História oral: análise do uso do método em periódicos em educação no período de 2016 a 2020 / Oral history: analysis of the use of the method in periodicals in education from 2016 to 2020

Cristiane Beatriz Dahmer Couto, Marcia Borin da Cunha, Vilmar Malacarne

Abstract


O objetivo deste estudo é verificar o uso do método da história oral em pesquisas, publicadas em periódicos da área de ensino, no período de janeiro de 2016 a agosto de 2020. Utilizamos a plataforma Sucupira para o levantamento das revistas Qualis A1 (quadriênio 2013-2016), totalizando 74 periódicos. Após a leitura individual dos resumos, a amostra final foi composta por 28 revistas, com um total de 79 estudos. Foram adotadas categorias de análise para orientar o exame dos trabalhos: identificação, distribuição anual por periódico, temática, tipologia, informante, principais técnicas de coleta e de análise de dados. Observamos que a utilização do método história oral pode ser considerada satisfatória nos estudos em ensino, e que estavam em fase de ascensão nesse período. Com relação às temáticas, a diversidade dos estudos mostrou que o método possui inúmeras potencialidades de utilização, podendo tornar-se um método relevante nos estudos que buscam compreender experiências pessoais de gestores, professores e alunos diante da subjetividade e trajetórias de vida.


Keywords


Ensino, História oral, Método de pesquisa.

References


ALBERTI, Verena. Indivíduo e biografia na história oral. Rio de Janeiro: CPDOC, 2000.

ALBERTI, Verena. Manual de história oral. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2013.

ARAÚJO, Osmar Ribeiro de; SANTOS, Sônia Maria dos. História oral: Vozes, narrativas e textos. Cadernos de História da Educação – n. 6 – jan./dez. 2007.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BECKER, Howard Saul. Métodos de pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Hucitec, 1999.

BERTAUX, Daniel. Genealogías sociales comentadas: una propuesta metodológica. Estudios sobre las Culturas Contemporáneas, Colima, v. 6, n. 16 - 17, 1994.

CAPPELLE, Mônica Carvalho Alves; BORGES, Ceyça Lia Palerosi; MIRANDA, Adílio Rene Almeida. Um exemplo do uso da história oral como técnica complementar de pesquisa em Administração. In: VI Encontro de Estudos Organizacionaisda Anpad – EnEO, 2010, Florianópolis-SC. Anais... Rio de Janeiro: Anpad, 2010.

CLOSS, Lisiane Quadrado; ANTONELLO, Claudia Simone. O uso da história de vida para compreender processos de aprendizagem gerencial. RAM – Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 44 - 74, jul/ago 2011.

COUTO, Cristiane, Beatriz Dahmer. Registrando a história da educação escolar da Comunidade Indígena Ñandeva-Guarani da Reserva Porto Lindo no município de Japorã, MS. Tellus, Campo Grande, MS, ano 16, n. 31, p. 97 - 122, jul./dez. 2016

DELGADO, Lucilia de Almeida Neves. História oral: memória, tempo identidades. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

FERREIRA, Marieta; AMADO, Janaina. (org.). Usos e abusos da história oral. 2 ed. Rio de Janeiro: FGV Editora, 1998.

FERREIRA, Marieta de Moraes. História, tempo presente e história oral. Revista Topoi. Rio de Janeiro, v. 3, n. 5, p. 314 - 332, dezembro de 2002.

FREITAS, Maria Teresa de Assunção. A abordagem sócio-histórica como orientadora da pesquisa qualitativa. Cadernos de Pesquisa, n. 116, p. 21 - 39, julho/ 2002

FREITAS, Sônia Maria de. História oral: possibilidades e procedimentos. 2. ed. São Paulo: Humanitas, 2006.

GIL PÉREZ. MONTORO, Isabel Fernández; ALÍS, Jaime Carrascosa; CACHAPUZ, António; PRAIA, João. Para uma Imagem Não Deformada do Trabalho Científico. Ciência e Educação, v.7, n.2, p. 125-153, 2001.

GOMES, Almiralva Ferraz; SANTANA, Weslei Gusmão Piau. A história oral na análise organizacional: a possível e promissora conversa entre a história e a administração. Cad. EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, p. 1 - 18, Mar. 2010.

MATOS, Julia Silveira; SENNA, Adriana Kivanski de. História oral como fonte: problemas e métodos. História e: revista de história da Universidade Federal do Rio Grande, v. 2, p. 95 -108, 2011.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom. Manual de História Oral. 5. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom; HOLANDA, Fabíola. História oral: como fazer, como pensar. São Paulo: Editora Contexto, 2007.

MINAYO, Maria Cecília. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciência &Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, p. 621 - 626, 2012.

MINAYO, Maria Cecília. Cientificidade, generalização e divulgação de estudos qualitativos. Ciência & Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, v. 22, n. 1, p. 16 - 17, 2017.

MORIN, Edgar. O Método 4: as ideias. Tradução de Juremir Machado da Silva. Porto Alegre: Sulina, 1998.

OLIVEIRA, I. M. de. A narrativa como possibilidade de abordagem dos conhecimentos produzidos pelo professor sobre sua prática. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL - TRAJETÓRIAS DE PESQUISA: INSTITUINDO NOVAS TRILHAS E DIÁLOGOS NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO, 2, 2006, Domingos Martins. Anais... Marília: ABPPE, 2006. p. 251 - 260. Vol. 1.

PEREIRA, Bernadeth Maria. A história da educação conjugada à história oral em imagem videográfica. In: V Congresso Brasileiro de História da Educação, de 09 a 12 de novembro de 2008. Livro de Resumos. Aracaju-SE: UFS; UNIT, 2008.

QUEIROZ, Maria Isaura Pereira. Relatos orais: do “indizível” ao “dizível”. In: Von Simon, Olga de Moraes (org.). Experimentos com histórias de vida (Itália-Brasil). São Paulo: Vértice, 1988, p. 14 - 43.

RICHARDSON, R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3.ed. São Paulo: Atlas, 1999.

SILVA, Aline Pacheco; RAMOS, Carolyne Reis; NOGUEIRA, Maria Luisa Magalhães; BARROS, Vanessa Andrade. Conte-me sua história: reflexões sobre o método de história de vida. Mosaico: estudos em psicologia. Belo horizonte, v. 1, n.1, p.25-35, 2007.

THOMPSON, Paul. A voz do passado: História Oral. 3.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

VERGARA, Sylvia Constant. Métodos de pesquisa em administração. Editora Atlas. São Paulo. 2005.

VIDAL, Diana Gonçalves. De Herodot ao gravador: histórias da história Oral. Resgate – Revista Interdisciplinar de Cultura do centro de Memória – UNICAMP. N. 01. Campinas: CMU, 1990.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29368

Refbacks

  • There are currently no refbacks.