Desempenho de cultivares de soja IPRO no extremo oeste do Estado Paraná em baixa altitude / Performance of soybean IPRO cultivars in low altitude in the far west of Paraná State, Brazil

Glauco Vieira Miranda, Maria Eduarda Vilas Boas Alves, Erisson Mateus Weber Braun, Patrick Machado, João Pedro Manzano Hubner, Klinsmann Lima Lacerda

Abstract


O objetivo foi comparar as cultivares de soja transgênica IPRO de diferentes empresas na região de baixa altitude no extremo oeste do Estado do Paraná. Para isso, foi instalado um experimento sem irrigação suplementar, em outubro, com 24 cultivares de soja IPRO na Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Santa Helena, a 258 m de altitude. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com três repetições e parcelas com quatro linhas de cinco metros. O espaçamento foi de 0,45 m entre fileiras e população de 280 mil plantas/ha. A precipitação total no período de cultivo foi adequada. No entanto, a distribuição das chuvas foi irregular com quantidade abaixo do ideal durante o florescimento e formação de grãos com veranico de 10 dias. As cultivares apresentaram a altura de plantas de 0,90 a 1,31 m e altura de primeira vagem de 0,11 a 0,27 m. A média de produtividade de grãos das 24 cultivares foi de 2,8 ton/ha. As cultivares de soja que mais se destacaram foram  M 5947 IPRO com 5 ton/ha e TMG 7062 IPRO com 4,2 ton/ha. Conclui-se que existem cultivares com produtividades adequadas e que deve-se priorizar as cultivares que apresentam tolerância ao estresse de seca no enchimento de grãos e vagens.


Keywords


Produtividade. Melhoramento. Interação genótipo x ambiente.

References


BERNARD, R. L.; CHAMBERLAIN, D. W.; LAWRENCE, R. D. (Eds.). Result of the cooperative uniform soybeans tests. Washington: USDA, 1965. 134 p.

CONFALONIERI R; DONATELLI M; BREGAGLIO S; TUBIELLO F; VAN DER MENSBRUGGHE D; NASH J; SOLIMAN A; FERNANDES E Climate Change and Agriculture in Latin America 2020-2050 LCSAR – The World Bank. 2019 pp: 11;

CUNHA, J.E. Caracterização Físico Espacial da Bacia Hidrográfica do Paraná In: Geografia da bacia hidrográfica do Paraná 3: fragilidades e potencialidades socioambientais. Ed. Anderson Sandro da Rocha e Maicol Rafael Bade. – Jundiaí, SP: Ed. In House, 2018. 314 p. ISBN: 978-85-7899-591-1

EGEWARTH, V. A. Características agronômicas, adaptabilidade e estabilidade de genótipos de soja. Doctor Scientiae Program de Pós-graduação em Agronomia. Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Fevereiro – 2019. 117 p.

EMBRAPA. Composição química média da soja em grão. Disponível em http://www.cnpso.embrapa.br. Acesso em 17 de julho de 2019.

FARIAS, J.R.B.; NEPOMUCENO, A.L.; NEUMAIER, N. Necessidades climáticas

Acesso: 20 Abr 2020

FEHR, W.R.; CAVINESS, C.E. Stages of soybean development. Ames: lowa State University of Science and Technology, 1977. 11 p. (Special Report 80). Disponível em:

. Acesso em: 24 ago. 2020.

IAPAR. Fundação Instituto Agronômico do Paraná. Cartas climáticas básicas do Estado do Paraná, Curitiba, 49p., 1994.

LARA, LM; NETO, EM; SANTOS, RF; ANGHINONI, FBG; BARION, JHR, GUARNIERI, L.T; BRACCINI, AL Seleção de cultivares de soja na região Norte do Estado do Paraná na Safra 2017/18

MAPA. Zoneamento Agrícola 2021. Disponível em: http://indicadores.agricultura.gov.br/zarc/index.htm Acesso em 16 Mar 2021

MATSUO, E.; SEDIYAMA, T.; CRUZ, C. D.; OLIVEIRA, R. C. T. Análise da repetibilidade em alguns descritores morfológicos para soja. Ciência Rural, v. 42, n. 2, p. 189-196, 2012.

NOGUEIRA, A. P. O.; SEDIYAMA, T.; OLIVEIRA, R. C. T.; GLASENAPP, J. S. Caracteres qualitativos. In: SEDIYAMA, T. Melhoramento Genético da Soja. Londrina: Mecenas, 2015, p. 33-56.

NORMAN, G.A. Soybean physiology, agronomy, and utilization Academic Press. Publication date : 2012. 249 p.

SEDIYAMA, T. SILVA, F.; BORÉM, A. Soja do Plantio à Colheita. Edição: 1ª Editora UFV. ISBN: 9788572695190 2015. 333 p.

SILVA, F. BORÉM, A., SEDIYAMA, T.; LUDKE, W. Melhoramento de Soja. Editora UFV. 2017. ISBN: 9788572695725. 562 p.

TACKER, P.; VORIES, E. Irrigation. In Arkansas soybean production handbook (MP197) (pp. 42– 49). Fayetteville, AR: University of Arkansas Division of Agriculture Extension Service. 2002. Acesso em 17 Mar 2021 https://www.uaex.edu/publications/pdf/mp197/chapter8.pdf

VAL, B. H. P.; FERREIRA JÚNIOR, J. A.; BIZARI, E. H.; DI MAURO, A. O.; TREVISOLI, S. H. U. Diversidade genética de genótipos de soja por meio de caracteres agromorfológicos. Ciência & Tecnologia: FATEC-JB, v. 6, n. 1, p. 72-83, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-107

Refbacks

  • There are currently no refbacks.