Dependência alcoolica e a atividade policial militar / Alcohol dependency and military police activity

Layanny Sylchen Oliveira Fonseca, Sheyla Pereira da Silva, Lorranny Oliveira Fonseca, Lorena Tassara Quirino Vieira, Tainara Sardeiro de Santana, Marina Elias Rocha, Maria Alves Barbosa, Waldemar Naves do Amaral

Abstract


Foi em 1849 que surgiu o termo alcoolismo e uma de suas primeiras definições, com Magnus Huss, que o definiu como “o conjunto de manifestações patológicas do sistema nervoso, nas esferas psíquica, sensitiva e motora”, observadas nos sujeitos que consumiam bebidas alcoólicas de forma contínua e excessiva, durante longo tempo. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, desenvolvida a partir da análise de bases de dados nacionais e internacionais, que visa conhecer sobre o índice de alcoolismo nas unidades de polícia militar. A estratégia de busca foi:  O levantamento das publicações nas bases de dados ocorreu no mês de Janeiro de 2020. Através da revisão de literatura foi possível identificar que os poliais militares  possuem uma prevalência em relação ao alcool e outras drogas licitas alem dos transtornos relacionados ao seu uso, pois estão diretamente expostos a diversos tipos de substâncias,  alem de exercer funções que exigem muito do psicológico dos policiais,podendo desenvolver vícios e transtorno psiquicos.


Keywords


Segurança pública. Alcoolismo. Saúde mental. Drogas lícitas.

References


SILVA, M. B., VIEIRA, S. B., O Processo de Trabalho do Militar Estadual e a

Saúde Mental. Saúde Soc. São Paulo, v.17, n.4, p.161-170, 2008.

GISCHEWSKI, V. R., O ABUSO DO ÁLCOOL ENTRE POLICIAIS MILITARES: UM ESTUDO EM SAÚDE MENTAL E TRABALHO. Revista de Psicologia: Saúde Mental e Segurança Pública, Belo Horizonte, 4, 59-64, jan./dez. 2007.

DI NÁPOLI, P. V. A., CHAIBUB, B. A., POLÍCIAS MILITARES X DROGAS PSICOTRÓPICAS: UM ESTUDO SOBRE O USO DE DROGAS POR POLICIAIS MILITARES.

LOUREIRO, R. J., Programa de reabilitação para profissionais de segurança

pública usuários de álcool. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 35, fl. 90, p. 454-461, julJset. 2011.

FERREIRA, D. K. S., BONFIM, C., AUGUSTO, L. G. A., Fatores associados ao estilo de vida de policiais militares. Ciência & Saúde Coletiva, 16(8):3403-3412, 2011.

CASTRO, L. A., BALTIERI, D. A., Tratamento farmacológico da dependência do álcool. Rev Bras Psiquiatria 2004;26(Supl):43-46.

FERREIRA, L. F., ALENCAR, A., GALVAO, M., COSTA, G. O.,ARAUJO, M. M. L., MACIEL, R. K. M., ALCOOLISMO NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO AMAZONAS.

SOUZA, R. A., O USO ABUSIVO DE BEBIDAS ALCOOLICAS:UM ESTUDO REALIZADO COM POLICIAIS MILITARES NO 2º BATALHÃO DE POLICIA MILITAR DE CAMPINA GRANDE/PB.

SOUZA, E. R., SCHENKER, M., CONSTANTINO, P., CORRERIA, B. S. C.,

Consumo de substâncias lícitas e ilícitas por policiais da cidade do Rio de Janeiro. Ciência & Saúde Coletiva, 18(3):667-676, 2013.

REIS, G. A., GOIS, H. R., ALVES, M. S., PARTATA, A. K., ALCOOLISMO E SEU TRATAMENTO. Revista Científica do ITPAC, Araguaína, v.7, n.2, Pub.4, Abril 2014.

FERREIRA, C. A., Análise pericial do padrão de consumo de álcool em policiais e seus fatores de risco. Revista Especialize On-line IPOG - Goiânia - 5ª Edição nº 005 Vol.01/2013




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-027

Refbacks

  • There are currently no refbacks.