Perfil nutricional de pacientes renais crônicos em tratamento dialítico atendidos em uma cidade da região metropolitana do Recife/ Nutritional profile of chronic renal patients undergoing dialysis treatment in a city in the metropolitan region of Recife

Natália Katarina Neris Nascimento, Leopoldina Augusta Sequeira de Andrade, Maria da Conceição Chaves de Lemos, Laiana Hamana Lopes de Brito, Edilene Maria de Oliveira, Andressa Caroline Burgos Gomes, Poliana coelho Cabral

Abstract


A doença renal crônica é caracterizada por alterações na estrutura e função renal, tendo caráter progressivo e comumente irreversível, sendo na maioria dos casos necessária a hemodiálise como método de terapia renal substitutiva. Pacientes renais submetidos a hemodiálise tem maiores chances de desenvolvimento de distúrbios nutricionais e alterações no metabolismo dos minerais. Tendo como objetivo avaliar o perfil nutricional de pacientes renais crônicos em tratamento hemodialítico. Trata-se de um estudo transversal realizado com 83 pacientes em tratamento hemodialítico, numa clínica de hemodiálise localizada na cidade de Olinda, no período de maio e setembro de 2019. O estado nutricional foi avaliado através do Índice de Massa Corporal (IMC), a Circunferência do Braço (CB), Circunferência da Cintura (CC), Circunferência da Panturrilha (CPan), Prega Cutânea Tricipital (PCT) e Circunferência do Pescoço (CP) e da Relação Cintura-Estatura (RCE). Os parâmetros bioquímicos foram avaliados através de normalidade utilizados na Clínica e referidos por Martins. Em relação ao IMC, a frequência de excesso de peso foi 58,6%, ao analisar a CB 31,4% apresentaram desnutrição e 47,7% eutrofia. A PCT identificou indivíduos em excesso de peso e desnutrição com frequências semelhantes, em 42,2% e 39,8%, respectivamente. Cerca de 25,3% dos participantes apresentaram hiperfosfatemia e em relação ao cálcio 34,9% se encontravam com hipocalcemia e 15,7% apresentava hipercalcemia. A CP evidenciou nos homens um risco cardiovascular maior. Observou-se uma alta prevalência de excesso de peso na população estudada, com alto risco cardiovascular. Em relação a bioquímica foram encontradas frequências elevadas de alterações no cálcio sérico e bom controle do fósforo sérico. O perfil lipídico e o antropométrico mostraram alterações que exigem seguimento efetivo para essa população.


Keywords


Estado nutricional, Hemodiálise, Fosforo, Cálcio.

References


Levey AS, Eckardt KU, Dorman NM, Christiansen SL, Hoorn EJ, Ingelfinger JR, et al. Nomenclatura para função e doença renal: relato de uma Conferência de Consenso de Doença Renal: Melhoria dos Resultados Globais (KDIGO). Kidney International [Internet]. Junho de 2020; 97 (6): 1117–29.

KDIGO. KDIGO 2012 Clinical practice guideline for the evaluation and management of chronic kidney disease. Official Journal of the International Society of Nephrology. vol 3, issue 1, january (1) 2013.

Forni O, Ogna A, Ponte B, Gabutti L, Binet I, Conen D, et al. Prevalência e determinantes da doença renal crônica na população suíça. Swiss Med Wkly [Internet]. 2016 maio 6;

Marinho AWGB, Penha A da P, Silva MT, Galvão TF. Prevalência de doença renal crônica em adultos no Brasil: revisão sistemática da literatura. Cad saúde colet [Internet]. 2017 out 9; 25 (3): 379–88.

Ashby D, Borman N, Burton J, Corbett R, Davenport A, Farrington K, et al. Diretriz de Prática Clínica da Associação Renal em Hemodiálise. BMC Nephrol [Internet]. 2019 de 17; 20 (1).

Oliveira APB, Schmidt DB, Amatneeks TM, Santos JC dos, Cavallet LHR, Michel RB. Qualidade de vida em pacientes em hemodiálise e sua relação com mortalidade, hospitalizações e má adesão ao tratamento. Jornal Brasileiro de Nefrologia [Internet]. 2016; 38 (4).

Zhang Y, Ma T, Zhang P. Eficácia e segurança da nicotinamida no metabolismo do fósforo em pacientes em hemodiálise. Medicina [Internet]. 2018 out; 97 (41): e12731.

Wang M, Obi Y, Streja E, Rhee CM, Lau WL, Chen J, et al. Associação de parâmetros de distúrbio mineral ósseo com mortalidade em pacientes em hemodiálise de acordo com o nível de função renal residual. CJASN [Internet]. 2017 maio 9; 12 (7): 1118–1127.

Umeukeje EM, Mixon AS, Cavanaugh KL. Adesão ao controle de fosfato em pacientes em hemodiálise: perspectivas atuais. PPA [Internet]. 2018 jul; Volume 12: 1175–1191.

Bousquet-Santos K, Costa L da G da, Andrade JMDL. Estado nutricional de portadores de doença renal crônica em hemodiálise no Sistema Único de Saúde. Ciênc saúde coletiva [Internet]. Março de 2019; 24 (3): 1189–99.

Malachias M, Souza W, Plavnik F, Rodrigues C, Brandão A, Neves M, et al. Capítulo 3 - Avaliação Clínica e Complementar. Arquivos Brasileiros de Cardiologia [Internet]. 2016; 107 (3).

Silva MAD da, Sousa AGMR, Schargodsky H. Fatores de risco para infarto do miocárdio no Brasil: estudo FRICAS. Arq Bras Cardiol [Internet]. Novembro de 1998; 71 (5).

Ikizler TA, Burrowes JD, Byham-Gray LD, Campbell KL, Carrero JJ, Chan W, et al. Diretriz de Prática Clínica KDOQI para Nutrição na DRC: Atualização de 2020. American Journal of Kidney Diseases [Internet]. Conjunto de 2020; 76 (3): S1–107.

WHO. Obesity:preventing and managing the global epidemic. Reportof the WHO Consultation on Obesity. Geneva:World Health Organization; 1998.

Lipschitz DA. Rastreio do estado nutricional em idosos. Prim Care. Março de 1994; 21 (1): 55-67.

Frisancho AR. Anthropometric standards for the assessment of growth and nutritional status. University of Michigan press, 1990.

Blackburn GL, Bistrian BR, Maini BS, Schlamm HT, Smith MF. Avaliação nutricional e metabólica do paciente hospitalizado. JPEN J Parenter Enteral Nutr [Internet]. Janeiro de 1977; 1 (1): 11–21.

Bachorik PS, Lovejoy KL, Carroll MD, Johnson CL. Distribuições de apolipoproteína B e AI nos Estados Unidos, 1988–1991: resultados do National Health and Nutrition Examination Survey III (NHANES III). Química Clínica [Internet]. 1997 dez 1; 43 (12): 2364–78.

Gillenwater JY, Wein AJ. Resumo do Workshop sobre Cistite Intersticial do Instituto Nacional de Artrite, Diabetes, Doenças Digestivas e Renais, National Institutes of Health, Bethesda, Maryland, 28-29 de agosto de 1987. Journal of Urology [Internet]. Julho de 1988; 140 (1): 203–6.

Pitanga FJG, Lessa I. Razão cintura-estatura como discriminador do risco coronariano de adultos. Rev Assoc Med Bras [Internet]. Junho de 2006; 52 (3).

VENDIDO D. Estado Físico: O Uso e Interpretação da Antropometria. Relatório de um Comitê de Especialistas da OMS. Série de relatórios técnicos da OMS No. 854. Pp. 452. (OMS, Genebra, 1995.) Swiss Fr 71.00. J Biosoc Sci [Internet]. Janeiro de 1998; 30 (1): 135–44.

Ben-Noun LL, Sohar E, Laor A. A circunferência do pescoço como uma medida simples de triagem para identificar pacientes com sobrepeso e obesos. Obesity Research [Internet]. 2001 ago; 9 (8): 470–7.

Faludi A, Izar M, Saraiva J, Chacra A, Bianco H, Afiune Neto A, et al. Atualização da Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose - 2017. Arquivos Brasileiros de Cardiologia [Internet]. 2017; 109 (1).

Martins C, et al. Procedimentos operacionais padronizados (Parte 1): Avaliação do estado nutricional e diagnóstico do paciente renal. Fundação Pró-Renal e Clínica de doenças renais, Curitiba-PR, 2009.

Costa J, Pinho CPS, Maio R, Diniz A da S, Carvalho TR de, Barboza YACO, et al. Adequação dialítica e estado nutricional de indivíduos em hemodiálise / adequação dialítica e estado nutricional de hemodiálise de indivíduos. BJD [Internet]. 2020; 6 (9): 68325–37.

Sesso RC, Lopes AA, Thomé FS, Lugon JR, Martins CT. Censo Brasileiro de Diálise Crônica 2014. Jornal Brasileiro de Nefrologia [Internet]. 2016; 38 (1).

Brasil, MS. Vigitel Brasil 2018: Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico. Disponível em

http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/julho/25/vigitel-brasil-2018.pdf. Acesso em 04 nov. 2020.

Nerbass FB, Canzi ER, Araujo R dos A, Corrêa D, Santos RG dos, Vieira MA, et al. Diferenças na fosfatemia e frequência de consumo de fontes dietéticas de fósforo em pacientes em hemodiálise no sul e norte do Brasil. Braz J Nephrol [Internet]. Março de 2019; 41 (1): 83–8.

Lin TY, Peng CH, Hung SC, Tarng DC. A composição corporal está associada a resultados clínicos em pacientes com doença renal crônica não dependente de diálise. Kidney International [Internet]. Março de 2018; 93 (3): 733–40.

Almeida HRM de, Santos EMC, Dourado K, Mota C, Peixoto R. Desnutrição associada à inflamação em paciente renal crônico em hemodiálise. Rev Assoc Med Bras [Internet]. Conjunto de 2018; 64 (9): 837–44.

McCullough PA, Chan CT, Weinhandl ED, Burkart JM, Bakris GL. Hemodiálise intensiva, hipertrofia ventricular esquerda e doença cardiovascular. American Journal of Kidney Diseases [Internet]. Nov 2016; 68 (5): S5–14.

Marinho AWGB, Penha A da P, Silva MT, Galvão TF. Prevalência de doença renal crônica em adultos no Brasil: revisão sistemática da literatura. Cad saúde colet [Internet]. 2017 out 9; 25 (3): 379–88.

Andrade I da S, Cunha C de M, Brito BP de, França FCO de, Oliveira LPM de. Desnutrição e risco cardiovascular em pacientes em hemodiálise com doença renal crônica. Rev Nutr [Internet]. 2019; 32.

Krug R de R, Corrêa KID, Tonetto JK, Silva DHS, Buratti JL, Keller KD, et al. Relação entre tempo de hemodiálise e declínio cognitivo em pacientes renais crônicos. BJD [Internet]. 2020; 6 (6): 33040–52.

Brandão HFC, Souza EDS, Santos FTM dos, Monte LKF, Silva PF de OA, Souza BS de, et al. Associação da função muscular com o estado nutricional e parâmetros clínicos e bioquímicos de pacientes portadores de doença renal crônica submetidos hemodiálise / associação à função muscular de doença histórica e paringónica de doença crônica nutriônica e código paringónica de doença crônica. BJD [Internet]. 2020; 6 (10): 80082–94

Riella M, Martins C. Nutrição e o Rim. 2. ed. Rio de Janeiro - RJ: editora guanabara koogan ltda, 2013.

Cuppari L, Avesani CM, Bufarah MNB, Melo TL. Nutrição clínica no adulto. Editora Manole Ltda, 2019. Seção 2, capítulo 10, págs. 223-269.

Isakova T, Nickolas TL, Denburg M, Yarlagadda S, Weiner DE, Gutiérrez OM, et al. KDOQI US Comentário sobre a Atualização das Diretrizes de Prática Clínica KDIGO 2017 para o Diagnóstico, Avaliação, Prevenção e Tratamento da Doença Renal Crônica - Desordem Mineral e Óssea (CKD-MBD). American Journal of Kidney Diseases [Internet]. 2017 dez; 70 (6): 737–51.

Mizobuchi M, Ogata H, Koiwa F. Hiperparatireoidismo secundário: Patogênese e Tratamento Mais Recente. Ther Apher Dial [Internet]. 2018 dez 18; 23 (4): 309–18.

De Almeida JNM, Silva DCG da, Dos Santos TC, Da Cunha MDSB, Souza MKV de A. Prevalência de hiperfosfatemia e consumo de fósforo em portadores de doença renal crônica em tratamento hemodialítico em um município brasileiro de médio porte. DEMETRA [Internet]. 2020 atrás 31; 15: e43799.

Byrne FN, Gillman B, Kiely M, Bowles M, Connolly P, Earlie J, et al. Revisão dos Conselhos sobre Fósforo na Dieta na Doença Renal Crônica G3-5D. Journal of Renal Nutrition [Internet]. 2020 jun;

Porto RA, Truite MR, Bucharles SEG, Hauser AB. Hiperparatireoidismo secundário: uma complicação da Doença Renal Crônica. Rev. Bras. Anal. Clin, v.48, n.3, p. 182-188, 2016.

Fitzpatrick J, Sozio SM, Jaar BG, Estrella MM, Segev DL, Parekh RS, et al. Fragilidade, composição corporal e o risco de mortalidade em pacientes em hemodiálise: os Preditores de Risco Arrítmico e Cardiovascular em Doença Renal em Estágio Final. Transplante de Diálise em Nefrologia [Internet]. 4 de junho de 2018; 34 (2): 346–54.

Hernández A, Monguí K, Rojas Y. Descrição da composição corporal, força muscular e atividade física em pacientes com insuficiência renal crónica em hemodiálisis em uma unidade renal em Bogotá, Colômbia. Revista Andaluza de Medicina del Deporte [Internet]. Abr 2018; 11 (2): 52–6.

Brito JS de, Borges NA, Dolenga CJR, Carraro-Eduardo JC, Nakao LS, Mafra D. Existe relação entre a ingestão alimentar de triptofano e os níveis plasmáticos de indoxil sulfato em pacientes renais crônicos em hemodiálise? Jornal Brasileiro de Nefrologia [Internet]. 2016; 38 (4).

Borges S, Fortes RC. Indicadores de desnutrição em diálise peritoneal e hemodiálise / Indicadores de desnutrição em diálise peritoneal e hemodiálise. BJHR [Internet]. 2020; 3 (5): 13358–76.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-147

Refbacks

  • There are currently no refbacks.