Composição gravimétrica e as causas da geração de rejeitos na triagem dos resíduos recicláveis municipal / Gravimetric composition and the causes of waste generation in the screening of municipal recyclable waste

Adir Silvério Cembranel, Enaile Coelho Balbinotti, Claudia Eugenia Castro Bravo, Ivane Benedetti Tonial, Ellen Porto Pinto

Abstract


O descarte inadequado dos resíduos sólidos urbanos (RSU), representa enormes desafios aos municípios brasileiros. A coleta seletiva, é um importante instrumentos no gerenciamento destes resíduos. No entanto, a falta de adesão, estruturas inadequadas e a desinformação da população, causam a destinação de resíduos impróprios à reciclagem, sobrecarregando de rejeitos, os processos de triagem. Desta forma, objetivou-se neste estudo, realizar a caracterização dos RSU, do município de Francisco Beltrão-PR. Além, de compreender as causas da existência de rejeitos, entre os resíduos recicláveis, e assim, propor alternativas à redução destes materiais. A caracterização foi realizada a partir de análises gravimétricas de amostras, dos resíduos coletados pela Marrecas Cooperativa de Reciclados. Na identificação das causas da existência dos rejeitos, foram realizadas entrevistas, interpretação da gravimetria e observação dos processos de triagem. As alternativas à redução da geração de rejeitos, foram elaboradas considerando as três principais causas de rejeição. A pesquisa indicou que 28% dos resíduos enviados a reciclagem são considerados rejeitos. Os materiais orgânicos correspondem a 44% dos rejeitos, seguido dos plásticos, com 23%. A principal causa da existência dos rejeitos, é a destinação incorreta de resíduos por parte da população, seguida da falta de comércio aos materiais recicláveis. As alternativas à redução dos rejeitos estão relacionadas a ações de educação ambiental, voltadas a população, utilizando tecnologia da informação e comunicação, além da busca de novas parcerias a comercialização dos resíduos e a incentivo a implantação de empresas de reciclagem na região.


Keywords


coleta seletiva, gravimetria, resíduo sólido urbano, educação ambiental.

References


ABRELPE. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil 2018. São Paulo. 2018. Disponível em: http://abrelpe.org.br/download-panorama-2018-2019/.

AMARO, A. B. Profissão Catador: origem e sistematização no processo produtivo. In: AMARO, A. B.; VERDUM, R. Política Nacional de Resíduos Sólidos e suas interfaces com o espaço geográfico: entre conquistas e desafios. Porto Alegre: Letra1, 2016.

ASONGU, S. A.; ORIM, S. I.; NTING, R. T. Inequality, information technology and inclusive education in sub-Saharan Africa. Technological Forecasting & Social Change, 146, 380–389, 2019.

AZEVEDO, B. D.; SCAVARDA, L. F.; CAIADO, R. G. G. Urban solid waste management in developing countries from the sustainable supply chain management perspective: A case study of Brazil's largest slum. Journal of Cleaner Production, 233, 1377-1386, 2019.

BAPTISTA, V. F. As políticas públicas de coleta seletiva no município do Rio de Janeiro: onde e como estão as cooperativas de catadores de materiais recicláveis? Rev. Adm. Pública, 49(1), 141-164, 2015.

BELTRÃO, M. R. M.; DUTRA, M. T. D.; NUNES, A. T. Percepção ambiental sobre a gestão de resíduos sólidos: estudo de caso do conjunto residencial Pernambuco. R. Gest. Sust. Ambiental, 4(2), 209-233, 2016.

BRASIL. Norma Brasileira n° 10.004 de 31 de maio de 2004. Associação Brasileira de Normas Técnicas. Rio de Janeiro, RJ. 2004.

BRASIL. Manual de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde. Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília. 2006.

BRASIL. Política Nacional de Resíduos Sólidos nº 12.305 de 02 de agosto de 2010. Brasília. 2010a. DOU de 03/08/2010.

BRASIL. Decreto nº 7404, de 23 de dezembro de 2010. Brasília. 2010b. Dou de 24/12/2010.

BRASIL. Manual para implantação de compostagem e de coleta seletiva no âmbito de consórcios públicos. Ministério de Meio Ambiente - MMA. Brasília. 2010c.

BRAVO, T. L.; PEÇANHA, A. L.; WERNER, E. T.; SANTOS, A. A. O. Educação ambiental e percepção da implantação de coleta seletiva de lixo urbano em de Alegre, ES. R. Gest. Sust. Ambiental, 7(1), 375 -396, 2018.

CANEVAROLO, S. V. Ciência dos polímeros: um texto básico para tecnólogos e engenheiros. 2ª. ed. São Paulo: Artliber Editora, 2002.

CASTILHO JUNIOR, A. B.; RAMOS, N. F.; ALVES, C. M.; FORCELLINI, F. A.; GRACIOLLI, O. D. Catadores de materiais recicláveis: análise das condições de trabalho e infraestrutura operacional no Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil. Ciênc. Saúde Coletiva, 18, 3115-3124, 2013.

CEMBRANEL, A. S.; FRANCISCHETT, M. N.; RODRIGUES, C. R. Educação Ambiental com Estudantes e Famílias na Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos. Revbea, 14(1), 171-185, 2019.

CEMPRE, Compromisso Empresarial Para Reciclagem, 2018. Disponível em: . Acesso em: 30 outubro 2019.

CEREZINI, M. T.; MORAES, M. V. G. Contribuições para a coleta seletiva: estudo do descarte dos resíduos recicláveis e não recicláveis. Revbea, 13(4), 4, 207-215, 2018.

COLTRO, L.; DUARTE, L. C. Reciclagem de Embalagens Plásticas Flexíveis: Contribuição da Identificação Correta. Polímeros: Ciência e Tecnologia, 23 (1), p. 128-134, 2013.

CONKE, L. S. Barriers to waste recycling development: Evidence from Brazil Resources. Conservation & Recycling, 134, 129–135, 2018.

CONKE, L. S.; NASCIMENTO, E. P. A coleta seletiva nas pesquisas brasileiras: uma avaliação metodológica. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 10(1), 199-212, 2018.

DHAR, H., KUMAR, S., KUMAR, R. A review on organic waste to energy systems in India. Bioresour. Technol., 245, 1229-1237, 2017.

DIAS, G. F. Educação Ambiental: princípios e práticas. 9. Ed, São Paulo, Gaia, 2004.

DISSANAYAKE, D. M. K. W.; C. JAYASINGHE, C.; JAYASINGHE, M. T. R. A comparative embodied energy analysis of a house with recycled expanded polystyrene (EPS) based foam concrete wall panels. Energy and Buildings, 135, 85–94, 2017.

DUTRA, R. M.; S. YAMANE, L.; H., SIMAN, R. R. Influence of the expansion of the selective collection in the sorting infrastructure of waste pickers’ organizations: A case study of 16 Brazilian cities. Waste Management, 77, 50–58, 2018.

FISCARELLI, S. H., AKAMATSU, J. I. Metodologia de Projetos na Educação Ambiental. São Paulo, Páginas & Letras, 2008.

FORLIN, F. J.; FARIA, J. D. A. F. Considerações sobre a reciclagem de embalagens plásticas. Polímeros: Ciência e Tecnologia, 12(1), 1-10, 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/po/v12n1/9876

FRATTA, K. D. S. A.; TONELI, J. T. C. L.; ANTÔNIO, G. C. Diagnosis of the management of solid urban waste of the municipalities of ABC Paulista of Brasil through the application of sustainability indicators. Waste Management, 85, 11–17, 2019.

GALLARDO, A.; CARLOS, M.; PERIS, M., COLOMER, F.J. Methodology to design a municipal solid waste generation and composition map: a case study. Waste Manage, 36, 1–11, 2015.

GAMA, L. N.; TAVARES C. M. M. Educação e mídias: implicações contemporâneas no cotidiano acadêmico. Texto Contexto Enferm, 24(2), 593-599. 2015.

GARCÍA, M. T.; DUQUE, G.; GRACIA, I.; LUCAS, A.; RODRÍGUEZ, J. F. Recycling extruded polystyrene by dissolution with suitable solvents. Journal of Mater Cycles Waste Management, 11, 2–5, 2009.

GUTBERLET, J. Cooperative urban mining in Brazil: Collective practices in selective household waste collection and recycling. Waste Management, 45, 22–31, 2015.

GUTBERLET, J.; BAEDER, A. M.; PONTUSCHKA, N. N.; FELIPONE, S. M. N.; SANTOS, T. L. F.; SOUZA, A. M. Pesquisa-ação em educação ambiental e saúde dos catadores: estudo de caso realizado com integrantes de cooperativas de coleta seletiva e reciclagem na região metropolitana de São Paulo. In: PEREIRA, B. C. J.; GOES, F. L. (org.) Catadores de materiais recicláveis: um encontro nacional. Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - Ipea, 2016.

HAHLADAKIS, J. N.; IACOVIDOU, E. Closing the loop on plastic packaging materials: What is quality and how does it affect their circularity? Science of the Total Environment, 630, 1394–1400, 2018.

IBAM. Manual de Gerenciamento Integrado de resíduos sólidos. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM), 2001.

IBÁÑEZ-FORÉS, V.; COUTINHO-NÓBREGA, C.; BOVEA, M. D.; MELLO-SILVA, C.; LESSA-FEITOSA-VIRGOLINO, J. Influence of implementing selective collection on municipal waste management systems in developing countries: A Brazilian case study. Resources, Conservation & Recycling, 134, 100–111, 2018.

IBGE. Panorama Francisco Beltrão. IBGE, 2019. Disponível em: . Acesso em: 30 Maio de 2019.

JACOBI, P. R.; BESEN, G. R. Gestão dos resíduos sólidos em São Paulo: desafios da sustentabilidade. Estudos Avançados, 25, 71, 135-158, 2011.

JANUÁRIO, M.; FERNANDES, F. R. M.; VALERIO, M. A.; MACEDO, R. B. Estudo do comportamento ambiental da população de Wenceslau Braz/PR em relação aos resíduos sólidos urbanos. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, 6(1), 55-71, 2017.

KLEIN, F. B.; GONÇALVES-DIAS, S. L. F.; JAYO, M. Gestão de resíduos sólidos urbanos nos municípios da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê: uma análise sobre o uso de TIC no acesso à informação governamental. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 10(1), 140-153, 2018.

KONRAD; O.; CALDERAN, T. B. C.; SCHMEIER, N. P.; CASARIL, C. E.; LUMI, M. Composição gravimétrica dos resíduos sólidos destinados para uma central de triagem, compostagem e disposição final. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, 5(1), 284-292, 2014.

LANDIM, A. P. M.; BERNARDO, C. O.; MARTINS, I. B. A.; FRANCISCO, M. R.; SANTOS, M. B.; MELO, N. R. Sustentabilidade quanto às embalagens de alimentos no Brasil. Polímeros, 26, 82-92, 2016.

LIM, S.L., LEE, L.H., WU, T.Y. Sustainability of using composting and vermicomposting technologies for organic solid waste biotransformation: recent overview, greenhouse gases emissions and economic analysis. J. Clean. Prod., 111, 262–278, 2016.

LIMA, P. G.; DESTRO, G. E.; BRAGA JUNIOR, S. S.; FORTI, J. C. Análise gravimétrica dos resíduos sólidos urbanos de um aterro sanitário. Brazilian Journal of Biosystems Engineering, 12(4), 410-426, 2018.

LOBATO, K. C. D.; LIMA, J. P. Caracterização e avaliação de processos de seleção de resíduos sólidos urbanos por meio da técnica de mapeamento. Eng Sanit Ambiental, 15(4), 347-356, 2010.

MACIEL, J. P.; STALTER, C. F.; REGINA CÉLIA ESPINOSA MODOLO, R. C. E.; MORAES, C. A. M. Valorização de resíduos de polipropileno biorientado (BOPP) pós-consumo: em busca de soluções práticas e sustentáveis. 9º Forum Internacional de Resíduos Sólidos, Porto Alegre, 2018. Disponível em: http://www.institutoventuri.org.br/ojs/index.php/firs/article/view/844

MANNARINO, C. F.; FERREIRA, J. A.; GANDOLLA, M. Contribuições para a evolução do gerenciamento de resíduos sólidos urbanos no Brasil com base na experiência Européia. Engenharia Sanitária e Ambiental, 21(2), 379-385, 2016.

MARCOP. Marrecas Cooperativa de Reciclados: (Entrevista concedida a). Enaile Coelho Balbinotti. Entrevista para elaboração da pesquisa, 2019.

MARINO, A. L.; CHAVES, G. L. D.; SANTOS JUNIOR, J. L. Do Brazilian municipalities have the technical capacity to implement solid waste management at the local level? Journal of Cleaner Production, 188, 378-386, 2018.

MERSONI, C. REICHERT, G. A. Comparação de cenários de tratamento de resíduos sólidos urbanos por meio da técnica da Avaliação do Ciclo de Vida: o caso do município de Garibaldi, RS. Eng Sanit Ambiental, 22(5), 863-875, 2017.

MOREIRA, A. M. M.; GÜNTHER, W. M. R.; SIQUEIRA. C. E. G. Workers’ perception of hazards on recycling sorting facilities. Ciência & Saúde Coletiva, 24(3), 771-780, 2019.

MOURA, J. M. B. M.; PINHEIRO, I. G.; CARMO, J. L. Gravimetric composition of the rejects coming from the segregation process of the municipal recyclable wastes. Waste Management, 74, 98–109, 2018.

NAZARI, M. T.; GONÇALVES, C. S. G.; SILVA, P. L. C.; PAZ, M. F.; SIQUEIRA, T. M.; CORRÊA, E. K.; CORRÊA. L. B. Incidência de resíduos de serviços de saúde em cooperativas de triagem de materiais recicláveis. Eng Sanit Ambiental, 25(2), 271-279, 2020.

OLIVEIRA, B. O. S.; GRAÇA, V. R.; SILVA, D. M. P.; PAES, L. F. Percepção ambiental de alunos da educação de jovens e adultos sobre o gerenciamento de resíduos sólidos urbanos em Humaitá (AM). Revbea, 11(1), 284-304, 2016. Disponível em: http://revbea.emnuvens.com.br/revbea/article/view/4758/3114

PASSERI, M. G.; ROCHA, M. B. Proposta e análise de uma sequência didática para abordar uma educação ambiental sob enfoque CTS. Ensino, Saúde e Ambiente, 10(2), 1-15, 2017.

REBEHY, P. C. P. W.; COSTA, A. L.; CAMPELLO, C. A.G.B.; ESPINOZA, D. F.; JOAO NETO, J. Innovative social business of selective waste collection in Brazil: Cleaner production and poverty reduction. Journal of Cleaner Production, 154, 462-473, 2017.

REICHERT, G. A.; MENDES, C. A. B. Avaliação do ciclo de vida e apoio à decisão em gerenciamento integrado e sustentável de resíduos sólidos urbanos. Eng. Sanit. Ambiental, 19(3), 3012-313, 2014.

REZENDE, J. H.; CARBONI, M.; MURGEL, M. A. T.; CAPP, A. L. A. P.; TEIXEIRA, H. L.; SIMÕES, G. T. C.; RUSSI, R. R.; LOURENÇO, B. L. R.; OLIVEIRA, C. D. Composição gravimétrica e peso específico dos resíduos sólidos urbanos em Jaú (SP). Engenharia Sanitária e Ambiental, 8(1), 1-8, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/esa/v18n1/a01v18n1.pdf

SCHMIDT, P. N. S.; CIOFFI, M. O. H.; VOORWALD, H.J.C.; SILVEIRA, J. L. Flexural Test On Recycled Polystyrene. Procedia Engineering. 10, 930-935, 2011.

SILVA, P. L. C.; NAZARI, M. T.; HERNANDES, J. C.; CORRÊA, L. B.; CORRÊA, E. K. Dificuldades enfrentadas no cotidiano de trabalho em cooperativas de triagem de material reciclável. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, 7(2), 355-369, 2018.

SOUZA-DAL BÓ, G. C.; MUNARI, A. B.; ASSUNÇÃO, V. K.; BERNARDIN, A. M. A educação ambiental nos planos municipais de gestão integrada de resíduos sólidos: um diagnóstico da região carbonífera catarinense. In: LADWIG, Nilzo Ivo; CAMPOS, Juliano Bitencourt (org.). Planejamento e gestão territorial: o papel e os instrumentos do planejamento territorial na interface entre o urbano e o rural. Criciúma (SC): UNESC, 2019.

TARTAKOWSKI, Z. Recycling of packaging multilayer films: New materials for technical products. Resources, Conservation and Recycling, 55, 167–170, 2010.

TONET, A.; VILLAGRA, B. L. P. A educação ambiental nas prefeituras municipais do sudoeste do Paraná. Revbea, 11(2), 299-312, 2016. Disponível em: https://periodicos.unifesp.br/index.php/revbea/article/view/2162/1408

SANTOS, F. F.; FONTES, A. R. M.; VIRGÍNIA APARECIDA DA SILVA MORIS, V. A. S.; SOUZA, R. L. R. Atores da cadeia de reciclagem: influência e impactos na atividade de triagem de materiais em uma cooperativa de Sorocaba-SP. Revista de Gestão Social e Ambiental, 10(3), 85-101, 2016.

SANTOS, R. E.; SANTOS, I. F. S.; BARROS, R. M.; BERNAL, A. P.; TIAGO FILHO, G. L.; SILVA F. G. S. Generating electrical energy through urban solid waste in Brazil: Aneconomic and energy comparative analysis. Journal of Environmental Management, 231, 198–206, 2019.

ZAJAC, M. A. L.; FERNANDES, R. O.; DAVID, C. J.; AQUINO, S. Logística reversa de resíduos da classe D em ambiente hospitalar: monitoramento e avaliação da reciclagem no hospital infantil Cândido Fontoura. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade. 5(1), 78-93, 2016.

ZOLNIKOV, T. R.; SILVA, R. C. S.; TUESTA, A. A.; MARQUES, C. P.; CRUVINEL, V. R. N. Ineffective waste site closures in Brazil: A systematic review on continuing health conditions and occupational hazards of waste collectors. Waste Management, 80, 26–39, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-200

Refbacks

  • There are currently no refbacks.