A síndrome de Burnout e o estresse ocupacional dos enfermeiros que realizam atendimento na estratégia saúde da família, no Município de Vertente do Lério – PE/ Burnout syndrome and occupational stress in nurses who provide care in the family health strategy, in the Municipality of Vertente do Lério - PE

Camila Teresa de Lima, Cezarino Manoel de Santana Neto

Abstract


Atualmente a atividade laboral nas mais diversas áreas tem sido responsável pelo adoecimento de grande parte da população. Há profissões que pelo contexto que estão inseridas se encontram mais propicias ao adoecimento. A Síndrome de Burnout é um adoecimento relacionado intimamente com a atividade laboral. Essa síndrome acomete grande parte dos profissionais de saúde. Há um esgotamento físico,psíquico e de outras ordens.Infinitos fatores podem contribuir para desencadear esse processo: condições de trabalho precarizadas, equipes reduzidas, sobrecarga de atividades,ou pelo fato dos profissionais estarem inseridos num contexto de vulnerabilidade e pobreza junto a população atendida. É imprescindível que os profissionais da saúde possam ter qualidade de vida e condições adequadras de trabalho, para que possam desenvolver suas funções e atividades de maneira digna,ética e saudável. O trabalhar da rede de saúde tem como um dos seus objetivos dispor de cuidados para com o outro,porém para ofertar serviços de saúde é preciso que o profissional esteja gozando plena saúde.


Keywords


Rede de saúde, Enfermagem, Adoecimento, Síndrome de Burnout.

References


BENEVIDES,Pereira Ana Maria. T. Burnout: Quando o Trabalho Ameaça o Bem-Estar do Trabalhador. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002.

BRASIL. Constituição Federal. (1988) onstituição da República Federativa do Brasil. Brasília Senador Federal,1988.

BRASIL. Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as Condições para a Promoção, Proteção e Recuperação da Saúde, a Organização e o Funcionamento dos Serviços Correspondentes e dá outras Providências. Brasília 1990.

BRASIL. Ministério da Saúde. A Implantação da Unidade de Saúde da Família. Cadernos de Atenção Básica .Departamento de Atenção Básica, Brasília 2000.

BRASIL. Ministério da Saúde. Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde. Disponível em http://cnes2.datasus.gov.br/Listar_Mantidas.asp?VCnpj=11361862000166&VEstado=26&VNome=PREFEITURA%20MUNICIPAL%20DE%20SURUBIM . Acesso em 20-11-2019

BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Humanização.Brasília 2003

BRASIL. Prefeitura de Vertente do Lério. História. Disponível em www.vertentedolerio.pe.gov.br. Acesso em 20-11-2019

BRASIL.Ministério da Saúde.Cartilha Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS, Brasília 2006.

BRAVO, Maria Ines Souza, Saúde e Serviço Social. São Paulo, Cortez,2012.

CARLOTTO, Mary Sandra & MORAES, Maria da Graça. Síndrome de Burnout e fatores associados em professores de escolas públicas e privadas. Disponível em: . Acesso 20-11-2109

CONILL. Minho,Eleonor. Ensaio Histórico-conceitual sobre a Atenção Primária à Saúde: Desafios para a Organização de Serviços Básicos e da Estratégia Saúde da Família em Centros Urbanos no Brasil. In Cadernos de Saúde Pública, 2008. Disponível em: https://www.scielosp.org/toc/csp/2008.v24suppl1/. Acesso em 18-11-2019

COSTA,Milton Menezes. A Implantação da Unidade de Saúde da Família. Centro Universitário Tabosa de Almeida. 2010.

DIMITROV, Pedro. A Importância do Acolhimento no Projeto Cabeça Feita. Acolhimento – o Pensar, o Fazer, o Viver. São Paulo: Sistema único de Saúde, Secretaria Municipal da Saúde Prefeitura de São Paulo, 2002.

FRANCA. F. M; FERRARI, R. Síndrome de Burnout e os aspectos sócio-demográficos em profissionais de enfermagem. Acta paul. enferm. São Paulo,v.25,n.05,2012 Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002012000500015 Acesso em: 20-11-2019

GASPARINE, Sandra Maria et. al. O Professor, as Condições de Trabalho e os Efeitos sobre a Saúde. Educ. Pesquisa. Vol. 31 nº 2 Scielo. São Paulo, may/aug 2005. Disponível em: . Acesso em 20-11- 2019

GUERRERO, Patricia; MELLO, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de; ANDRADE, Selma Regina de and ERDMANN, Alacoque Lorenzini. O acolhimento como boa prática na atenção básica à saúde. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104- 7072013000100016&script=sci_abstract&tlng=pt . Acesso em 20-11-2019

KOVALESKI, Douglas Francisco; Bressan, Adriana. A síndrome de Burnout em Profissionais de Saúde. Saúde & Transformação Social / Health & Social Change, vol. 3, núm. 2, 2012, pp. 107-113 Universidade Federal de Santa Catarina Santa Catarina, Brasil .Disponível em https://www.redalyc.org/pdf/2653/265323670015.pdf . Acesso em 19-11-2019

LAUTERT, Liana; TRINDADE,de Lima Letícia. Sindrome de Burnout entre os trabalhadores da Estratégia Saúde da Família. Disponivel em http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v44n2/05.pdf. Acesso em 18-11-2019

MALTA, D.C.; FERREIRA, L. M.; REIS, A.T.; MERHY, E.E. Acolhimento - Uma reconfiguração do processo de trabalho em saúde usuário-centrada. In: CAMPOS, MALTA D.C.; REIS, AT.; SANTOS,AF; MERHY, E.E.. O Sistema Único de Saúde em Belo Horizonte, reescrevendo o Público. São Paulo: Xamã VM, 1998

OLIVEIRA, E. R. A. et al. Acolhimento em Saúde e Desafios em sua Implementação: Percepção do Acadêmico de Enfermagem. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde, Vitória, v. 12, n. 02, 2010

REVISTA DE PESQUISA CUIDADO É FUNDAMENTAL ON LINE. Síndrome de Burnout em Enfermeiros na Atenção Básica: Repercussão na Qualidade de Vida. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=505750770007. Acesso em 20-11-2109

REVISTA EXAME. Conheça as 20 profissões mais Estressantes. Disponível em https://exame.abril.com.br/carreira/conheca-as-20-profissoes-mais-estressantes-nos-eua/. Acesso em 19-11-2019

SILVEIRA. Maria de Fátima de Araújo. Acolhimento no Programa Saúde da Família: Um Caminho para Humanização da Atenção à Saúde.Cogitare enfermagem. V. 9, N. 01. (2004)

SOLLA, Jorge José Santos Pereira. Acolhimento no Sistema Municipal de Saúde. In Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil. 2005, vol.5, n.04

TEIXEIRA Fleury, Sônia. O Dilema da Reforma Sanitária Brasileira. In: Reforma Sanitária Itália e Brasil. Berlinguer; Teixeira Fleury e Campos (orgs). São Paulo: HUCITEC – CEBES,1988

TRIGO, T. et al. Síndrome de Burnout ou Estafa Profissional e os Transtornos Psiquiátricos. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, volume 34, nº 05, 2007.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2005




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-173

Refbacks

  • There are currently no refbacks.