Utilização do resíduo de mármore na produção de argamassa/Use of marble residue in the production of mortar

Ana Maria Gonçalves Duarte Mendonça, Erika Vitória de Negreiros Duarte, Yane Coutinho Lira, Conrado César Vitorino Pereira da Silva, Teresa Elane Bezerra Luz, Thamires Dantas Guerra, Pedro Henrique dos Santos Pereira, Maria Ingridy Lacerda Diniz

Abstract


A argamassa é um material de construção constituído por uma mistura homogênea de um ou mais aglomerantes (cimento ou cal), agregado miúdo inorgânicos (areia) e água. Podem conter alguns produtos especiais, como aditivos, com a finalidade de melhorar ou conferir determinadas propriedades aderência e endurecimento. Diante dos rejeitos de marmoraria, quando observadas as suas origens, independentes de serem rochas ígneas, sedimentares ou metamórficas, todas elas são comumente utilizadas na ornamentação. Um dos conceitos para rochas ornamentais é que seu valor está agregado a sua aparência estética. Na antiguidade foram bastante usados como elemento de vedação e construção, porém com o surgimento tanto do aço quanto do concreto, elas perderam essa funcionalidade.  Assim, esta pesquisa tem como objetivo principal analisar a utilização de resíduos de mármore para produção de argamassas. Foi definido o traço para moldagem dos corpos de prova de 1:2:9 (Cimento: Cal: Areia) com fator a/c 2,1, foram moldados corpos de prova nas dimensões de 5 cm x 10 cm para a argamassa de referência e para a argamassa incorporada com resíduo de mármore nos teores de 10% e 20% e avaliou-se a resistência a compressão simples e a absorção para a idade de 28 dias de cura. Observou-se que a incorporação do resíduo de mármore a argamassa proporcionou um leve aumento da absorção e redução da resistência, no entanto, os resultados obtidos satisfazem os parâmetros normativos. Desta forma é possível utilizar o resíduo de mármore para produção de argamassas reduzindo o custo do produto final, agregando valor ao resíduo e mitigando o impacto ambiental causado pelo seu descarte no meio ambiente.


Keywords


argamassa, Resíduo de mármore, gestão ambiental, reciclagem.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS – ABNT 13281/2005 – Argamassa – Classificação quanto a resistência a compressão

FLOSS, M. F.; THOMÉ , A. (2006). Adição de resíduo proveniente do corte e polimento de rochas basálticas em materiais de cerâmica vermelha. RECIFE, Uberlândia, v. 15, n. 1/2, p. 1-7, jan.-dez. 2006.

FILHO, H. F. M., POLIVANOV. H., MOTHÉ, C. G. O Rejeito da Industria de Mármore e Granito: Problemas e Soluções. F16. V 24.p 12-27. Rio de Janeiro. Jan-dez. 2005.

MARTINELLI, F.A.; HELENE P.R.L. Usos e funções das argamassas mistas destinadas ao revestimento de alvenarias. Boletim técnico da escola politécnica da USP. Departamento de engenharia de construção civil. São Paulo: EPUSP, 11p. 1991.

SILVA, J. B., HOTZA, D., SEGADÃES, A. M., ACCHAR, W. Incorporação de Lama de Mármore e Granito em Massas Argilosas – Revista Cerâmica, Natal – RN, ed. 51 (325-330). 2005.

SANTOS, W. J. Desenvolvimento de metodologia de dosagem de argamassas de revestimento e assentamento. Tese (Doutorado), Viçosa, Minas Gerais. 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv.v7i5.29212

Refbacks

  • There are currently no refbacks.