Memes e ciência: uma investigação hodierna / Memes and science: a current investigation

Isabella Tavares Sozza Moraes

Abstract


Este artigo objetiva analisar e estudar os memes sob suas perspectivas multimodais, utilizando conceitos das concepções biológicas; linguísticas; tecnológicas e gerais do tema. Há a pretensão de analisar os memes sob estas perspectivas, pautando-se principalmente sob a ótica de Charles Sanders Peirce e Richard Dawkins. Busca-se investigar e compreender os fenômenos provenientes da Internet e observar, pois, usos dos memes para auxílio em outras áreas, resultante das perspectivas mencionadas. O artigo demonstra questões pertinentes sobre os memes e a memética que é a ciência que compreende os memes com a visão científica, porém, hodiernamente pautando-se nos meios multissemióticos e virtuais.


Keywords


Dawkins, Internet, memes, memética, Peirce.

References


BRASIL. (2018). Base Nacional Comum Curricular: ensino Médio. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica. Disponível em: , acesso em: 10 dez. 2020.

DAVISON, P. The language of internet memes. In: Mandiberg, M (Org.). The social media reader. Nova Iorque: NYU Press, 2012.

DAWKINS, Richard. O gene egoísta. 1a ed. São Paulo: Edusp, 1972.

GREIMAS, Algirdas Julien. Semântica estrutural. 2º ed. Edusp, Editora Cultrix, 1972.

GREIMAS, Algirdas Julien. Quadrado semiótico. disponível em: acesso em 22 dez. 2020.

LOVELACE, Ada. Analytical engine. disponível em: acesso em 22 dez. 2020.

MENDES, Milena Pereira. SILVA, Cléber Silva e. PEREIRA, Simone de Fátima Pinheiro. LIMA, Lillian Natália Ferreira de. ALVES, Sady Salomão da Silva. ALVES, Sadi Brito. MELO, felipe Cristian Neves de., Ensino de ciências ambientais: desenvolvendo um recurso pedagógico a partir do tema gerador água. Curitiba: Brazilian journal of development. p.8. v.7, n.2, p. 12404-12420 feb. 2021.

PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica. 4º ed. São Paulo: Editora Perspectiva, 2010.

SAUSURRE, Ferdinand de. Curso de linguística geral. São Paulo: Editora Cultrix, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-512

Refbacks

  • There are currently no refbacks.