Smartphone como ferramenta eficaz para o ensino de língua estrangeira / Smartphone as an effective tool for foreign language teaching

Luciana Rocha Cavalcante, Girlene Miranda Baima, Luiz Máximo Lima Costa, Viviane Lima Coimbra

Abstract


Trata da utilização do smartphone como ferramenta eficaz para o ensino de língua estrangeira. Surgiu da necessidade dos professores de línguas ensinarem as quatro habilidades linguísticas - ler, escrever, falar e ouvir – através de um recurso bem acessível a alunos e a professores. Objetiva pontuar as funcionalidades já existentes nos smartphones e ainda sugerir aplicativos e sites que podem ser extremamente relevantes para uma aprendizagem significativa de outro idioma. Trata-se de uma pesquisa aplicada, no que se refere à finalidade, e documental e bibliográfica, no que tange aos procedimentos. Conceitua smartphone e lista as inúmeras funções que a ele foram agregadas ao longo do tempo. Ressalta as dificuldades encontradas para a sua utilização em sala de aula, tanto por alunos, quanto por professores e as dificuldades no uso de tecnologias como um todo. Exibe os principais métodos e técnicas atualmente utilizados no ensino de língua estrangeira de escolas brasileiras, especialmente, das públicas. Define mobile learning. Apresenta uma série de funcionalidades dos smartphones. Propõe uma lista restrita de aplicativos que podem potencializar o ensino de outro idioma. Confirma a importância dos smartphones em tempos de pandemia. Diferencia ensino remoto e ensino à distância.


Keywords


Smartphones; Língua Estrangeira; Tecnologia; Aplicativos; Mobile-learning.

References


BATES, Tony. Educar na era digital (livro eletrônico): design, ensino e aprendizagem; Tradução: João Mattar. São Paulo: Artesanato Educacional, 2017.

BELIZÁRIO, Flávia Aparecida. Conexões entre professores e alunos: uma análise das interações sociais mediadas pela utilização dos smartphones em sala de aula. IX Jornadas de Sociología de la UNLP, 5 a 7 de dezembro de 2016, Enseada, Argentina. In Memória Acadêmica. Disponível em: http://www.memoria.fahce.unlp.edu.ar/trab_eventos/ev.9286/ev.9286.pdf. Acesso em 05 JUL 2020.

BRITISH COUNCIL. Políticas públicas para o ensino de inglês: um panorama das experiências na rede pública brasileira. São Paulo: British Council, 2019. Disponível em < https://www.britishcouncil.org.br/sites/default/files/bncc_portuguesbx.pdf> Acesso em 17 JUL 2020.

CARVALHO, Ana Amelia; MOURA, Adelina. Mobile learning: two experiments on teaching and learning with mobile phones, advanced learning, Raquel Hijn-Neira: 2009, ISBN: 978-953-307-010-0. In Tech. Disponível em: http://www.intechopen.com/books/advanced-learning/mobile-learning-two-experiments-on-teaching-and-learning-with-mobile-phones. Acesso em 12 SET 2020.

COSTA, Giselda dos Santos. Mobile learning: explorando potencialidades com o uso do celular no ensino-aprendizagem de língua estrangeira com alunos da escola pública. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, p. 182. 2013.

ESCLARÍN, Antonio Pérez. Formação pedagógica: A educação popular e sua pedagogia. Tradução Yvone F. Mantoanelli; Revisão: Iranildo B. Lopes. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

FERREIRA, Helenice Mirabelli Cassino. A mediação dos dispositivos móveis nos processos educacionais. Revista Teias, v. 13, n. 30, 209-226, 2012. Disponível em: < https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistateias/article/view/24279/17258>. Acesso em 15 jul 2020.

FIDALGO, Fernando; OLIVEIRA, Maria A.; FIDALGO, Nara L. R. (Orgs.). A intensificação do trabalho docente: tecnologias e produtividade (Trabalho docente, formação continuada e tecnologias). Campinas: Papirus, 2009.

FREIRE, Paulo. Conscientização: teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Moraes, 1980.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GÓMEZ, Ángel I. Educação na era digital: A escola educativa. Tradução Marisa Guedes; Revisão técnica: Bartira Costa Neves. Porto Alegre: Penso, 2015.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. Tradução: Silvana Cobucci Leite. 9ed. São Paulo: Cortez, 2011. - (Coleção questões da nossa época, v.14).

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua: Acesso à internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal 2017. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101631_informativo.pdf . Acesso em 08 de jul de 2020.

KHATCHADOURIAN, Luana de França Perondi. O uso do smartphone em uma sala de aula de língua estrangeira em escola pública na ótica da teoria ator-rede. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Universidade Estadual de Campinas. Campinas, p.197. 2019.

LIMA, Mércia Rejane Lopes de. A relação afetiva entre professor e aluno: a concepção de professores antes e durante a pandemia de covid 19. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) – Universidade Federal da Paraíba. Lucena, p. 88. 2020

POSSA, André Dala et al. TRANSLITERACIA NA PALMA DA MÃO: o smartphone na educação do século XXI. Universidade de São Paulo. Escola de Comunicação e Artes. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Computação. 2015. Disponível em: https://docplayer.com.br/14086124-Transliteracia-na-palma-da-mao-o-smartphone-na-educacao-do-seculo-xxi.html Acesso em 08 jul 2020.

SALES, Shirlei Rezende. Orkut.com.escol@: currículos e ciborguização juvenil. [Tese]. Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais. 2010. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/FAEC-8M4H42/1/orkut.com.escol__curr_culos_e_ciborguiza__o_juvenil.pdf. Acesso em: 11 ago. 2020.

SOUZA, André Luiz Alvarenga de. Tecnologia Educacional, Aquisição do Inglês como Segunda Língua e os Recursos Tecnológicos Digitais On-line. In: V Colóquio Luso-Brasileiro de Educação, 5, 2019, Joinville: Universidade do Estado de Santa Catarina, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-021

Refbacks

  • There are currently no refbacks.