Perspectivas e desafios atuais no ensino de física/Current perspectives and challenges in physics teaching

Elisângela Rovaris Nesi, Katiussa Michele Canola, Vânia Aparecida Novak Marquezin, Evelyn Carollayne dos Santos de Oliveira, Luciana Martines, Andreia Agueda Magron, Taisy Fernandes Vieira, Michel Corci Batista

Abstract


O presente trabalho aborda o ensino de Física em suas perspectivas e desafios na atualidade. Constitui uma abordagem teórica em que são identificadas as dificuldades vivenciadas no espaço escolar em decorrência das limitações físicas, curriculares e de investimentos em políticas públicas. Trata-se de um estudo necessário em decorrência das mudanças indicadas pela Base Nacional Comum Curricular para os próximos anos com vistas à preparar o sujeito para atuar ativamente na sociedade. A discussão perpassa três aspectos: a realidade escolar, a formação continuada e as relações com as universidades. Assim objetiva-se compreender como estas três vertentes educacionais interagem para promover um ensino de Física condizente com as perspectivas da sociedade atual. A proposta deste estudo constitui-se a partir de um Grupo de Discussão desenvolvido no III Àgora, definido por três representações: o professor que atua no Ensino Médio, o professor Universitário e Representante do Núcleo Regional de Educação, cujas falas apontam o ensino na atualidade e as perspectivas de melhoria no Ensino de Física. Convém salientar que apesar de ser um evento de Matemática tornou-se emergente essa discussão ao considerar que parte significativa de professores desta área vem atuando no ensino de Física o que permite ampliar as visões do ensino e caracterizar interações entre os conhecimentos neste GD.


Keywords


Ensino de Física Formação Continuada, Universidades.

References


BRASIL. Lei no. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CES no.9, de 11 de março de 2002. Brasília, DF, 2002a.

BRASIL. Ministério da Educação. PCN+Ensino Médio: Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências da Natureza Matemática e suas Tecnologias: Física. Brasília: MEC, 2002b.

FISCHER, T. Mestrado profissional como prática acadêmica. Revista Brasileira de Pós­graduação, Brasília, v. 2, n. 4, p. 24‑29, jul. 2005.

GASPAR, A. Cinqüenta anos de ensino de física: muitos equívocos, alguns acertos e a necessidade do resgate do papel do professor. In: XV Encontro de Físicos do Norte e Nordeste, 1995, Natal-RN. Anais..., 1995. Disponível em: . Acesso em: 02 jul. 2019.

GATTI, B. A. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista Brasileira de Formação de Professores, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 90-102, mai. 2009.

HAMBURGER, E. O que é física. 4ªEd. Editora Brasiliense, 1992.

INEP. Estatísticas dos Professores do Brasil. Brasília: MEC, 2003.

INEP. Censo Escolar, 2009. Disponível on line em: http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/sai-resultado-do-censo-escolar-2009/21206. Acesso em 26/05/2019.

INEP. Censo Escolar, 2017. Disponível on line em: http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/inep-mec-divulga-censo-escolar-2017/21206. Acesso em 26/05/2019.

JÚNIOR, Antunes; QUEVEDO, Estevão Luciano. Formação continuada de professores em larga escala: um estudo sobre o Mestrado profissional em ensino de física. 2018.

LEITE, Priscila Souza Chisté. Produtos Educacionais em Mestrados Profissionais na Área de Ensino: uma proposta de avaliação coletiva de materiais educativos. CIAIQ2018, v. 1, 2018.

LOCATELLI, Aline; DA ROSA, Cleci Teresinha Werner. Produtos educacionais: características da atuação docente retratada na I Mostra Gaúcha. Revista Polyphonía, v. 26, n. 1, p. 197-210, 2015.

MOREIRA, M. A. Ensino de física no Brasil: retrospectiva e perspectivas. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 22, n. 1, p. 94-99, 2000.

MOREIRA, M. A. Uma análise crítica no Ensino de Física. Estudos Avançados 32 (94), 2018.

PAINI, L. D., COSTA, C. E.M., VICENTINI, M.R. PARFOR: Integração entre Universidade e Ensino Básico diante dos desafios na formação de professores do Paraná. Maringá: Eduem, 2014.

REBEQUE, Paulo Vinícius; OSTERMANN, Fernanda; VISEU, Sofia. O Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física: Investigando os Modos de Regulação em um Polo Regional do Programa. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, p. 399-428, 2018.

SAVIANI, Dermeval. O Plano de Desenvolvimento da Educação: análise do projeto do MEC. Educação & Sociedade, v. 28, n. 100, p. 1231-1255, 2007.

Quase 50% dos professores não têm formação na matéria que ensinam. Jornal Folha de São Paulo. São Paulo, 23 janeiro 2017. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2017/01/1852259-quase-50-dos-professores-nao-tem-formacao-na-materia-que-ensinam.shtml. Acesso 20/06/2019.

SACRISTÁN, J. Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. trad. Ernani F. da F. Rosa, v. 3, 2000.

SILVA, Alcina Maria Testa Braz; SOUZA SUAREZ, Ana Paula Mendes; UMPIERRE, Andrea Borges. Produtos Educacionais: uma Avaliação Necessária. 2017.

SOUZA, M; FRISSELLI, R. O PARFOR: a formação e a ação dos professores da educação básica. Londrina, PARFOR/UEL, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-391

Refbacks

  • There are currently no refbacks.