Levantamento de manifestações patológicas em uma Estação de Tratamento de Esgoto na RMR: elaboração de mapa de danos / Survey of pathological manifestations at a Sewage Treatment Plant in the RMR: elaboration of a damage map

Diogo Botelho Correa de Oliveira, Laís Fernanda de Oliveira, Willames de Albuquerque Soares, Eliana Cristina Barreto Monteiro

Abstract


O saneamento básico é um serviço essencial que garante qualidade de vida à população, visto sua influência direta no meio ambiente, na saúde e indicadores socioeconômicos. No Brasil, há um déficit de atendimento referente aos serviços de coleta e tratamento de esgotos, bem como precariedade dos sistemas existentes. Os componentes dos sistemas de esgotamento sanitário, em especial as estruturas de concreto armado, estão expostos a ambientes agressivos, o que contribui para a formação de manifestações patológicas. As manifestações patológicas diminuem a durabilidade dessas estruturas e podem gerar danos ao meio ambiente, principalmente em casos de infiltração e necessidade de paralização do sistema para realização de reparos. Visando prevenir a ocorrência dessas anomalias, esse projeto levantou os danos encontrados em uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) por meio de registros fotográficos e compilou informações como manifestações observadas, suas possíveis causas e prognóstico em uma Ficha de Identificação de Danos (FID), elaborada especificamente para a ETE estudada. A partir das informações da FID, foi feita a representação gráfica por meio de um Mapa de Danos. Como resultado, os documentos desenvolvidos permitiram a constatação e registro formal dos problemas patológicos, indicando as manchas causadas por agentes externos e eflorescências como as manifestações mais recorrentes, sendo registradas também fissuras, manchas por infiltração, oxidação, corrosão, ataque por sulfatos e bolor. Concluiu-se a FID e o mapa de danos foram ferramentas importantes para registro histórico da estrutura, possibilitando um melhor acompanhamento e direcionamento para realização de planos de manutenção e correção.

 


Keywords


Manifestações patológicas, Saneamento, Mapa de danos.

References


BRASIL. Lei nº 14.026, de 15 de julho de 2020. Atualiza o marco legal do saneamento básico e altera a Lei nº 9.984. Brasília, DF: Presidência da República, [2020]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Lei/L14026.htm. Acesso em: 18 ago. 2020.

CAMPANER, S.K; CARVALHO, M.J.H; LOBO, A.V.L. Deterioração, durabilidade e intervenção em estruturas de concreto de obras de saneamento. Revista Concreto & Construções Ibracon, São Paulo, v. 47, p. 67-70, 2007.

CARDOSO, C.B.S.; OLIVEIRA, C.M.C. Transição da estrutura etária e desafios para o desenvolvimento humano em Pernambuco: uma análise do índice de vulnerabilidade social da Região Metropolitana do Recife. Revista Ciência&Trópico, v. 43, n. 1, p. 59-71, 2019. DOI: 10.33148/CeTropico-v.43,n.1(2019)_1825.

CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução nº 430, de 13 de maio de 2011. Dispõe sobre as condições e padrões de lançamento de efluentes, complementa e altera a resolução nº 357, de 17 de março de 2005, do CONAMA. Disponível em: http://www.mpf.mp.br/atuacao-tematica/ccr4/dados-da-atuacao/projetos/qualidade-da-agua/legislacao/resolucoes/resolucao-conama-no-430-de-13-de-maio-de-2011/view. Acesso em: 06 set. 2020.

CPRH – Agência Estadual do Meio Ambiente. Norma Técnica N.2001, de 21 de fevereiro de 2000. Controle de Carga Orgânica em Efluentes Líquidos Industriais. Pernambuco: CPRH, 2000a. Disponível em: http://www.cprh.pe.gov.br/licenciamento/normas_tecnicas/39931%3B63932%3B1529%3B0%3B0.asp. Acesso em: 08 set. 2020.

______. Norma Técnica N. 2002, de 21 de fevereiro de 2000. Controle de carga orgânica não industrial. Pernambuco: CPRH, 2000b. Disponível em: http://www.cprh.pe.gov.br/licenciamento/normas_tecnicas/39931%3B63932%3B1529%3B0%3B0.asp. Acesso em: 08 set. 2020.

DIAS, A.P.; ROSSO, T.C.A. Análise dos Elementos Atípicos do Sistema de Esgoto – Separador Absoluto – Na cidade do Rio de Janeiro. Revista Engevista, v. 13, n. 3, p. 177-192, 2011.

FAO - Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. FAO: Aumento da contaminação do solo ameaça segurança alimentar. FAO, Brasil, 2018. (Seção Desenvolvimento Sustentável). Disponível em: https://nacoesunidas.org/fao-aumento-da-contaminacao-do-solo-ameaca-seguranca-alimentar/. Acesso em: 30 ago. 2020.

HOLANDA, M. A. C. R.; SOARES, W. A. Estudo da transferência de calor em solos do nordeste brasileiro. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 7, p. 49095-49104, 2020.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2017: abastecimento de água e esgotamento sanitário. Rio de Janeiro: IBGE, 2020a. ISBN 978-65-87201-11-5.

______. IBGE Cidades – Panorama do Município de Ipojuca. Rio de Janeiro: IBGE, 2020b. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/ipojuca/panorama. Acesso: 30 set. 2020.

ITB – Instituto Trata Brasil; CEBDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável. Benefícios Econômicos da expansão do saneamento brasileiro: qualidade de vida, produtividade, educação e valorização ambiental. ITB; CEBDS: Brasil, 2014.

JORGE, C.E.L. Saneamento: novo Marco Legal e a pandemia COVID-19. Revista Concreto & Construções do Ibracon, São Paulo, v. 98, 2020. Disponível em: http://ibracon.org.br/Site_revista/Concreto_Construcoes/pdfs/edicao98/entidades98.pdf. Acesso em: 30 ago. 2020.

LORDSLEEM JR., A.C.; FARO, H.B. Descolamento de revestimento de fachada: estudo de caso. Revista ALCONPAT, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 148-159, 2017. eISSN 2007-6835.

MACEDO, J. V. S.; SILVA, J. A. F.; BATISTA, P. I. B.; MONTEIRO, E. C. B.; MOURA JÚNIOR. J. M.; TEIXEIRA. I. A. R.; CAVALCANTI, L. R. Inspeção e Recuperação de Estrutura de Concreto em Edificação Escolar: Estudo de Caso. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 8, p. 55611-55624, 2020.

MACEDO, J. V. S.; BATISTA, P.; LOPES, P.; SOUZA, R.; MONTEIRO, E. Manifestações patológicas causadas pela umidade devido à falha ou ausência de impermeabilização: estudo de caso. CONPAR - Conferência Nacional de Patologia e Recuperação de Estruturas, Recife, 2017.

OLIVEIRA, D.B.C. Registros fotográficos ETE da RMR . Acervo pessoal, Recife, 2019.

OLIVEIRA, D. B. C.; BELO, P. O.; SOARES, W. A.; MONTEIRO, E. C. B. Caracterização de manifestações patológicas em estações elevatórias e de tratamento de esgotos. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, v. 11, n. 7, p. 271-283, 2020.

OLIVEIRA, D.B.C.; SOARES, W.A.; HOLANDA, M.A.C.R. Effects of rainwater intrusion on an activated sludge sewer treatment system. Revista Ambiente & Água, v. 15, n. 3, Taubaté, 2020.

OLIVEIRA, D.B.C.; SOARES, W.A.; HOLANDA, M.A.C.R. Análise de Desempenho de Modelos de Infiltração Unidimensional de Água do Solo. Revista Águas Subterrâneas, v. 32, n. 1, p. 35-42, 2018.

PDUI – Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado. A Região Metropolitana do Recife. Disponível em: https://www.pdui-rmr.pe.gov.br/RMR. Acesso em: 01 out. 2020.

RIOS, M.B.C. Estudo de Aspectos e Impactos Ambientais nas Obras de Construção do Bairro Ilha Pura – Vila dos Atletas 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.

ROCHA, E.A.; MACEDO, J.V.S.; CORREIA, P.; MONTEIRO, E.C.B. Adaptação de mapa de danos para edifícios históricos com problemas patológicos: Estudo de Caso da Igreja do Carmo em Olinda PE. Revista ALCONPAT, v. 8, n. 1, p. 51-63, 2018. eISSN 2007-6835.

SENADO FEDERAL. Lei Complementar nº 14, de 08 de junho de 1973. Estabelece as regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador, Curitiba, Belém e Fortaleza. Brasília: Senado Federal, 1973. Disponível em: https://legis.senado.leg.br/norma/540719/publicacao/15781420. Acesso em: 20 set. 2020.

SILVA, F., SCALIZE, P.S., CRUVINEL, K.A.S, ALBUQUERQUE, A. Caracterização de solos residuais para infiltração de efluente de estação de tratamento de esgoto. Revista Engenharia Sanitária Ambiental, v. 22, n. 1, p. 95-102, 2017.

TINOCO, J.E.L. Mapa de Danos – Recomendações Básicas. CECI - Textos para discussão – Série 2: Gestão do restauro. Olinda, Pernambuco, 2009, v. 43, 23p. ISSN: 1980-8267.

TSUTYA, M.T.; SOBRINHO, P.A. Coleta e Transporte de esgoto sanitário. 3ª ed. São Paulo: Editora ABES, 2011.

WANDERLEY, L. S. A.; NÓBREGA, R. S.; MOREIRA, R. S.; ANJOS, R. S.; ALMEIDA, C. A. P. As chuvas na cidade do Recife: uma climatologia de extremos. Revista Brasileira de Climatologia, v. 22, 2018. ISSN: 2237-8642.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-738

Refbacks

  • There are currently no refbacks.