Qualidade fisiológica de sementes de soja (Glycine max) submetidas a diferentes inseticidas em tratamento de sementes e períodos de armazenamento / Physiological quality of soybean seeds (Glycine max) submitted to different insecticides in seed treatment and storage periods

Gabriel Perez Ciscon, Nair Mieko Takaki Bellettini, Silvestre Bellettini Bellettini, João Henrique Sobjeiro Andrzejewski, Mathias Aparecido Alves, Luís Gustavo Perez de Oliveira

Abstract


Avaliou – se na Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Luiz Meneghel, Bandeirantes – PR, inseticidas em tratamento de sementes nos cultivares de soja, Monsoy 6410 IPRO e Monsoy 5917 IPRO em diferentes tempos de armazenamento. Foram utilizados 6 tratamentos com 4 repetições sendo: piraclostrobina + tiofanato metílico + fipronil (Standak Top 200 mL); ciantraniliprole (Fortenza 600 FS 200 mL); clorantraniliprole (Dermacor 100 mL); imidacloprido + tiodicarbe (Cropstar 700 mL); tiametoxam (Cruiser 350 FS 300 mL / 100 Kg de sementes) e testemunha (sem tratamento de semente) .Utilizou - se bandejas com 36 células por repetição nos tempos 0, 20, 40, 60, 80 e 100 dias de armazenamento, para avaliar plantas emergidas aos 8 dias após cada  instalação e papel umedecido em água deionizada contendo 50 sementes de cada cultivar por repetição para o teste de germinação e teste de envelhecimento acelerado.  Concluiu – se que: a) No teste de germinação, a porcentagem de plântulas normais obtidas por ocasião da primeira contagem na cultivar Monsoy 6410 IPRO diferiu estatisticamente em relação à cultivar Monsoy 5917 IPRO. b) A porcentagem de sementes infectadas por fungos após serem submetidas ao envelhecimento acelerado, foi maior na cultivar Monsoy 5917 IPRO, diferindo estatisticamente da cultivar Monsoy 6410 IPRO. c) Os diferentes tratamentos de sementes com inseticidas, diminuíram a porcentagem de plantas emergidas ao longo do tempo de armazenamento em condições ambientais não controladas. d) O teor de água das sementes submetidas aos tratamentos com diferentes inseticidas oscilaram ao longo do tempo de armazenamento em condições ambientais não controladas.

 

 


Keywords


Germinação, emergência, deterioração.

References


BRASIL, Ministério da Agricultura e da Reforma Agrária. Regras para análise de sementes. Brasília: SNDA/DNDV/CLAV, 1992. 365 p.

BRASIL. Ministério da Agricultura. Regras para análise de sementes. Brasília: MAPA/ ACS, 2009. 399 p.

CANTERI, M.G.; ALTHAUS, R.A.; VIRGENS FILHO, J.S.; GIGLIOTI, E.A.; GODOY, C.V. SASM-Agri: Sistema para análise e separação de médias em experimentos agrícolas pelos métodos Scoft-Knott, Tukey e Duncan. Revista Brasileira de Agrocomputação, v.1, n.2, p.18-24, 2001.

CARVALHO, N.M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal: FUNEP, 2012. 590p.

FESSEL, S.A.; MENDONCA, E.A.F.; CARVALHO, R.V. Effect of chemical treatment on corn seeds conservation during storage. Revista Brasileira de Sementes, v.25, n.1, p.25-28, 2003.

GRABE, D. F. Measurement of seed moisture. In: STANWOOD, P. C.; McDONALD, M. B. Seed Moisture. Madison: CSSA, p.69-92, 1989.

HORII, P.M.; MCCUE, P.; SHETTY, K. Enhancement of seed vigour following insecticide and phenolic elicitor treatment. Bioresource Technology, v.98, n.3, p.623-632, 2007. Crossref.

INTERNATIONAL SEED TESTING ASSOCIATION. Germination. In: ISTA. International Rules for Seed Testing. Bassersdorf: ISTA, p.5.1- 5.5, 2004.

KRZYZANOWSKI, F.C.; FRANÇA NETO, J.B.; HENNING, A.A. Relato dos testes de vigor disponíveis para as grandes culturas. Informativo ABRATES, Londrina, v.1, n.2, p. 15-50, 1991.

LUDWIG, M.P.; LUCCA FILHO, O.A.; BAUDET, L.; DUTRA, L.M.C.; AVELAR, S.A.G.; CRIZEL, R.L. Qualidade de sementes de soja armazenadas após recobrimento com aminoácido, polímero, fungicida e inseticida. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v.33, n.3, p.395-406, 2011.

PEREIRA, C.E.; GUIMARÃES, R.M.; VIEIRA, A.R.; EVANGELISTA, J.R.E.; OLIVEIRA, G.E. Tratamento fungicida e peliculização de sementes de soja submetidas ao armazenamento. Ciência Agrotécnica, Lavras, v.35, n.1, p.158-164, 2011.

POLLOCK, B.M. Effect of environment after sowing on viability. In: ROBERTS, E.H. (Ed.) Viability of seeds. London, Chapman and Hall, p.150-171, 1974.

TAVARES, S.; CASTRO, P.R.C.; RIBEIRO, R.V.; ARAMAKI, P.H. Avaliação dos efeitos fisiológicos de thiametoxan no tratamento de sementes de soja. Revista de Agricultura, v.82, p.47-54, 2007.

TEKRONY, D.M. Accelerated aging test. In: HAMPTON, J.G.; TEKRONY, D.M. (Ed.) Handbook of vigour test methods. Zurich: International Seed Testing Association, 3.ed, p.35-50, 1995.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-001

Refbacks

  • There are currently no refbacks.