Incentivo aos agricultores familiares na implementação da cadeia de hortifrúti orgânica no mercado municipal de Dois Vizinhos/PR / Incentive for family farmers in the implementation of the organic horticultural chain in the municipal market of Dois Vizinhos / PR

Celso Eduardo Pereira Ramos, Dalva Paulus, Liliane Telles dos Santos, Cristina Pereira Venâncio

Abstract


O município de Dois Vizinhos se situa na região sudoeste do estado do Paraná. As condições de relevo associada com os recursos humanos existentes na região determinou uma estrutura agrária de pequenas propriedades, baseada na agricultura familiar. Este contexto é determinante para o fomento e o incentivo a diversificação das atividades produtivas no município. A partir desta premissa, objetivou-se  auxiliar na organização e planejamento da cadeia produtiva de hortifrúti no município de Dois vizinhos/Paraná, bem como promover a interação da comunidade acadêmica com os diferentes segmentos da sociedade produtora e consumidora. Para o desenvolvimento das atividades foi realizado um diagnóstico, tendo em vista o levantamento de dados sobre a situação da produção e consumo de hortifrúti no município. Realizou-se pesquisa participativa baseado em entrevistas semi-abertas com a aplicação de questionários aos produtores e consumidores de Dois Vizinhos. Os dados foram tabulados e inseridos numa planilha utilizando-se da ilustração através de gráficos. A partir deste levantamento inicial foram fomentadas ações com o objetivo de viabilizar a produção e comercialização dos produtos orgânicos no município de Dois Vizinhos. Os resultados propiciaram o melhor planejamento dos agricultores que levaram em consideração a demanda dos consumidores; houve também melhoria da qualidade através da diversificação de produtos agrícolas de origem orgânica e melhoria do conhecimento prático-cientifico dos acadêmicos, professores e agricultores, o que repercutiu na construção conjunta de uma proposta de melhoria na cadeia de horti-fruti.


Keywords


Planejamento, Formação, Cadeia produtiva horti-fruti.

References


ALTIERI, M. Agroecologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável. Porto Alegre. 1 ed. UFRGS: 2009. 120

BITTECOURT, D. Agricultura familiar, desafios e oportunidades rumo a inovação.Embrapa,2018.Disponível em: acesso em :10 agos, 2019.

CAMPANHOLA, C. et al. A agricultura orgânica e seu potencial para o pequeno agricultor. Cadernos de Ciencias & Tecnologia. Brasilia/DF, v.18,n.3,pág. 69- 101, set/dez 2001.

DELGADO, N. G. Agronegócio e agricultura familiar no Brasil: desafios para a transformação democrática do meio rural. NCN-Novos Cadernos NAEA, v. 15, n. 1, 2012.

GODOY, W. I. et al. A importância das feiras livres ecológicas: um espaço de trocas e saberes da economia local. Revista Brasileira de Agroecologia, v.2, n.1, fev. 2007.

Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social – IPARDES. Leitura regionais/mesorregião geográfica sudoeste do Paraná. Curitiba: IPARDES/BRDE, 2004.

MARIANO, G.C.; MARQUES, L.G.S. Inovando e empreendendo por incubação de feira da agricultura familiar. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 5, n. 6, p. 6686-6698, jun. 2019.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The world report 2002: reducing risks, promoting healthy life. Geneva: World Health Organization, 2002.

MONTEIRO, C.A. Setting up a fruit and vegetable promotion initiative in a developing country. In: WHO. Fruit and vegetable promotion initiative – report of the meeting. Geneva, 2003.

PADILHA, N; FÁBIO CORBARI, F.; MAZUTTI, A.Z.; CANQUERINO, Y.K.; ALVES, A.F; A contribuição do PNAE para o desenvolvimento rural sustentável no município de Pitanga – PR. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 4, n. 7, Edição Especial, p. 4351-4365, nov. 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-125

Refbacks

  • There are currently no refbacks.