AVAS21 - Ambiente virtual de aprendizagem para o século 21: uma experiência exitosa / AVAS21 – Virtual learning environment for the 21st century: a successful experience

Rosália Morais Torres, Maria do Carmo Barros de Melo, Raphael Augusto Teixeira de Aguiar, Zilma Silveira Nogueira Reis, Humberto José Alves, Alamanda Kfoury Pereira, Marco Túlio Gualberto Cintra, Edison José Côrrea

Abstract


O Programa AVAS21 - Ambiente Virtual de Aprendizagem para o Século 21 - surgiu há sete anos, tendo como proposta organizar as produções tecnológicas educacionais existentes na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, implementar novos projetos de inserção de tecnologias e possibilitar a divulgação e utilização do material desenvolvido. Esse trabalho objetiva relatar a experiência do Programa AVAS21 na produção e oferta de objetos educacionais, módulos de cursos à distância, softwares, podcasts educacionais e disciplinas a distância, alguns relacionados à pandemia de COVID-19. Alguns eventos do grupo têm sido organizados de forma a apresentar e discutir experiências de ensino a distância e as abordagens tecnológicas. Com a pandemia, as atividades foram ampliadas, com ênfase à maior participação intra e extramuros da universidade. Os principais produtos do programa são descritos e analisados. O Ensino Remoto Emergencial traçou um novo caminho. Docentes, discentes e funcionários técnico administrativos passarão a buscar cada vez mais o emprego de novas tecnologias de informação e comunicação. O AVAS21 está dando a sua contribuição e tem se fortalecido cada dia mais.


Keywords


Educação a Distância, Educação Médica, Projetos de Tecnologia de Comunicação e Informação.

References


ALBUQUERQUE, A.C.C. “Atenção, sentido!”: a Educação a Distância está presente na caserna. Rio de Janeiro: UERJ, 2011. (Dissertação de Mestrado). Disponível em: http://ppfh.com.br/wp-content/uploads/2018/04/Disserta%C3%A7%C3%A3o-completa-Andrea-Carvalho-de-Castro.pdf. Acesso em: 10 abril 2021.

APPENZELLER, S.; MENEZES, F.H.; SANTOS, G.G. dos; PADILHA, R.F.; GRAÇA, H.S.; BRAGANÇA, J.F. Novos Tempos, Novos Desafios: Estratégias para Equidade de Acesso ao Ensino Remoto Emergencial. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 44, n. suppl 1, p. e155, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-5271v44.supl.1-20200420. Acesso em: 10 abril 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 4.059, 10 de dezembro de 2004. Oferta de disciplinas integrantes do currículo que utilizem modalidade semipresencial. Brasília, 2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/port4059-2004.pdf. Acesso em: 9 maio 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 9.057, de 25 de maio de 2017. Regulamenta o art. 80 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em:

https://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/462913965/decreto-9057-17. Acesso em: 09 de abril de 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 1.428, de 28 de dezembro de 2018. Dispõe sobre a oferta, por Instituições de Educação Superior - IES, de disciplinas na modalidade a distância em cursos de graduação presencial. Disponível em: https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/57496468/do1-2018-12-31-portaria-n-1-428-de-28-de-dezembro-de-2018-57496251. Acesso em: 13 abril 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer 564/2015. Diretrizes e Normas Nacionais para a oferta de Programas e Cursos de Educação Superior na Modalidade a Distância. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=31361-parecer-cne-ces-564-15-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 09 abril 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação superior. Resolução nº 3, de 20 de junho de 2014. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina e dá outras providências. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15874-rces003-14&category_slug=junho-2014-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 09 abril 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Edital nº 10, de 26 de abril de 2016. Torna público Edital de Chamamento de instituições interessadas em participar do processo seletivo para adesão ao Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (PROVAB). Disponível em: http://189.28.128.100/maismedicos/EDITAL-N-10-PROVAB.pdf. Acesso em: 9 abril 2021.

BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 5.800, de 8 de junho de 2006. Dispõe sobre o Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/d5800.htm. Acesso em: 13 abril 2021.

BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 7.385, de 8 de dezembro de 2010. Institui o Sistema Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Decreto/D7385.htm. Acesso em: 09 abril 2021.

CORRÊA, E. J. et al. Avaliação ocular de crianças e adolescentes na atenção básica à saúde. In: GUSMAO, C. M. G. et al. II Relato de experiências em tecnologias educacionais do Sistema UNA-SUS 2015. 22. ed. Recife: Editora Universitária UFPE, p.196 - 211, 2015.

CORRÊA, E. J. et al. Álbum de família - Genograma: um instrumento para a atenção primária à saúde e estudos de famílias. In: GUSMÃO, C. M. G. et al. Relatos de uso de tecnologias educacionais na educação permanente de profissionais de saúde no sistema Universidade Aberta do SUS. 22. ed. Recife: Editora Universitária UFPE, p. 102 - 123, 2014.

DOS SANTOS, A. DE F. et al. Telehealth: General Aspects in Primary Care. In: CAPELLI, Oreste (org.). Primary Care at a Glance - Hot Topics and New Insights. [S. l.]: InTech, 2012. Disponível em:

http://www.intechopen.com/books/primary-care-at-a-glance-hot-topics-and-new-insights/telehealth-general-aspects-in-primary-care. Acesso em: 9 abril 2021.

HERMIDA, J. F.; BONFIM, C. R. DE S. A educação à distância: história, concepções e perspectivas. Revista HISTEDBR On-line. Campinas, n. especial, v. 166, p. 181, 2006. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/pf-fe/publicacao/4919/art11_22e.pdf. Acesso em: 09 abril 2021.

HODGES, C. et al. The difference between emergency remote teaching and online learning. Educause review, v. 27, p. 1–12, 2020. Disponível em: https://er.educause.edu/articles/2020/3/the-differencebetween-emergency-remote-teaching-and-online-learning. Acesso em: 06 março 2021.

LIVRAMENTO, M.T.; PEREIRA, R. “FAKE NEWS”, COVID-19 E DIREITO PENAL. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 3, p. 22203–22222, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-095. Acesso em: 06 abril 2021.

MOREIRA, J. A.; HENRIQUES, S.; BARROS, D. M. V. Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Dialogia, p. 351–364, 2020.

REANI, R.T.; BIDURIN, C. P. A educação a distância no ensino superior no Brasil. Revista Científica do Centro Universitário Claretiano, v. 4, p. 9-26, 2014.

Disponível em:

https://intranet.redeclaretiano.edu.br/download?caminho=/upload/cms/revista/sumarios/270.pdf&arquivo=sumario1.pdf. Acesso em: 12 abril 2021.

RONDINI, C.A.; PEDRO, K.M.; DUARTE, C.S. Pandemia do covid-19 e o Ensino Remoto Emergencial: mudanças na práxis docente. Interfaces Científicas - Educação, v. 10, n. 1, p. 41–57, 6 set. 2020. Disponível em: https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v10n1p41-57. Acesso em: 10 abril 2021.

ROLINDO, J.M.R.; REIS, M.A.; ALMEIDA, F.F.; ARANHA, T.C.; MELO, J.M.; CORREIA, S.F.; MEIRELES, G.O.A.B.; MELO, L.B. Modelo híbrido: possibilidade de ensino no século XXI. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 9, p. 14262–14279, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv5n9-043. Acesso em: 12 abril 2021.

SANTOS, A.M. Educação a distância – análise dos desafios futuros. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 7, p. 45341–45354, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv6n7-233. Acesso em: 12 abril 2021.

SARAIVA, T. Educação a distância no Brasil: lições da história. Em aberto, v. 16, n. 70, 2008. Disponível em:

http://rbepold.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/viewFile/2076/2045. Acesso em: 09 abril 2021.

UNIVERSIDADE ABERTA DO SUS. Acervo de Recursos Educacionais em Saúde (ARES/UNASUS). Disponível em:

https://www.unasus.gov.br/recursos/acervo_recursos. Acesso em: 09 abril de 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM SAUDE COLETIVA. Biblioteca Virtual da Saúde – Nescon/UFMG. Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca. Acesso em: 09 abril 2021

VASCONCELOS, C.R.D.; JESUS, A.L.P.; SANTOS, C.M. Ambiente virtual de aprendizagem (AVA) na educação a distância (EAD): um estudo sobre o Moodle. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 3, p. 15545–15557, 2020. https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-433.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29381

Refbacks

  • There are currently no refbacks.