Tipos de fibras musculares, identificação, características e qualidade da carne / Types of muscle fibers, identification, characteristics and quality of meat

Valéria Pinheiro Braccini, Deisi Dariane Rodrigues Arbello, Maximiliano Segundo Escalona Jiménez, Magnólia Martins Erhardt, Luis fernando vilani de Pellegrin, Neila S.P. S. Richards

Abstract


A musculatura esquelética é constituída por fibras musculares que possuem características fisiológicas e bioquímicas distintas. As fibras são o principal componente do músculo gerado a partir de estruturas derivadas do mesoderma. O número de células e o desenvolvimento de fibras musculares esqueléticas estão relacionados à produção de animais.  Basicamente elas podem ser classificadas em fibra do Tipo I e fibras do Tipo II. As fibras Tipo I e IIb, também conhecidas como oxidativa lenta e glicolítica rápida, respectivamente, representam dois perfis metabólicos extremos. As fibras do Tipo IIa e IIx são fibras oxidativas-glicolíticas rápidas intermediárias. O objetivo da pesquisa é realizar uma revisão bibliográfica sobre os tipos de fibras musculares, identificação e características para melhor entender a sua relação com a qualidade da carne. As fibras musculares podem ser incluídas na seleção genética para características de crescimento e produção devido à alta variabilidade genética e herdabilidade. Os consumidores estão cada vez mais exigentes em relação à qualidade da carne, principalmente no diz respeito a atributos sensoriais. A qualidade da carne é determinada pela marmorização, cor, textura e gordura, e esses atributos de qualidade são influenciados por características do músculo esquelético, e estão diretamente relacionadas às propriedades das fibras musculares.

 


Keywords


Fibras, Carne, Qualidade.

References


ALVES, D. D., DE TONISSI, R. H., DE GOES, B., & MANCIO, A. B. (2005). Maciez da carne bovina. Ciência animal brasileira, 6(3), 135-149.

ABRAHÃN, J. J. S.; PRADO, I. N.; PEROTTO, D. ; MOLETTA, J. L. Características de Carcaças e da Carne de Tourinhos Submetidos a Dietas com Diferentes. R. Bras. Zootec., v.34, n.5, p.1640-1650, 2005

ARRIGONE, M. B.; JUNIOR, A. A.; DIAS, P. M. A.; MARTINS, C. L.; CERVIERI, F. C.; SILVEIRA, A. C.; OLIVEIRA, H. N.; CHARDULO, L. A. Desempenho, fibras musculares e carne de bovinos jovens de três grupos genéticos. Pesq. agropec. bras., Brasília, v.39, n.10, p.1033-1039, out. 2004.

BOLFE, F. C. Efeitos na maturação da carne (Semitendinosus m.) de novilhos Nelore e mestiços Angus Vs Nelore. (Dissertação) Mestrado em Ciência Animal, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2013, 47 p.

CHANG, K. C., DA COSTA, N., BLANCHLEY, R., SOUTHWOOD, O., EVANS, G., PLASTOW, G.

CHOI, Y. M.; RYU, Y. C.; KIM, B.C. EFFECT OF MYOSIN HEAVY CHAIN ISOFORMS ON MUSCLE FIBER CHARACTERISTICS AND MEAT QUALITY IN PORCINE LONGISSIMUS MUSCLE. Journal of Muscle Foods 17 , 413–427, 2006.

COSTA, E. C.; RESTLE, J.; BRONDANI, I. L.; PEROTTONI, J.; FATURI, C.; MENEZES, L. F. Composição Física da Carcaça, Qualidade da Carne e Conteúdo de Colesterol no Músculo Longissimus dorsi de Novilhos Red Angus Superprecoces, Terminados em Confinamento e Abatidos com Diferentes Pesos. R. Bras. Zootec., v.31, n.1, p.417-428, 2002.

FAPRI. (2015). Food and Agricultural Policy Research Institute. In: Database, W. A. O. (ed.) Food and Agricultural Policy ResearchInstitute. Iowa State University and University of Missouri-Columbia Ames, IA, USA.

FERNANDES, J. M. P. F; PINTO, M. F.; PONSANO, E. H. G.; ALMEIDA, A. P. S.; ABREU, U. G. P.; LARA, J. A. F. Encurtamento pelo frio de fibras musculares oxidativas de bovinos pela técnica de NADH-TR. Ciência Rural, Santa Maria, v.36, n.6, p.1878-1882, nov-dez., 2006.

FIEDLER, I., G. DIETL, K.; REHFELDT, C. Myogenesisand postnatal skeletal muscle cell growth as influenced by selec-tion. Live. Pro. Sci. 66:177–188, 2000.

FREITAS, A M. Seleção de características para identificação de diferentes proporções dos tipos de fibras musculares por meio da eletromiografia de superfície (Dissertação), Mestrado Programa de Pós Graduação em Biomedicina, Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia, 2015.

GAN, M.; SHEN, L.; LIU, L.; GUO, Z.; WANG, S.; CHEN, L.; ZHENG, T.; FAN, Y; JIANG, D.; LI, X.; ZHANG, S.; ZHU, L. miR -222 is involved in the regulation of genistein on skeletal muscle fiber type. The Journal of Nutritional Biochemistry. 2019 Published by Elsevier.

JOO, S. T.; KIM, G. D.; HWANG, Y. H.; RYU, Y. C. Control of fresh meat quality through manipulation of muscle fiber characteristics. Meat Science 95 (2013) 828–836 p.

KIM, G. D.; JEONG, J. Y.; JUNG, E. Y.; YANG, H. S.; LIM, H. T.; JOO, S. T. The influence of fiber size distribution of type IIB on carcass traits and meat quality in pigs. Meat Science 94, 267–273, 2013.

KIM, J. M.; LIM, K. S.; KO, K. B.; RYU, Y. C. Estimation of pork quality in live pigs using biopsied muscle fibre number composition. Meat Science 137 , 130–133, 2018

LEE, S. H., JOO, S. T.; RYU, Y. C. Skeletal muscle fiber type and myofibrillar proteins in relation to meat quality. Meat Science, 86, 166–170, 2010.

LIM, K. S.; LEE, S. H. LEE, A. E.; KIM, J, M.; HONG, K. C. Effects of intergenic single nucleotide polymorphisms in the fast myosin heavy chain cluster on muscle fiber characteristics and meat quality in Berkshire pigs. Meat Science 110, 224–229, 2015.

LIU, H. H.; MAO, H. G.; DONG, X. Y.; CAO, H. Y.; LIU, K.; YIN, Z. Z. Expression ofMSTNgene and its correlation with pectoralis muscle fibertraits in the domestic pigeons (Columba livia). 2019 Poultry Science Association Inc.

MADEIRA, L. A. Morfologia das fibras musculares esqueléticas de frangos de corte criados no sistema confinado e semi-confinado. Dissertação (Mestrado em Zootecnia). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. Botucatu, São Paulo, 2005. 64 p.

MAGGIONI, D.; PRADO, I. N.; ZAWADSKI, F.; VALEIRO, M. V.; BRIDI, A. M.; MOLETTA, J. L.; ABRAHÃO, J. J. S. Grupos genéticos e graus de acabamento sobrequalidade da carne de bovinos. Ciências Agrárias, Londrina, v. 33, n. 1, p. 391-402, jan./mar. 2012.

MALTIN, C. A., SINCLAIR, H. L., WARRISS, P. D., GRANT. M., PORTER, A. D., DELDAY, M. I. The effects of age at slaughter, genotype and finishing system on the biochemical properties, muscle fibre type characteristics and eating quality of bull beef from suckled calves. Animal Science, 66, 341–348, 1998.

OSAWA, S.; MITSUMOTO, M.; MITSUMOTO, S.; ITOH, N.; ITAGAKI, K.; KOHNO, Y.; DOHGO, T. The characteristics of muscle fiber types of longissimus thoracis muscle and their influences on the quantity and quality of meat from Japanese Black steers. Meat Science 54 (2000) 65±70.

PAZ, C.C.P. de; LUCHIARI FILHO, A. Melhoramento genético e diferenças de raças com relação à qualidade da carne bovina. Pecuária de Corte, n. 101, p. 58-63, 2000.

POSO, A. R.; PUOLANNE, E. Carbohydrate metabolism in meat animals. Meat Science, 70, 423–434, 2005.

PREMIX. Veja Quem São Os Maiores produtores de Carne do Mundo. Disponível em:< https://www.premix.com.br/blog/veja-quem-sao-os-maiores-produtores-de-carne-no-mundo/>. Acesso em: 11 de Mai. 2020.

Relaionships of myosin heavy chain fibre types to meat quality traits in traditional and modern pigs. Meat Science, 64, 93–103, 2003.

RYU, Y. C., RHEE, M. S.; KIM, B. C. Estimation of correlation coefficients between histological parameters and carcass traits of pig longissimus dorsi muscle. Asian-Australasian Journal of Animal Sciences, 17, 428–433, 2004.

RYU, Y. C.; KIM, B. C. The relationship between muscle fiber characteristics, postmortem metabolic rate, and meat quality of pig longissimus dorsi muscle. Meat Science, 71, 351–357, 2005.

SANTOS, A. L.; SAKOMURA, N. K. FREITAS, E. R.; FORTES, C. M.; CARRILHO. E N.; FERNANDES, J. B. Estudo do Crescimento, Desempenho, Rendimento de Carcaça e Qualidade de Carne de Três Linhagens de Frango de Corte. Revista Brasileira de Zootecnia, v.34, n. 5, p. 1598-1598, 2005.

SCHIAFFINO, S.; REGGIANI, C. Molecular diversity of myofibrillar proteins: Gene regulation and functional significance. Physiological Reviews, 76, 371–423, 1996.

SILVEIRA, A.C. Novilho superprecoce: técnicas de nutrição e manejo. In: SIMPÓSIO GOIANO SOBRE MANEJO E NUTRIÇÃO DE BOVINOS DE CORTE E LEITE, 5., 2003, Goiânia. Anais. Goiânia: Colégio Brasileiro de Nutrição Animal, 2003. p.153- 166.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-025

Refbacks

  • There are currently no refbacks.