A aplicação de metodologias ativas em atividades experimentais práticas de física em cursos híbridos de engenharia/ Application of active methodologies in experimental activities physics practices in hybrid engineering courses

Natália Dolfini, Luiz Carlos Campana Sperandio, Alexandre Diório

Abstract


Atualmente, os desafios encontrados pelos engenheiros na vida profissional são dinâmicos e envolvem analisar muitas variáveis complexas e distintas que influenciam umas às outras e, com isso, tornam a obtenção de uma solução única e ótima uma tarefa herculana. Diante de um cenário social, tecnológico e econômico complexo e constantemente mutável, é preciso que as instituições de ensino superior sejam capazes de formar engenheiros com um elevado grau técnico multidisciplinar, de raciocínio rápido, criativo e crítico, capazes de lidar com grupos distintos de pessoas e de habilidades distintas a fim de solucionar os problemas que a sociedade moderna impõe. Tendo esse perfil profissional como objetivo, instituições de ensino superior estão desenvolvendo protocolos para a aplicação de metodologias ativas em aulas laboratoriais de engenharia híbrida, visando a unir diferentes profissionais em um mesmo ambiente para trabalharem cooperativamente, como protagonistas do seu aprendizado, a fim de proporem soluções para problemas práticos da realidade profissional atual. Com isso em mente,  portanto, a união de metodologias ativas e outras práticas pedagógicas tradicionais de ensino se mostram como um futuro promissor para a formação conjunta de profissionais de diferentes áreas da engenharia capazes de lidar com as complexidades das situações-problema presentes na modernidade.


Keywords


experimentos, física, engenharia.

References


BRASIL. Resolução CNE/CES, de 11 de março de 2002. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 22 fev. 2002. Seção 1, p. 1-4.

CAMILLO, Cíntia Moralles. Blended learning: uma proposta para o ensino híbrido. EaD & Tecnologias Digitais na Educação, Dourados, v. 5, n. 7, p. 64-74, dez. 2017. ISSN23184051. Disponível em:. Acesso em: 10 maio 2019. doi:https://doi.org/10.30612/eadtde.v5i7.6660.

FRANTZ, Débora de Sales Fontoura da Silva et al. Ensino híbrido com a utilização da plataforma Moodle. Revista Thema, [S.l.], v. 15, n. 3, p. 1175-1186, ago. 2018. ISSN 21772894. Disponível em:. Acesso em: 10 maio 2019. doi:http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.1175-1186.1070.

VERGARA, Adriane Carrilho Esperança; HINZ, Verlani Timm; LOPES, João Ladislau Barbará. Como Significar a Aprendizagem de Matemática Utilizando os Modelos de Ensino Híbrido. Revista Thema, [S.l.], v. 15, n. 3, p. 885-904, ago. 2018. ISSN 2177-2894.Disponívelem:http://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/962/862>. Acesso em: 10 maio 2019. doi:http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.885-904.962.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-393

Refbacks

  • There are currently no refbacks.