Risco para doenças cardiovasculares em universitários: 1. Fatores relacionados com hipertensão arterial sistêmica / Risk for cardiovascular disease in college students: 1. Factors related to systemic arterial hypertension

Kaliane Gomes Medeiros, Annatércia Áurea da Cruz Ferreira Evaris, Paulo Adriano Schwingel, Claudemiro de Lima Júnior, Regina Lúcia Félix de Aguiar Lima

Abstract


O objetivo do estudo foi avaliar a ocorrência de fatores de risco para hipertensão arterial sistêmica (HAS) em alunos universitários. Trata-se de um estudo quantitativo, observacional, transversal com amostragem probabilística de alunos regularmente matriculados na Universidade de Pernambuco Campus Petrolina. Foram coletados dados da pressão arterial, colesterol, índice de massa corporal (IMC) e circunferência abdominal. Foi aplicado questionário para avaliação de fatores de risco relacionados com o grau de atividade física, hábitos de vida e alimentares e hereditariedade para HAS. Os dados foram avaliados com uso do Microsoft Excel e do BioEstat 5.3 para descrição da população e análise estatística. IMC e níveis pressóricos foram mais elevados em indivíduos do sexo masculino, enquanto taxa de sedentarismo e  valores de glicemia, colesterol e circunferência abdominal foram altos em indivíduos do sexo feminino. Os indivíduos da população estudada apresentaram pelo menos um fator de risco para o desenvolvimento de HAS.


Keywords


Pressão arterial, circunferência abdominal, IMC, comportamento sedentário.

References


Silveira MM, Pasqualotti A, Colussi EL. Prevalência de doenças crônicas e prática de atividade física em adultos e idosos. Rev Bras Promoç Saúde 2012; 25(2):209-214.

Andrade SSA, Stopa ASB, Chueri OS, Szwarcwald CL, Malta DC. Prevalência de hipertensão arterial autorreferida na população brasileira: análise da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Epidemiol. Serv. Saúde. 2015; 24(2):297-304.

Sistema de cadastramento e acompanhamentos de Hipertensos e Diabéticos. Disponível em: . Acessado em 17 de maio de 2015.

Sociedade Brasileira de Cardiologia / Sociedade Brasileira de Hipertensão / Sociedade Brasileira de Nefrologia. VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Arq Bras Cardiol. 2010; 95(Supl.1): 1-51

Costa JSD, Barcellos FC, Sclowitz ML, Sclowitz IKT, Castanheira M, Olinto MTA, Menezes AMB, Gigante DP, Macedo S, Fuchs SC. Prevalência de Hipertensão Arterial em Adultos e Fatores Associados: um Estudo de Base Populacional Urbana em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Arq Bras Cardiol 2007; 88(1):59-65.

Selem SSC, Castro MA, César CLG, Marchioni DML, Fisberg RM. Validade da hipertensão autorreferida associa-se inversamente com escolaridade em brasileiros. Arq. Bras. Cardiol. 2013; 100(1):52-59.

Moura IH, Vieira EES, Silva GRF, Carvalho RBN, Silva ARV. Prevalência de hipertensão arterial e seus fatores de risco em adolescentes. Acta Paul Enferm 2015; 28(1):81-86.

Moreira TMM, Gomes EB, Santos JC. Fatores de risco cardiovasculares em adultos jovens com hipertensão arterial e/ou diabetes mellitus. Rev Gaúcha Enferm 2010; 31(4):662-669.

Monteiro LZ, Fiani CRV, Freitas MCF, Zanetti ML, Foss MC. Redução da pressão arterial, do IMC e da glicose após treinamento aeróbico em idosas com diabete tipo 2. Arq Bras Cardiol 2010; 95(5):563-570.

Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2013/2014. AC Farmacêutica, 2014.

Sociedade Brasileira de Cardiologia. V Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose. Arq Bras Cardiol 2013; 101(4).

Diretrizes brasileiras de obesidade 2009/2010 / ABESO - Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. 3.ed. - Itapevi, SP:AC Farmacêutica, 2009.

Sociedade Brasileira de Cardiologia. I Diretriz Brasileira de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome Metabólica. Rev Soc Bras Hipert 2005; 84(1):08-09.

Scarpellini ES, Carvalho EEV, Santos-Hiss MDB. Associação entre circunferência abdominal e hipertensão arterial em mulheres com segmento nas equipes de saúde da família no município de Bebedouro/SP. Revista EPeQ Fafibe 2011; 01.

Martins MCC, Ricarte IF, Rocha CHL, Maia RB, Silva VB, Veras AB, Filho MDS. Pressão Arterial, excesso de peso e nível de atividade física em estudantes de Universidade Pública. Arq Bras Cardiol 2010; 95(2):192-199.

Smeltzer SC, Bare BG, Hinkle JL, Cheever KH. Tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 12ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.

Silva DAS, Petroski EL, Peres MA. Pré-hipertensão e hipertensão em adultos de Florianópolis: estudo de base populacional. Rev Saúde Pública 2012; 46(6):988-998.

Oliveira LPM, Assis AMO, Silva MCM, Santana MLP, Santos NS, Pinheiro SMC, Barreto ML, Souza CO. Fatores associados a excesso de peso e concentração de gordura abdominal em adultos na cidade de Salvador, Bahia, Brasil. Cad Saúde Pública 2009; 25(3):570-582.

Castro RSA, Giatti L, Barreto SM. Fatores associados à adição de sal à refeição pronta. Ciência & Saúde Coletiva 2014; 19(5):1503-1512.

Costa LC, Thuller LCS. Fatores associados ao risco para doenças não transmissíveis em adultos brasileiros: estudo transversal de base populacional. Rev Bras Est Pop 2012; 29(1):133-145.

Sousa RC, Gama IB, Costa JF, Macedo LAR, Sousa YS, Nascimento CC. Braz. J. of Develop., v. 6, n. 7, p. 49932-49944 2020.

Menges APN, Ceni GC, Dallepiane LB. Fatores associados à renda e escolaridade em idosos com excesso de peso. Braz J of Develop. 2020. v. 6, n. 9, p. 65997-66011.

Camargo ALA. Perfil brasileiro de internações por hipertensão essencial. Braz J of Develop. 2020. v. 6, n.6, p.33053-33056.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-482

Refbacks

  • There are currently no refbacks.