendes IAC, Trevisan MA, Rangel EML. CATETERISMO URINÁRIO: FACILIDADES E DIFICULDADES RELACIONADAS À SUA PADRONIZAÇÃO. Texto Contexto Enferm. 2011;20(2):333-339.

Mota EC, Oliveira AC. Infecção do trato urinário associada a cateter vesical: por que não controlamos esse evento adverso? Revista da Escola de Enfermagem da USP. 2019; 53 (1): 1-7.

Otaviano MLPO, Cunha RGB, Guimarães SM. Prevenção de infecção do sítio cirúrgico. Periódicos Eletrônicos em Psicologia. 2016; 49 (2): 144-46.

Pereira, ALF. As tendências pedagógicas e a prática educativa nas ciências da saúde. Cad. Saúde Pública, 2003, 19(5):1527-1534.

Silva, GM, Selfert OMLB. Educação continuada em enfermagem: uma proposta Educação continuada em enfermagem. Rev Bras Enferm, 2009; 62(3): 362-6.

Siqueira, ILCP. Estratégia de capacitação de enfermeiros recém-admitidos em unidades de internação geral. Rev Esc Enferm USP 2005; 39(3):251-7.

Souza FC, Pereira JC, Rezende DA, Laura C. Avaliação dos cuidados de enfermagem com o cateter venoso central em uma unidade de terapia intensiva adulto e pediátrica. Revista de Administração em Saúde. 2018; 18 (70).

Vilas-Boas VA.: [Internet]. Campinas: Caism UNICAMP; 2018. Infecção do trato urinário em adultos: Como prevenir?; [Atualizado 2020 Mar 18; citado 2020 Mai 09]; Disponível em: https://www.caism.unicamp.br/.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29449

Refbacks

  • There are currently no refbacks.