Políticas inclusivas nas organizações atuais: uma revisão de literatura integrativa / Inclusive policies in current organizations: an integrative literature review

Flaviany Luise Nogueira de Sousa, Nuria Pérez Gallardo, Alan Monteiro Borges

Abstract


Esta pesquisa literária foi desenvolvida acerca do tema de políticas inclusivas nas organizações, abordando a inclusão de colaboradores portadores de necessidades especiais, idosos, mulheres e colaboradores LGBT, visando sobretudo a ampliação da visão quanto a diversidade nas organizações, bem como, a quebra de barreiras e paradigmas relacionados a esta questão. Para o alcance do desenvolvimento proposto, relacionou-se pesquisas e constatações de pesquisadores da área, colocando assim recomendações e boas práticas para o fortalecimento de uma efetiva inclusão nos ambientes corporativos. Com base no conteúdo selecionado e desenvolvido, foi percebido, que o fortalecimento e o efetivo desempenho das políticas inclusivas partem do comprometimento da alta gerência das empresas, pois isto sinaliza de diversas formas a predisposição e a postura da organização para o mercado, construindo uma reputação inclusiva e que estima a diversidade humana.


Keywords


reputação organizacional, diversidade, políticas inclusivas, inclusão, oportunidade

References


ADIMARA, A. et al. Responsabilidade Social Empresarial E A Inclusão De Pessoas Com Deficiência Numa Perspectiva De Direção Por Valores. Foz do Iguaçu/PR, 2017.

BAHIA, M. S. Responsabilidade social e diversidade nas organizações: contratando pessoas com deficiência. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2006.

BÔAS, B. V. Mulheres ocupam apenas 38% dos cargos de chefia no Brasil, aponta IBGE. Rio de Janeiro. 2018. Disponível em: . Acesso em: 05 de janeiro de 2021.

BOTINI, J. (coord). Deficiência e Competência: um programa de inclusão de pessoas portadoras de deficiência nas ações educacionais do Senac. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2002.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988, 282 p.

BRASIL. Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991. Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8213cons.htm. Acessado em: 21 de agosto de 2020.

BSD. Responsabilidade Social Empresarial. 1999.

BULLA, L. C.; KAEFER, C. O. Trabalho e aposentadoria: as repercussões sociais na vida do idoso aposentado. Revista Virtual Textos & Contextos, n. 2, ano II, dez. 2003.

CAMARANO, A. A.; KANSO, S.; FERNANDES, D. Envelhecimento Populacional, Perda de capacidade laborativa e Políticas Públicas. Nota técnica: IPEA. N. 54. Fev. 2013.

CARRIERI, A. P.; AGUIAR, A. R. C.; e DINIZ, A. P. R. Reflexões sobre o indivíduo desejante e o sofrimento no trabalho: o assédio moral, a violência simbólica e o movimento homossexual. Cadernos EBAPE.BR, v. 11, n. 1, p. 165-180, 2013.

CARVALHO, A. S. Gestão de Pessoas e Envelhecimento: Sentido do trabalho para o idoso. XXXIII Encontro da ANPAD, 2009. Disponível em: http://www.anpad.org.br/diversos/trabalhos/EnANPAD/enanpad_2009/GPR/2009_GPR3213. pdf. Acesso em: 07 de janeiro de 2021.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

DAY, N. E. e GREENE, P. G. A case for sexual orientation diversity management in small and large organizations. Human Resource Management, v.47, n. 3, p. 637–654, 2008.

DAY, N. E.; SCHOENRADE, P. The relationship among reported disclosure of sexual orientation, antidiscrimination policies, top management support and work attitudes of gay and lesbian employees. Personnel Review, v. 29, p. 346–363, 2000.

FARAH, M. F. S. Gênero e Políticas públicas. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 12 (1), p. 47-71, jan./abr. 2004.

GRAJEW, O. O que é Responsabilidade Social? In: Simpósio Nacional de empresas e responsabilidade social. Ribeirão Preto, novembro 1999. Disponível em: . Acesso em: 04 de janeiro de 2021.

HUFFMAN, A. H.; WATROUS-RODRIGUEZ, K. M.; KING, E. B. Supporting a diverse workforce: What type of support is most meaningful for lesbian and gay employees?. Human Resource Management, n. 47, v. 2, p. 237– 253, 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Inclusão social da pessoa com deficiência: medidas que fazem a diferença. Rio de Janeiro: IBDD, 2008. Acesso em: 20 de fevereiro de 2021.

INSTITUTO ETHOS DE EMPRESAS E RESPONSABILIDADE SOCIAL – ETHOS. O que as empresas podem fazer pela inclusão das pessoas com deficiência. São Paulo: Instituto Ethos, 2002.

LIMA, J. C.; MOURA, M. C. Trabalho Atípico e Capital Social: os agentes comunitários de saúde na Paraíba. Revista Sociedade e Estado, Brasília, v. 20, n. 1, p. 103- 133, jun./abr. 2005.

MARTINS, F. J. Diversidade: conceitos e práticas presentes na educação, gestão e movimentos sociais. Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Campus de Foz do Iguaçu. 2010.

MATTELART, A. Diversidade Cultural e Mundialização. São Paulo: Parábola, 2005.

MICKENS, E. Including sexual orientation in diversity programs and policies. Employment Relations Today, v. 21, n. 3, p. 263–275, 1994.

POMPEU, S. L. E.; POMPEU, W. L. E. Políticas inclusivas de gestão de pessoas e orientação sexual: um estudo bibliográfico com base nas boas práticas internacionais. Resende – RJ, Outubro, 2015.

QUELHAS, O. L. G. et al. Responsabilidade Social Organizacional: modelos, experiências e inovações. Rio de Janeiro (RJ): Benício Biz, 2015.

ROBBINS, S. O., JUDGE, T. A. e SOBRAL, F. Comportamento organizacional – teoria e prática no contexto brasileiro. SP: Pearson Prentice Hall, 2010.

SARAIVA, L. A. S; IRIGARAY, Hélio Arthur dos Reis. Políticas de Diversidade nas Organizações. Revista RAE, São Paulo, v. 49, n. 3, p. 337-348, jul./set. 2009.

VERAS, R. Desafio contemporâneo para jovens aposentados: a manutenção da saúde e da qualidade de vida. In: FRANÇA, L.; STEPANSKY, D. (Orgs.) Propostas multidisciplinares para o bem-estar na aposentadoria. Rio de Janeiro: FAPERJ, 2012.

TONELLI, M. J.; FILHO, F. J. E. A. Envelhecimento da força de trabalho no Brasil. Março, 2013. Disponível em: Acesso em: 08 de fevereiro de 2021.

TSUTSUI, Priscila Fialho. O novo conceito de pessoa com deficiência Conteúdo Jurídico. Brasília-DF: 21 out 2019. Disponível em: . Acesso em: 21 fevereiro de 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29343

Refbacks

  • There are currently no refbacks.