Cobogó fluido: perspectivas para pensar sobre um novo conceito / Fluid Cobogó: perspectives for thinking about a new concept

Gracieli Kronbauer, Marjorie Lemos Gubert

Abstract


Este trabalho de conclusão de Curso de Design da Universidade Luterana do Brasil consiste no estudo e design do cobogó fluido, inspirado no conceito de modernidade fluida pensada por Zygmunt Bauman. O formato atual dos cobogós fez perceber a oportunidade de desenvolver uma nova forma e gerar diferentes percepções a partir da flexibilização de um dos seus elementos. Diante desta perspectiva, foram identificadas possíveis necessidades e desejos a serem atendidos, portanto desenvolve-se um cobogó com elemento central com função giratória, possibilitando que ocorram transformações significativas na sua forma, ampliando seus efeitos estéticos, funcionais e sensoriais, tornando-o um elemento interativo, apto a alterar a interface do ambiente.


Keywords


Design de superfície, Cobogó, Modernidade fluida.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CERÂMICA. Informações técnicas – Processos de Fabricação. Nov. 2015. Disponível em: http://abceram.org.br/. Acesso em: 05 abr. 2015.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Norma ABNT NBR 6136:2014: Blocos vazados de concreto simples para alvenaria sem função estrutural. Disponível em: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?ID=1116. Acesso em: 02 abr. 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CIMENTO PORTLAND, Boletim técnico 106: Guia Básico da utilização de cimento Portland. 7.ed. São Paulo 2002.

BACK, Nelson, Projeto integrado de produtos: planejamento concepção e modelagem. São Paulo: Manole, 2008.

BALTAR, C. A. M.; BASTOS, F. F. & BORGES, L. E. P. Variedades mineralógicas e processos utilizados na produção dos diferentes tipos de gesso. In.: Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e Metalurgia Extrativa. v. 2. Florianópolis: 2004.

BAUMANN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BAUMANN, Zygmunt. Vida para Consumo. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BAXTER, Mike. Projeto de Produto. São Paulo: Blucher, 2011.

BITTENCOURT, Leonardo. Grupo de Estudos em Conforto Ambiental/GECA, do Centro de Tecnologia da Universidade Federal de Alagoas/UFAL: 2007.

BONSIEPE, Gui. Design: como prática de projeto. São Pulo: Blucher, 2012.

CURREY, Mason. Sculpting Infinity. Metropolis Http. Disponível em: www.metropolismag.com/October-2006/Sculpting-Infinity/ Acesso em: 22 Ago. 2015.

ESTEFAM, A. F. A influência islâmica na arquitetura brasileira. Disponível em: http://www.usp.br/siicusp/Resumos/16Siicusp/1427.pdf. Acesso em: 24 jun. 2010.

FERRANATE, Maurizio e WALTER, Yuri. A Materialização da Ideia: noções de materiais para design de produto. Rio de Janeiro: LTC, 2010.

FLORES, A. L. Conforto ambiental e eficiência energética em edifícios residenciais: preservação da arquitetura nas superquadras do plano piloto – Brasília. Brasília: Universidade de Brasília – UnB, 2004. Disponível em: http://vsites.unb.br/fau/qualilumi/arquivos/RELATORIO.pdf. Acesso em: 02 abr. 2015.

FREITAS, Renata Oliveira Teixeira de. Design de Superfície Ações Comunicacionais táteis nos processos de criação. São Paulo: Blucher, 2011.

FOTOS MARAVILHOSAS DE ONDAS NA PRAIA. Disponível em: http://www.chakalat.net/2013/03/fotos-maravilhosas-de-ondas-na-praia.html. Acesso em: 05 ago. 2015

GOMES, G. C. Desenvolvimento de uma metodologia para o projeto de paredes de elementos vazados fundamentada na gramática compositiva das simetrias planas. (Iniciação Científica, FEC-UNICAMP, orientação – Profa. Dra. Ana Lúcia N.C. Harris), Relatório final, 2008. Disponível em: http://www.prp.rei.unicamp.br/pibic/congressos/xvicongresso/cdrom/FSCOMMAND/pdfN/995.pdf. Acesso em: 10 ago. 2015.

GONÇALVES, J. C. S.; DUARTE, D. H. S. Arquitetura sustentável: uma integração entre ambiente, projeto e tecnologia em experiências de pesquisa, prática e ensino.

IDEALMENTE. Disponível em http://idealmente.tumblr.com/post/87416840041. Acesso em: 15 Ago. 2015.

LESKO, Jim. Design industrial: guia de materiais e fabricação. 2.ed. São Paulo: Blucher, 2012.

LIDWEL, William. Princípios Universais do Design. Porto Alegre: Bookman, 2010.

LIMA, Marco Antonio Magalhães. Introdução aos Materiais e Processos para Designers. Rio de Janeiro: Eitora Ciência Moderna Ltda, 2006.

MARQUES, Sonia e NASLAVSKY, Guilah. Plano Livre - A insustentável leveza do Cobogó. II Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo. Teorias e práticas na Arquitetura e na Cidade Contemporâneas Complexidade, Mobilidade, Memória e Sustentabilidade Natal, 18 a 21 de setembro de 2012.

MELLÃO, Renata; IMBRIOSI, Renato e KUBRUSLY, Maria Emília. Que Chita bacana. A Casa Museu do Objeto Brasileiro, 2005.

MIGUEL, Jair Diniz. Uma Escola Revolucionária de Arte: Wkhutemas/Wkhuutein (1920-1930). I Encontro da Arte IFCH/UNICAMP: 2005. Doutor em História Social – FFLCH/USP.

MG12. Cobogó Leone. Disponível em: http://mg12.it/prodotti/cobogo/cobogo/. Acesso: 08 out. 2015.

MOZOTA, Brigitte Borja de. Gestão do Design: usando o design para construir valor de marca e inovação corporativa. Porto Alegre: Bookman, 2011.

MUNARI, Bruno. Das Coisas Nascem Coisas. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

NIEMAYER, Lucy. Design no Brasil: origens e instalação. Rio de Janeiro: 2AB, 2000.

OLIVEIRA, Adriana Freire de. Cobogós, textile-block ou módulo Experimentações de novas estéticas, 9º seminário docomomo Brasil interdisciplinaridade e experiências em documentação e preservação do patrimônio recente Brasília. Junho de 2011. Disponível em: http://docomomo.org.br/seminario%209%20pdfs/147_M16_RM-CobogosTextile-ART_adriana_oliveira.pdf. Acesso em 21 abr. 2015.

OLIVEIRA, Nathalia Cantergiani Fagundes de. Superfícies abstratas: o elemento cerâmico como textura na arquitetura moderna brasileira. 4º Seminário do Conesul. 2013.

PULERT, Renata. Uso de elementos vazados na arquitetura: estudos de três obras educacionais contemporâneas. 2012. Curitiba.

RODRIGUES, Josivam. Cobogó de Pernambuco. Recife: 2012. Disponível em: www.cobogodepernambuco.com. Acesso em 15 abr. 2015

RUBIN, Renata. Desenhando a superfície. São Paulo: Rosari, 2013.

RÜTHSCHILLING, Evelise Anicet. Design de Superfície. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2008.

SALVADOR FILHO, José Américo Alves. Blocos de Concreto para Alvenaria em construções Industrializadas. Tese à Escola de Engenharia de São Carlos. São Carlos: 2007. Disponível em: file:///C:/Users/Gracieli/Downloads/2007DO_JoseAmerico.pdf. Acesso em: 05 abr. 2015.

SCHNEIDER, Beat. Design – uma introdução: o design no contexto social, cultural e econômico. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda, 2010.

UNSPLASH: BEAUTIFUL FREE IMAGES & PICTURE. Disponível em: unsplash.com/t/interiors. Acesso em: 05 abr. 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29445

Refbacks

  • There are currently no refbacks.