Ação estratégica sanitária: vivência de uma equipe multiprofissional atuante na atenção primária à saúde / Strategic sanitary action: experience of a multiprofession team acting in primary health care

Emmanuel de Assis Cunha, Nilmara Thalita Alves Araújo, Tais Diniz Torres, André Luiz de Araújo Medeiros, Antônio Marcos Xavier Soares, Milena Nunes Alves de Sousa

Abstract


 É importante o conhecimento multiprofissional na construção coletiva do cuidado, permitindo uma visão mais abrangente e contribuindo para a resolutividade dos problemas em um território. Assim, objetivou-se relatar a experiência da equipe multiprofissional de residentes em Atenção Primária à Saúde frente à demanda sanitária dos usuários em uma Unidade Básica de Saúde. Foram elaboradas estratégias visando o recolhimento do hipoclorito de sódio e, junto aos Agentes Comunitários de Saúde, distribuído à população. Somado a ação, um material informativo foi repassado à população, bem como orientações a gestantes sobre a importância da higienização de alimentos. O cuidado ampliado da equipe multiprofissional contribui para efetivação das ações em saúde, corroborando com a qualidade de vida da população, permitindo a articulação da unidade com a Vigilância em Saúde, garantindo a longitudinalidade e o alcance da integralidade, fornecendo subsídios para que a universalidade do serviço aos usuários seja afiançada e a qualidade assistencial assegurada.


Keywords


Educação em Saúde; Higiene dos Alimentos; Vigilância em Saúde.

References


Brasil. Ministério da Saúde. Portaria GM/MS nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). 2017. Diário Oficial [da] União. Brasília, DF. 21 set. 2017. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt2436_22_09_2017.html. Acesso em: 16 jun. 2020.

Peruzzo HE, Bega AG,Lopes APAT, Haddad MCFL, Peres AM, Marcon SS. Os desafios de se trabalhar em equipe na estratégia saúde da família. Esc Anna Nery [Internet]. 2018 [citado 2020 Jun 19]; 22(4):1-9. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-81452018000400205&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 04 jun. 2020.

Neves DCA, Gonçalves CÁ, Favaro TCP. Pós-graduação e Residência Multiprofissional em Saúde HC-UFG: a produção do Serviço Social. Revkatálysis [Internet]. 2017 [citado 2020 Jun 19]; 20(2):225-233. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rk/v20n2/1414-4980-rk-20-02-00225.pdf. Acesso em: 14 jun.2020.

Barros NF, Spadacio C, Costa MV. Trabalho interprofissional e as Práticas Integrativas e Complementares no contexto da Atenção Primária à Saúde: potenciais e desafios. Saúde em Debate [Internet]. 2018 [citado 2020 Jun 19]; 42(1):163-173. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/sdeb/v42nspe1/0103-1104-sdeb-42-spe01-0163.pdf.Acesso em: 20 jun.2020.

Lopes WS, Rodrigues ACL, Feitosa PHC, Coura MA, Oliveira R, Barbosa DL. Determinação de um índice de desempenho do serviço de esgotamento sanitário. Estudo de caso: cidade de Campina Grande, Paraíba. RBRH [Internet]. 2016 [citado 2020 Jun 19]; 21(1): 1-10. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S2318-03312016000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en doi: 10.21168/rbrh.v21n1.p1-10. Acesso em: 27 jun.2020.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades e Estado. Patos; 2019 [acesso em 2020 jun.01]. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/pb/patos.html. Acesso 11 jun. 2020.

Guedes AF, Tavares LN, Marques MNN, Moura SP, Sousa MNA. Tratamento da água na prevenção de doenças de veiculação hídrica. Journalof Medicine and Health Promotion [Internet]. 2017 [citado 2020 Jun 19]; 2(1): 452-467. Disponível em: http://jmhp.fiponline.edu.br/pdf/cliente=13-2040732ef0b79a8edffd2e0dbf2aafe0.pdf doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232015213.23562015. Acesso em: 15 jun. 2020.

Ferreira DC, Luz SLB, Buss DF. Avaliação de cloradores simplificados por difusão para descontaminação de água de poços em assentamento rural na Amazônia, Brasil. Ciênc. saúde coletiva[Internet]. 2016 [citado2020 Jun 19] ; 21( 3 ): 767-776. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000300767&lng=en. Acesso em: 28 jun.2020.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Cuidados com água para consumo humano[recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/folder/cuidados_agua_consumo_2011.pdf. Acesso em: 10 jun. 2020.

França T, Rabello ET, Magnago C. As mídias e as plataformas digitais no campo da Educação Permanente em Saúde: debates e propostas. Saúde em Debate [Internet]. 2019 [citado 2020 Jun 27]; 43(esp): 106-115. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-11042019000500106. Acesso em: 27 jun.2020.

Cruz DI, Paulo RRD, Dias WS, Martins VF, Gandolfi PE. O uso das mídias digitais na educação em saúde. Cadernos da FUCAMP [Internet]. 2011 [citado 2020 Jun 23]; 10(3): 130-142. Disponível em: http://www.fucamp.edu.br/editora/index.php/cadernos/article/view/215/228. Acesso em: 23 jun.2020.

Tabile PM , Teixeira RM , Pires MC, Fuhrmann IM , Matras RC , Toso G , et al. Toxoplasmose Gestacional: uma revisão da literatura. Rev Epidemiol Control Infect [Internet] 2015 [citado 2020 Jul 4]; 5(3):158-162. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/epidemiologia/article/viewFile/5178/4457. Acesso em: 4 jul. 2020.

Cardoso ACG, Santos SN, Guimaraes JV, Pompeu HHFA, Coelho ECS, Figueiredo Júnior AM, et al. Tecnologia educacional sobre toxoplasmose para gestantes do pré-natal de alto risco. REAS/EJCH [Internet]. 2019 [citado 2020 Jun3]; 11(1): 1-10. Disponível em: https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/179/96. Acesso em: 3 Jul 2020.

Moura IPS, Ferreira IP, Pontes, AM, Bichara CNC. Conhecimento e comportamento preventivo de gestantes sobre Toxoplasmose no município de Imperatriz, Maranhão, Brasil. Ciênc Saúde Coletiva [Internet]. 2019 [citado 2020 Jun 3]; 24(10). Disponível em: https://scielosp.org/article/csc/2019.v24n10/3933-3946/pt/. Acesso em: 30 jun. 2020.

Moura FL, Goulart PRM, Moura APP, Souza TS, Fonseca ABM, Amendoeira MRR. Fatores associados ao conhecimento sobre a toxoplasmose entre gestantes atendidas na rede pública de saúde do município de Niterói, Rio de Janeiro, 2013-2015. Epidemiol Serv Saúde [Internet]. 2016 [citado 2020 Jun3]; 25(3): 665-661. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ress/v25n3/2237-9622-ress-25-03-00655.pdf. Acesso em: 3 de Jul. 2020.

Moura DS, Oliveira RCM, Rocha TJM. Toxoplasmose gestacional: perfil epidemiológico e conhecimentos das gestantes atendidas na unidade básica de saúde de um município alagoano. Arq Med Hosp Fac Cienc Med Santa Casa São Paulo [Internet]. 2018 [citado 2020 Jul 4]; 63(2):69-76. Disponível em: http://arquivosmedicos.fcmsantacasasp.edu.br/index.php/AMSCSP/article/view/251/575. Acesso em: 4 jul. 2020.

Sheth AN, Russo ET, Menon M, Wannemuehler K, Weinger M, Kudzala AC, et al. Impacto the integration of water treatment and handwashing incentives withantenatalservicesonhygienepracticesofpregnantwomen in Malawi. Am J TropMedHyg [Internet]. 2010 [citado 2020 Jun 19]; 83(6): 1315-1321. Disponível em: http://www.ajtmh.org/content/journals/10.4269/ajtmh.2010.10-0211;jsessionid=ZNwTPuDVprPpCrCwPALARwL3.ip-10-241-1-122. Acesso em: 26 jun.2020.

Organización Panamericana De La Salud. Carta de Ottawa para la promoción de La salud. In: Promoción de la salud: una antalogía. Publicación Científíca n.557. Washington: OPAS; 1996. p. 367-372.

Schmitz EL, Gelbcke FL, Bruggmann MS, Luz SCL. Filosofia e marco conceitual: estruturando coletivamente a sistematização da assistência de enfermagem. Rev Gaúcha de Enferm [Internet]. 2016 [citado 2020 Jul3]; 37(esp): 1-9. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rgenf/v37nspe/0102-6933-rgenf-1983-14472016esp68435.pdf. Acesso em: 3 jul. 2020.

Franke CM , Ianiski VB, Haas LCS. O Atendimento Compartilhado na Perspectiva da Atuação Multiprofissional na Atenção Primária à Saúde. Revista Contexto & Saúde [Internet]. 2018 [citado 2020 Jun 19]; 18(35): 111-115. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoesaude/article/view/7081.Acesso em: 25 jun. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-111

Refbacks

  • There are currently no refbacks.