Caracterização preliminar geotécnica do subsolo do Campo Experimental de Geotecnia e de Fundações da Universidade Federal do Ceará (CEGEF – UFC) / Preliminary geotechnical characterization of the subsoil of the Geotechnical and Foundation Experimental Field of the Federal University of Ceará (CEGEF - UFC)

Alfran Sampaio Moura, Mônica Rodrigues Ramos, Edno Cerqueira Junior, Francisco Pinheiro Lima Filho, Pedro Henrique Lustosa Bezerra de Menezes

Abstract


Este trabalho visa caracterizar, a partir da realização de ensaios geotécnicos de laboratório e campo, o subsolo do Campo Experimental de Geotecnia e Fundações da Universidade Federal do Ceará (CEGEF – UFC), com o objetivo de subsidiar trabalhos geotécnicos futuros. A metodologia de trabalho consiste, inicialmente, na extração de amostras deformadas e indeformadas em diferentes profundidades no subsolo. A partir daí, são executados os seguintes ensaios de caracterização física: umidade natural, granulometria por peneiramento e por sedimentação, densidade real, limite de liquidez (wL), limite de plasticidade (wP) e compactação, na energia do Proctor Normal. Ademais, são realizados ensaios geotécnicos especiais, como o triaxial adensado e drenado (CD), o de adensamento e o de cisalhamento direto, bem como sondagens à percussão (SPT). Para uma melhor caracterização das camadas do subsolo em estudo, assim como de suas propriedades, o Georadar (GPR) também é utilizado como mecanismo de execução de um ensaio não destrutivo. A partir desses resultados, tem-se que o subsolo analisado apresenta granulometria aberta, ou seja, mal graduada, não plástico, sendo classificado como um solo granular do tipo areia-siltosa, do grupo SM, segundo o Sistema Único de Classificação de Solos (SUCS). Os ensaios Oedométricos possibilitaram observar aumento da rigidez do solo com a profundidade, até a profundidade ensaiada com esse ensaio que foi de 2 m.As determinações do ângulo de atrito efetivo (’) do solo a partir dos ensaios triaxial e cisalhamento direto foram convergentes, com variações máximas de 2º. Já o intercepto coesivo, apesar de baixo, variou em até cerca de 40 kPa.

Keywords


Caracterização Geotécnica, Ensaio de Laboratório, Ensaio de Campo.

References


Bezerra de Menezes, P. H. L. Avaliação de métodos de previsão de recalque a partir da transferência de carga de estacas escavadas em perfil de solo granular. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.

DNER-ME 093/94: solos: determinação da densidade real. Rio de Janeiro, 1994.

Pinto, C.S. (2006) Curso básico de Mecânica dos Solos. 3. ed. Oficina de Textos, São Paulo, 354 p.

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), (2016) NBR 6457: Amostras de solo — Preparação para ensaios de compactação e ensaios de caracterização. Rio de Janeiro.

______, (1984) NBR 6459: Solo – Determinação do limite de liquidez. Rio de Janeiro, 6p.

______, (2001) NBR 6484: Execução de Sondagens de Simples Reconhecimento de Solos – Método de Ensaio. Rio de Janeiro, 17 p.

______, (1984) NBR 7180: Solo – Determinação do limite de plasticidade. Rio de Janeiro, 3p.

______, (2016) NBR 7181: Solo – Análise granulométrica. Rio de Janeiro, 9p.

______, (2016) NBR 7182: Solo – Ensaio de compactação. Rio de Janeiro, 10 p.

______, (1990) NBR 12007: Solo – Ensaio de adesamento unidimensional – Método de ensaio. Rio de Janeiro.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-028

Refbacks

  • There are currently no refbacks.