Conhecimento ineficaz de puérperas acerca do teste do coraçãozinho: relato de experiência no ensino/ Puerperae's ineffective knowledge about thezinho heart test: a teaching experience report

Elizangela Diniz Fernandes de Oliveira, Sinara Gomes Moura, Meillyne Alves dos Reis, Cácia Régia de Paula, Gláucia Oliveira Abreu Batista Meireles, Laís Bárbara Ferreira, Marcos André de Matos

Abstract


Introdução: O teste do coraçãozinho ou oximetria de pulso em recém-nascidos faz parte do programa de triagem neonatal para detecção de cardiopatias congênitas críticas, sendo imprescindível ser realizado o mais precocemente possível. Nessa perspectiva, o profissional enfermeiro é essencial para a realização desse procedimento, posto que ele pode otimizar e ajudar na eficácia e qualidade da triagem. Ainda, é necessário que o exame seja precedido de educação em saúde. Objetivos: Analisar a percepção de acadêmicas de enfermagem frente à realização do teste do coraçãozinho em uma instituição de ensino de Anápolis, Brasil Central. Método: Trata-se de um relato de experiência de abordagem descritivo-reflexiva elaborado no contexto do estágio supervisionado, realizado numa unidade filantrópica referência em assistência materno-infantil nos meses de março e abril de 2019. Para a construção das atividades educativas foi utilizado plano de ensino e metodologias ativas. Resultados: Observou-se conhecimento deficiente das puérperas em relação ao teste do coraçãozinho e baixa habilidade dos profissionais da instituição. As estratégias de ensino aprendizagem se mostraram inovadoras, haja vista ter possibilitado a transmissão e construção do conhecimento de forma objetiva durante a demonstração no próprio RN. As reflexões desveladas evidenciaram a importância do exame para o cuidado integral ao trinômio mãe-família-filho, bem como para a prática clínica das acadêmicas e profissionais envolvidos. Acredita-se que o enfermeiro é o profissional mais indicado para a realização do TC devido sua formação de educador e potencial técnico-científico para sua execução, interpretação e raciocínio clínico para constatar eventuais anormalidades.


Keywords


Triagem neonatal, Enfermagem Obstétrica, Educação em saúde, Período pós-parto.

References


ALVES QUEIROZ, Ingred Maria; PEREIRA DE LUCENA, Glaucia. A IMPORTÂNCIA DO TESTE DO CORAÇÃOZINHO NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DE CARDIOPATIAS CONGÊNITAS. Revista Científica de Enfermagem-RECIEN, v. 10, n. 29, 2020.

BRASIL, Ministério da Saúde. Nota Técnica N°7/2018. Disponível em: http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/junho/12/SEI-MS-2937931-Nota-Tecnica.pdf. Acesso em: 01 maio 2019.

BRASIL, Ministério da Saúde. Portaria Nº 20 de Junho de 2014. Torna pública a decisão de incorporar a oximetria de pulso -teste do coraçãozinho, a ser realizado de forma universal, fazendo parte da triagem Neonatal no Sistema Único de Saúde -SUS. Brasília, 2014. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2019.

CASSIA, Thalisson Dheison Alves et al. Percepção das puérperas acerca de cuidados com recém-nascidos em alojamento conjunto. Congresso Internacional de Enfermagem. 2017. Disponível em: https://eventos.set.edu.br/index.php/cie/article/view/5365. Acesso em: 01 maio 2019.

CONASS, Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Portaria GM Nº 1940 de Junho de 2018, Inclui Procedimento Oximetria de pulso como ferramenta de triagem neonatal para o diagnóstico precoce de cardiopatia congênita crítica na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPM) do Sistema Único de Saúde e estabelece recurso do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde a ser incorporado ao Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar –MAC dos Estados. Brasília, 2018. Disponível em:

https://www.conass.org.br/conass-informa-n-134-publicada-portaria-gm-n-1940-que-inclui-procedimento-oximetria-de-pulso-como-ferramenta-de-triagem-neonatal-para-o-diagnostico-precoce-de-cardiopatia-congenita-criti/. Acesso em: 25 abr. 2019.

DANTAS, Sibele Lima da Costa et al. Representações sociais de enfermeiros da atenção primária à saúde sobre cuidado de enfermagem no pós-parto. Cogitare Enfermagem, v. 23, n. 3, 2018. Disponível em: http://www.saude.ufpr.br/portal/revistacogitare/wp-content/uploads/sites/28/2018/08/53250-239414-1-PB.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i3.53250. Acesso em: 02 maio 2019.

DE AQUINO, Taciana Carreira et al. Aumento da sobrevida de pacientes com cardiopatias congênitas após assistência perinatal e neonatal adequada: relato de caso. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 12, n. 10, p. e4797-e4797, 2020.

DAY TG, et al. Postnatal Outcome Following Prenatal Diagnosis of Discordant Atrioventricular and ventriculoarterial Connections. Pediatric Cardiology. 2019; 40(7):1509-1515

FERNANDES, Maria Suzanny Sabino Neres; CARDOSO, Alessandra Marques. EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO ESTRATÉGIA DA ENFERMAGEM NA DISSEMINAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE A TRIAGEM NEONATAL ÀS FUTURAS MÃES.REVISTA CIENTÍFICA DA ESCOLA ESTADUAL DE SAÚDE PÚBLICA" CÂNDIDO SANTIAGO"-RESAP, v. 4, n. 1, p. 074-080, 2018. Disponível em: http://resap.net.br/attachments/article/63/009_resap_v4_n1_2018.pdfISSN: 2447-3406. Acesso em: 01 Maio 2019.

FERREIRA, A.; DANTAS, J.; SOUZA, F.; RODRIGUES, I.; DAVIM, R.; SILVA, R. O enfermeiro educador no puerpério imediato em alojamento conjunto na perspectiva de Peplau. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 20, 21 jun. 2018. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/45470. DOI: https://doi.org/10.5216/ree.v20.45470. Acesso em: 01 maio 2019.

HARTMANN, Juliana Mano; MENDOZA-SASSI, Raul Andrés; CESAR, Juraci Almeida. Depressão entre puérperas: prevalência e fatores associados. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 33, n. 9, e00094016,2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2017000905013&lng=en&nrm=iso. DOI: 2017.http://dx.doi.org/10.1590/0102-311x00094016.Acesso em: 01 maio 2019.

HINKELBEIN J, GENZWUERKER HV, SOGL R, FIEDLER F. Effect of nail polish on oxygen saturation determined by pulse oximetry in critically ill patients. Resuscitation. [Internet]. 2007[cited 2020 dez 18];72(1):82-91. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17098347.

LIU, Yingjuan et al. Global birth prevalence of congenital heart defects 1970–2017: updated systematic review and meta-analysis of 260 studies. International journal of epidemiology, v. 48, n. 2, p. 455-463, 2019.

MEDEIROS, Ana Lúcia et al. OXIMETRIA DE PULSO EM TRIAGEM DE CARDIOPATIAS CONGÊNITAS: CONHECIMENTO E ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO. Cogitare Enfermagem, [S.l.], v. 20, n. 3, set. 2015. ISSN 2176-9133. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2019.

NUNES, Ginete Cavalcante; NASCIMENTO, Maria Cristina Delmondes; ALENCAR, Maria Aparecida Carvalho. Pesquisa científica: conceitos básicos.ID ON LINE REVISTA MULTIDISCIPLINAR E DE PSICOLOGIA, v. 10, n. 29, p. 144-151, 2016. Disponível em: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/390/527. Acesso em: 02 maio 2019.

PAIVA MR, PARENTE JR, BRANDÃO IR, QUEIROZ AHB. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem: revisão integrativa. Sanare [Internet]. 2016 [cited 2020 Jun 20];15(2):145-53. Available from: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/view/1049

RIBEIRO, Jéssica Sâmia Silva Tôrres et al. Atitudes de Enfermeiros nos Cuidados com Famílias no Contexto do Parto e Puerpério Imediato. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental, p. 784-792, 2018. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/viewFile/6203/pdf_1. DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i3.784-792. Acesso em: 02 maio 2019.

RIBEIRO, Suianny Christina Soares Santos et al. Atividade educativa para a promoção do cuidado com o recém-nascido. Saúde e Pesquisa, v. 11, n. 3, p. 545-553, 2018. Disponível em: http://177.129.73.3/index.php/saudpesq/article/view/6553. DOI: 10.17765/19831870.2018v11n3p545-553. Acesso em: 01 maio 2019.

SILVA, Karene Oliveira et al. PERCEPÇÃO DAS PUERPERAS SOBRE A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PÓS-PARTO. Mostra Interdisciplinar do curso de Enfermagem, v. 3, n. 1, 2019. Disponível em: http://publicacoesacademicas.unicatolicaquixada.edu.br/index.php/mice/article/view/3188. DOI: Mostra Interdisciplinar do Curso de Enfermagem. ISSN: 2448-1203. Acesso em: 01 maio 2019.

ZANQUETTA, Márcia Staff; DA SILVA LOPES, Valquiria; DE GODOY, Moacir Fernandes. Conhecimento da Oximetria de Pulso na Triagem da Cardiopatia Congênita. Saúde Coletiva (Barueri), v. 10, n. 53, p. 2520-2533, 2020.

ZIMMERMAN, Meghan S. et al. Global, regional, and national burden of congenital heart disease, 1990–2017: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2017. The Lancet Child & Adolescent Health, v. 4, n. 3, p. 185-200, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n5-012

Refbacks

  • There are currently no refbacks.