Cuidados de enfermagem ao paciente acometido com tuberculose através da CIPE® baseando-Se na Teoria das Necessidades Humanas Básicas: Relato de Caso / Nursing care for patients with tuberculosis through CIPE® based on the Theory of Basic Human Needs: Case Report

Jhenife Kelly de Souza Batista, Elisson Gonçalves da Silva, Gezebel Vasconcelos da Costa, Raylesson Oliveira da Silva, Rodrigo Silva Marcelino, Fernanda Freitas dos Santos, Maxwell Arouca da Silva, Brenner Kássio Ferreira de Oliveira

Abstract


Objetivo: Relatar a vivência de acadêmicos de enfermagem na construção de diagnósticos e intervenções de enfermagem para o paciente acometido com tuberculose através da CIPE®, baseando-se na Teoria das Necessidades Humanas Básicas. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, de abordagem qualitativa, do tipo relato de caso, vivenciado por acadêmicos e docentes de enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), na assistência de enfermagem a um paciente com Tuberculose, baseando-se na ferramenta CIPE. Resultados: Norteada pela teoria de Wanda Horta, verificou-se através da teoria de João Mohana, as necessidades fisiológicas e de relacionamento familiar do paciente. Neste contexto, elencaram-se os seguintes diagnósticos de enfermagem com uso da CIPE: Movimentação prejudicada, Trocas gasosas comprometidas, Risco de infecção moderada no MSD, interação social prejudicada e resiliência prejudicada, no qual, as intervenções foram: procedimentos de aspiração, mudança de decúbito a cada 2 horas com padronização de um relógio interativo. O processo de interação prejudicada foi evidenciado pelo isolamento do paciente e ausência de acompanhantes e visitas em âmbito hospitalar, o deixando com baixa autoestima. Conclusão: A terminologia CIPE contribuiu de forma efetiva na construção de diagnósticos e intervenções na assistência a um paciente com tuberculose, evidenciando a real necessidade da pratica no ambiente hospitalar.

 


Keywords


Tuberculose, Enfermagem, CIPE.

References


ALCÂNTARA MR, et al. Teorias de enfermagem: a importância para a implementação da sistematização da assistência de enfermagem. Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, 2011; 2(2):115-132.

ALVES AR, et al. Aplicação do Processo de Enfermagem: estudo de caso com uma puérpera. Revista brasileira de enfermagem - REBEN, 2007; 60(3):344-7.

BENEDET SA, et al. Processo de enfermagem: instrumento da sistematização da assistência de enfermagem na percepção dos enfermeiros. Revista de pesquisa: cuidado é fundamental online, 2016; 8.3: 4780-4788.

BERTOLOZZI MR, TAKAHASHI RF, HINO P, et al. O controle da tuberculose: um desafio para a saúde pública. Revista Med (São Paulo), 2014; 93(2):83-9.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico: Brasil Livre da Tuberculose: evolução dos cenários epidemiológicos e operacionais da doença. v. 50, n. 09. – 2019.

CHAVES EC, et al. Aspectos epidemiológicos, clínicos e evolutivos da tuberculose em idosos de um hospital universitário em Belém, Pará. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 2017; 20(1): 47-58.

DEPARTAMENTO DE INFORMATICA DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DO BRASIL acessado em 20 de unho de 2019.

FREITAS JS, et al. Qualidade dos cuidados de enfermagem e satisfação do paciente atendido em um hospital de ensino. Revista Latino-Am. Enfermagem, 2014; 22(3):454-60.

GARCIA TR, NÓBREGA MM. A terminologia CIPE® e a participação do Centro CIPE® brasileiro em seu desenvolvimento e disseminação. Revista Brasileira de Enfermagem, 2013; 66:142-50.

GUYTON, A. C.; HALL, J. E. Tratado de Fisiologia Médica. 10. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

GUIMARÃES TMR, AMORIM CT, BARBOSA EFF, et al. Cuidados de Enfermagem a um Paciente Portador de Tuberculose Pulmonar e Comorbidades: Relato de Caso. Rev Fund Care Online. 2018; 10(3):683-689.

HEUFEMANN N, et al. Avaliação do programa de controle da tuberculose em Cenário Amazônico: desafios em Coari. Acta Amaz, 2013; 33 – 42.

IMSANGUAN W, BUPACHAT S, WANCHAITHANAWONG V, et al. Contact tracing for tuberculosis, Thailand. Bull World Health Organ 2020; 98:212–218.

MARINHO CL, et al. Necessidades humanas básicas de pessoas em hemodiálise sob à luz da teoria de Wanda Horta. Cienc Cuid Saude, 2020; 19:47832.

MEIRELES VC, et al. Avaliação da qualidade do cuidado relacionado ao acesso venoso periférico. Anais Eletrônico, VIIII–Encontro Internacional de Produção Científica. Maringá: Cesumar, 2011.

NANDA INTERNACIONAL. Diagnosticos de enfermagem da NANDA.

NETTINA, SM. Prática de Enfermagem. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan,2003.

NOGUEIRA AF, et al. Tuberculose: uma abordagem geral dos principais aspectos. Revista Brasileira de Farmácia, 93(1): 3-9, 2012.

OLIVEIRA ASS; PARREIRA, PMSD. Intervenções de enfermagem e flebites decorrentes de cateteres venosos periféricos. Revisão sistemática da literatura. Revista de Enfermagem Referência, n. 2, p. 137-147, 2010.

PEDREIRO P. Perfil epidemiológico da Tuberculose em Fernandópolis, SP. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Brasil, São Paulo, 2018; 51 p.

POTTER AP, PERRY AG et al. Fundamentos de enfermagem. 8° ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

RIGOTTI MA.; FERREIRA, AM. Intervenções de enfermagem ao paciente com dor. Arq ciênc saúde, v. 12, n. 1, p. 50-4, 2005.

ROCHA RG, et al. Percepção de acadêmicos de enfermagem sobre a experiência das práticas de educação em saúde. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro. 2017;7:e1603.

ROSSONI R, et al. Protocolo de enfermagem para o paciente com tuberculose. Revista de enfermagem UFPE, 2016; (10): 464-74.

SENA CA, et al. Construção e validação de impressos: sistematização do cuidado de pessoas em hemodiálise. Revista Brasileira de Enfermagem-REBEn 2018;71(2):379-90.

SILVA MEN, LIMA DS, et al. Aspectos gerais da tuberculose: uma atualização sobre o agente etiológico e o tratamento. Revista Brasileira de Análises Clínicas, 2018; 10.21877/2448-3877.

SILVA MR, et al. Cuidados de enfermagem ao paciente com tuberculose pulmonar. Revista Contexto Saúde, 2011; 859-864.

SOUZA AC, et al. Cenário epidemiológico da tuberculose no município de Sobral (CE) entre os anos de 2013 e 2017. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 2019. 2178-2091.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-049

Refbacks

  • There are currently no refbacks.