Caracterização dos acidentes rodoviários Ocorridos em locais críticos de acordo com o Risco associado à rodovia / Characterization of road accidents occurring in critical locations according to the Risk associated with the road

Tiago Augusto Pianezzer, Camila Belleza Maciel Barreto, Valter Zanela Tani, Amir Mattar Valente

Abstract


Os acidentes de trânsito são considerados globalmente como a 8ª maior causa de morte, visto que ocorrem aproximadamente 1,35 milhão de óbitos anualmente. Este estudo utilizou as técnicas geoestatísticas Moran’s I e Getis Ord Gi* para identificação de pontos críticos de acidentes vinculado ao risco da rodovia, calculado pela metodologia iRAP. Foram identificados 3 agrupamentos de acidentes em segmentos de alto risco e 2 agrupamentos de acidentes em segmentos de baixo risco, totalizando 46 ocorrências. Tais acidentes apresentaram: maior quantidade sem vítimas em locais com baixo risco e de vítimas fatais em locais com maior risco; predominância de causas comportamentais, independente do risco da rodovia; maior quantidade envolvendo somente um veículo nos agrupamentos de alto risco. Foi possível identificar a importância de cada elemento dos sistemas seguros – usuário, via e veículo, associados a velocidades seguras – e evidenciar a necessidade de se considerar o conceito de rodovias que perdoam nas questões de segurança viária.

 

 


Keywords


Segurança Viária, Metodologia IRAP, Acidentes Rodoviários, Análises Espaciais.

References


AL-RUZOUQ, R. et al. Weighted Multi-Attribute Framework to Identify Freeway Incident Hot Spot in a Spatiotemporal Context. Arabian Journal for Science and Engineering, [S.l.], v. 44, p. 8205-8223, 2019.

BELLOS, E.; EFSTATHIADIS, S.; GKREMOS, I.; LEOPOULOS, V. Road Infrastructures’ risk Assessment: a valuable tool for investments’ decisions. International Scientific Conference People, Buildings and Environment, [S.l.], p. 67-78, 2014.

COLAK, H. E.; MEMISOGLU, T.; ERBAS, Y. S.; BEDIROGLU, S. Hot spot Analysis based on network spatial weights to determine spatial statistics of traffic accidents in Rize, Turkey. Arabian Journal of Geosciences, [S.l.], v. 11, n. 151, 2018.

ELVIK, R.; HOYE, A.; VAA, T.; SORENSEN, M. O Manual de medidas de segurança viária. Oslo, Noruega: Editora Fundacion Mapfre, 2014.

ESRI - Environmental Systems Research Institute. How Spatial Autocorrelation: Moran’s I (Spatial Statistics) works. [S.l.]: ESRI, 2020a.

ESRI - Environmental Systems Research Institute. How Hot Spot Analysis: Getis-Ord Gi* (Spatial Statistics) works. [S.l.]: ESRI, 2020b.

FHWA - Federal Highway Administration. Manual for selecting: Safety Improvements on High Risk Rural Roads. Washington: FHWA, 2014.

IRAP – International Road Assessment Programme. iRAP methodology fact sheets. United Kingdom: iRAP, 2014.

LEE, M.; KHATTAK, A. J. Case study of crash severity spatial pattern identification in hot spot analysis. Transportation Research Record, [S.l.], v. 2673, n. 9, p. 684-695, 2019.

MINISTÉRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA. Dados abertos sobre acidentes de trânsito. 2020. Disponível em: https://www.prf.gov.br/portal/dados-abertos/acidentes. Acesso em: 20 jul. 2020.

OMS – Organização Mundial de Saúde. Global status report on road safety: 2018. Geneva: World Health Organization, 2018.

ONSV – Observatório Nacional de Segurança Viária. 90% dos acidentes são causados por falha humana. 2019. Disponível em: https://www.onsv.org.br/90-dos-acidentes-saocausados-por-falhas-humanas-alerta-observatorio. Acesso em: 25 jul. 2020.

PIANEZZER, T. A. Análise comparativa de metodologias para identificação de segmentos críticos em rodovias rurais. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2019.

SHI, L. et al. A cask evaluation model to assess safety in chinese rural roads. Sustainability, [S.l.], v. 10, n. 11, 2018.

WRI – World Resources Institute. Sustentável e seguro visão e diretrizes para zerar as mortes no trânsito. São Paulo: WRI Brasil, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29440

Refbacks

  • There are currently no refbacks.