Diretrizes teóricas para o aperfeiçoamento da relação entre ecoturismo e marketing verde na APA do Delta do Parnaíba / Theoretical guidelines for the improvement of the relationship between ecotourism and green marketing in the Parnaíba Delta APA

Bruno Galisa de Oliveira, Mara Águida Porfirio Moura, Kelsen Arcângelo Ferreira e Silva

Abstract


A presente pesquisa se dedica a analisar a relação entre ecoturismo e marketing verde na Área de Proteção Ambiental (APA) do Delta do Parnaíba, a partir das discussões de autores que debatem sobre o tema. O objetivo deste trabalho foi investigar as diretrizes teóricas que permitem o aperfeiçoamento dessa relação, em perspectiva interdisciplinar. Nesse contexto, observamos que a relação entre ecoturismo e marketing verde enfrenta diversos desafios na APA, que passam pela questionabilidade da existência do ecoturismo, pela ausência do poder público região e pelo pouco know-how de marketing. As soluções, por sua vez, demandam uma ação conjunta entre sociedade civil organizada e Estado, bem como a propositura de Ação Civil Pública. A pesquisa realizada foi descritiva, com abordagem qualitativa e procedimentos bibliográficos e documentais. Utilizamos, para análise do conteúdo, as três fases de Bardin (2016). Concluímos que os desafios constatados na APA são variados, mas que possuem soluções, as quais demandarão, de qualquer forma, esforço público e privado à longo prazo, sobretudo no sentido da conscientização ambiental.


Keywords


Marketing Verde, Ecoturismo, Delta do Parnaíba.

References


BARDIN, L. Análise de conteúdo. 1 ed. São Paulo: Edições, 2016.

BELLEN, H. M. V; PETRASSI, A. C. M. A. Dos limites do crescimento à gestão da sustentabilidade no processo de desenvolvimento. Rev. NECAT, Santa Catarina, v. 5, n. 10, p. 8-30, Dez. 2016.Disponível em: < http://incubadora.periodicos.ufsc.br/index.php/necat/article/view/4472/4777> Acesso em 7 mar. 2021.

BRASIL. Decreto S/N, de 28 de agosto de 1996. Dispõe sobre a criação da Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba, nos Estados do Piauí, Maranhão, e Ceará, e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/DNN/Anterior%20a%202000/1996/Dnn4368.htm>. Acesso em 10 mar. 2021.

BRASIL. Lei Nº. 7.347, de 24 de julho de 1985. Disciplina a ação civil pública de responsabilidade por danos causados ao meio-ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico (VETADO) e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7347orig.htm> Acesso em 10 mar. 2021.

BRASIL. Lei Nº. 8.078, de 11 de setembro de 1990. Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8078compilado.htm> Acesso em 10 mar. 2021.

BRASIL. Lei Nº. 9.985, de 12 de janeiro de 2000. Regulamenta o art. 225, § 1º, incisos I, II, III e VII da Constituição Federal, institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9985.htm#:~:text=LEI%20No%209.985%2C%20DE%2018%20DE%20JULHO%20DE%202000.&text=225%2C%20%C2%A7%201o%2C%20incisos,Natureza%20e%20d%C3%A1%20outras%20provid%C3%AAncias.> Acesso em 10 mar. 2021.

BRASIL. Ministério do Turismo. Ecoturismo: orientações básicas. Secretaria Nacional de Políticas de turismo, Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico, Coordenação Geral de Segmentação. 2 ed. Brasília: Ministério do Turismo, 2010. Disponível e: http://antigo.turismo.gov.br/sites/default/turismo/o_ministerio/publicacoes/ Acesso em 09 mar. 2021.

BRASIL. Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba, de agosto de 2020. Disponível em: Acesso em 10 mar. 2021.

downloads_publicacoes/Ecoturismo_Versxo_Final_IMPRESSxO_.pdf> Acesso em 09 mar. 2021.

CALDAS, M. V. Práticas de maquiagem verde em estratégia de marketing ambiental no mercado moveleiro. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração), Universidade Portiguar. Natal, p. 100, 2015.

COELHO et al. Sustentabilidade da atividade turística do Delta do Parnaíba, Estados do Piauí e Maranhão, Nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v; 4, n. 8, p. 263-288, 2017. Disponível em: Acesso em 06 fev. 2021.

DIAS, R. Marketing ecológico y turismo. Estudios y Perspectivas em Turismo, Buenos Aires, v. 17, n. 2, p 140-155, Jun/2008. Disponível em: < https://www.redalyc.org/pdf/1807/180713896004.pdf> Acesso em 10 mar. 2021.

Embratur investe em programa de revitalização do ecoturismo. BRASILTURIS, 2019. Disponível em: < https://brasilturis.com.br/embratur-revitalizacao-ecoturismo/> Acesso em 10 mar. 2021.

FANDÉ, M.B.; PEREIRA, V. F. G. C. Impactos ambientais do turismo: um estudo sobre a percepção de moradores e turistas no Município de Paraty-RJ. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, Santa Maria, v. 18, n. 3, p. 1170-1178, Set/Dez. 2014. Disponível em: < https://periodicos.ufsm.br/reget/article/download/13864/pdf> Acesso em 8 mar. 2021.

GERHARDT, T. E; SILVEIRA; D. T. Métodos de Pesquisa. 1ª ed. Porto Alegre: UFRGS, 2009 (e-book).

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GRINGO tails. Direção de Pegi Vail. Produção de Pegi Vail e Melvin Estrella. Estados Unidos da América: Icarus Films Home Video, 2014. 1 DVD (79 min.).

IBIAPINA, M.M.; LIMA, T.M.P.; PERINOTTO, A.R.C.Ecomarketingna Webcomo Estratégia Competitiva de Empresas Turísticas em Parnaíba (PI). Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v.10, n.2,mai/jul2017, pp.196-209. Disponível em: Acesso em 06. fev. 2021.

JÚNIOR, J. A. S. M; MACEDO, J. P. A relação do turismo no Delta do Parnaíba com comunidades locais. Rev. CULTUR, Santa Catarina, ano 10, n. 1, p. 71-88, Fev. 2016. Disponível em: < https://www.researchgate.net/publication/317527109_A_RELACAO_DO_TURISMO_NO_DELTA_DO_PARNAIBA_COM_COMUNIDADES_LOCAIS_THE_RELATIONSHIP_BETWEEN_TOURISM_AT_THE_DELTA_OF_THE_PARNAIBA_AND_THE_LOCAL_COMMUNITIES> Acesso em 10 mar. 2021.

JÚNIOR; J. N. M; FERREIRA, M. C. Afinal, o que é ecoturismo? Rev. GEOGRAFIA, Rio Claro, v. 35, n. 2, p. 399-410. Mai/Ago. 2010. Disponível em: < https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/ageteo/issue/view/850> Acesso em 10 mar. 2021.

KOTLER, P; KELLER, K. L. Administração de marketing. 14 ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

LOPES, V. N.; PACAGNAN, M. N. Marketing verde e práticas socioambientais nas indústrias do Paraná. RAUSP Management Journal, v. 49, n. 1, p. 116-128, 2014. Disponível em: < http://www.spell.org.br/documentos/ver/28990/marketing-verde-e-praticas-socioambientais-nas-industrias-do-parana> Acesso em 9 mar. 2021.

MATTOS, F. F; IRVING, M. A. Delta do Parnaíba nos rumos do ecoturismo: um olhar a partir da comunidade local. CVTempespaço, Rio de Janeiro, v. 3, n. 4, p. 23-35, 2003. Disponível em: Acesso em 06 fev. 2021.

MEDEIROS, W. L. L. A atividade do ecoturismo como instrumento de preservação e conservação do meio ambiente. Dissertação (Mestrado em Direitos Sociais) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, p.686. 2006.

PIRES, P. D. S.A dimensão conceitual do ecoturismo. Turismo: Visão e Ação, v. 1, n. 1, p. 75-91, 1998. Disponível em: Acesso em 8 mar. 2021.

POLONSKY, M.J. An Introduction To Green Marketing. Electronic Green Journal, ISSN: 1076-7975, November. v.1, n.2, 1994. Disponível em: Acesso em 06 fev. 2021.

POTT, C. M; ESTRELA, C. C. Histórico ambiental: desastres ambientais e o despertar de um novo pensamento. Estud. av., São Paulo, v. 31,n. 89,p. 271-283, Abr. 2017. Disponível em: . Acesso em 10 mar. 2021.

SILVA, M. F. L. O ecoturismo no Delta do Parnaíba-PI e entorno: turismo e sustentabilidade. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Turismo e Hospitalidade). Pós-graduação em Turismo e Hospitalidade, Universidade de Brasília, p. 93, 2004.

Turismo tem faturamento recorde de R$ 136,7 bilhões em 2019. GOV.BR, 2020. Disponível em: Acesso em 10 mar. 2021.

VIEIRA, A. F. Turismo e sustentabilidade ambiental na comunidade de Barra Grande, Cajueiro da Praia-Piauí. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento em Meio Ambiente).Programa Regional de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA), Universidade Federal do Piauí. Piauí, p. 109, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29402

Refbacks

  • There are currently no refbacks.