Bioética e sua interface com a unidade de terapia intensiva: uma revisão integrativa / Bioethics and its interface with the intensive care unit: an integrative review

Francislaine de Almeida, Claudia Jaqueline Martinez Munhoz, Jefferson Carlos de Oliveira

Abstract


Objetivo: identificar publicações na base de dados Scientific Eletronic Library (SciELO) com os descritores Unidade de Terapia Intensiva e Bioética no período de 2010 a 2019. Método: Trata-se uma revisão integrativa como produto final de uma dissertação, sendo elegível a base de dados da SciELO por meio dos descritores Unidade de Terapia Intensiva e Bioética no período de 2010 a 2019. Resultado: Emergiram 30 artigos, sendo 14 artigos que comtemplavam os descritores selecionados, e após sua leitura mediante os critérios de inclusão e exclusão, permaneceram apenas 06 artigos que foram publicados em diferentes periódicos (16,66%); sendo maior número de publicação no ano de 2018 com (33,36 %); revisão bibliográfica (50,02%) se destacando como método mais utilizado. Conclusão: a temática proposta pelo estudo retrata os dilemas éticos perante ao cuidado paliativo, e a assistência direta a assistência à saúde, autonomia profissional e o relacionamento ético, sendo cenário de discussões e reflexões fazendo com que se tenha uma imersão sobre sua compreensão perante as condutas pelos, obstáculos de cunho social, político e econômico imersos em contradições e no exercício profissional.

 

 


Keywords


Bioética, Unidade de Terapia Intensiva

References


CALDEIRA, Vanessa Maria Horta et al . Critérios para admissão de pacientes na unidade de terapia intensiva e mortalidade. Rev. Assoc. Med. Bras., São Paulo , v. 56, n. 5, p. 528-534, 2010 . Available from . access on 15 Mar. 2021. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302010000500012.

CROSSETTI, Maria da Graça Oliveira. Revisão integrativa de pesquisa na enfermagem o rigor cientifico que lhe é exigido. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre, v. 33, n. 2, p. 8-9, June 2012. Available from . access on 26 Nov. 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472012000200001.

DE FREITAS, Gleide Cristina Cortez; DE ALMEIDA CARREIRO, Mônica. Cuidados paliativos na Unidade de Terapia Intensiva: a ética na assistência do enfermeiro intensivista. Revista Pró-univerSUS, v. 9, n. 1, p. 86-92, 2018.

DE OLIVIEIRA, Jefferson Carlos et al. Reflexões sobre o suporte emocional do enfermeiro no processo de tanatologia. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 3, p. 4566-4576, 2020.

ESPÍNDULA, J. A. et al. Bioética e profissionais de saúde: algumas reflexões. Bioethikos. 2007; 1 (1): 68-75. Rev. Latino-Am. Enfermagem, p. 1229-36, 2010.

FRAM, Dayana; MARIN, Camila Manuela; BARBOSA, Dulce. Avaliação da Necessidade da Revisão Sistemática e a Pergunta do Estudo. In: BARBOSA, Dulce et al (Ed.). Enfermagem Baseada em Evidencias. São Paulo: Atheneu, 2014. Cap. 3.p.21-28.

GIL, Antonio Carlos. Métodos E Técnicas De Pesquisa Social. Atlas Editora, 2019.

LIBERATI, Alessandro et al. The PRISMA statement for reporting systematic reviews and meta-analyses of studies that evaluate health care interventions: explanation and elaboration. Journal of clinical epidemiology, v. 62, n. 10, p. e1-e34, 2009.

LINO, M.M.; SILVA, S.C. Enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva: a história como explicação de uma prática. Nursing, 2001.out.;41(4):25-29.

MALUF, F.; FAÇANHA, T. R. S. A presença do ensino da bioética na Enfermagem. Revista Pró-UniverSUS, v. 8, n. 1, p. 17-25, 2017.

PESSINI, Leocir; BERTACHINI, Luciana. Humanização e cuidados paliativos. Edições Loyola, 2004.

PINHO, Leandro Barbosa de; SANTOS, Silvia Maria Azevedo dos. Dialética do cuidado humanizado na UTI: contradições entre o discurso e a prática profissional do enfermeiro. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo , v. 42, n. 1, p. 66-72, Mar. 2008 . Available from . access on 15 Mar. 2021. https://doi.org/10.1590/S0080-62342008000100009.

RIBEIRO, Diaulas Costa. A eterna busca da imortalidade humana: a terminalidade da vida e a autonomia. Bioética, Brasília, v. 13, n. 2, p. 112-120, 2005.

SOUSA DOS SANTOS, R. G. .; PALACIOS DA CUNHA E MELO DE ALMEIDA REGO, M. . O racismo institucional sob a perspectiva da ética do cuidado, nos serviços de saúde: revisão integrativa. Saúde Coletiva (Barueri), [S. l.], v. 10, n. 56, p. 3198-3213, 2020. DOI: 10.36489/saudecoletiva.2020v10i56p3198-3213. Disponível em: http://revistas.mpmcomunicacao.com.br/index.php/saudecoletiva/article/view/906. Acesso em: 15 mar. 2021.

SOUZA, R.P.S. Identificação e abordagem inicial do sofrimento. In: MORITZ, R.D. (Org.). Cuidados paliativos nas unidades de terapia intensiva. São Paulo: Editora Atheneu, 2012. P. 1-4.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Definition of Palliative Care. 2018. Disponível em: https://www.who.int/cancer/palliative/definition/en/. Acesso em: 8 nov. 2021.

ZANATTA, J. M.; BOEMER, M. R. BIOÉTICA – UM ENSAIO SOBRE SUA INSERÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 7, n. 3, 28 dez. 2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-110

Refbacks

  • There are currently no refbacks.