Vulnerabilidade ambiental: uma abordagem sobre a exposição ao risco e a degradação ambiental em Mossoró/RN – Brasil/ Environmental vulnerability: an approach to risk exposure and environmental degradation in Mossoró/RN - Brazil

Gutemberg Henrique Dias, Márcia Regina Farias da Silva, Alfredo Marcelo Grigio

Abstract


O presente artigo trata de identificar a vulnerabilidade ambiental na área urbana do município de Mossoró-RN, a partir do uso de técnicas de análises espaciais, tendo como linha de condução os estudos sobre a interação homem/natureza e suas consequências para o ambiente. O método utilizado para o desenvolvimento da análise de vulnerabilidade ambiental foi baseado em Alves (2006) e utilizou-se os resultados do Universo dos Censos Demográficos 2000 e 2010 (IBGE) e a malha de setores censitários, bem como, o banco de dados do Núcleo de Estudo Socioambiental e Territorial (NESAT/UERN), para o levantamento das informações geoespaciais que serviram para geração do mapa temático de vulnerabilidade ambiental. O estudo mostrou que a maior parte da área urbana apresenta vulnerabilidade ambiental média, que as áreas com vulnerabilidade baixa estão associadas as porções com saneamento básico instalado e que as áreas de vulnerabilidade alta estão associadas as áreas próximas a corpos d’água.


Keywords


urbanização, risco, vulnerabilidade socioambiental, geoprocessamento.

References


ALVES, H. P. F; Vulnerabilidade socioambiental na metrópole paulistana: uma análise sociodemográfica das situações de sobreposição espacial de problemas e riscos sociais e ambientais. Rev. Bras. Est. Pop., São Paulo, v. 23, n. 1, p. 43-59, 2006.

ALVES, H. P. F; TORRES, H. G. Vulnerabilidade socioambiental na cidade de São Paulo: uma análise de famílias e domicílios em situação de pobreza e risco ambiental. São Paulo em Perspectiva, v. 20, n. 1, p. 44-60, jan./mar. 2006.

ALVES, C. D; ALVES, H; PEREIRA, M. N; MONTEIRO, A. M. V. Análise dos processos de expansão urbana e das situações de vulnerabilidade socioambiental em escala intra-urbana. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM AMBIENTE E SOCIEDADE, 4., 2008, Brasília. Anais... Brasília:[s.n.], 2008. p. 1-20.

BECK, U. Sociedade de Risco: Rumo a uma outra modernidade. Tradução de Sebastião Nascimento. São Paulo: Ed. 34, 2010.

CARLOS, A. F. A. O espaço urbano: novos escritos sobre a cidade. São Paulo: Contexto, 2004. p. 17-19.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Resultados do Universo Agregados por Setor Censitário. Disponível em: . Acesso em: dez. 2011.

______. Malha Digital de Setores Censitários. Disponível em: . Acesso em: dez. 2011.

GUIVANT, J. S. Apresentação do dossiê mapeando os caminhos da sociologia ambiental. Revista Políticas e Sociedade, n.07, p. 09-25, out./2006.

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E MEIO AMBIENTE DO RIO GRANDE DO NORTE (IDEMA). Perfil do seu Município Mossoró. Natal: IDEMA, 2004.

______. Atlas para a promoção do investimento sustentável do Rio Grande do Norte: Zona Homogênea Mossoroense. Natal: IDEMA, 2005.

JACOBI, P.R. Moradores e meio ambiente na cidade de São Paulo. Cadernos CEDEC. São Paulo, n. 43, 1995.

LENZI, C. L. Sociologia ambiental: risco e sustentabilidade na modernidade. Bauru, SP: EDUSC, 2006. p. 132-135.

______. Para uma imaginação sociológica da ecologia: uma análise do pensamento de Anthony Giddens. Ambiente & Sociologia, vol. 9, n.1, p. 106-155, jan/jun. 2006.

MENDONÇA, F. A; LEITÃO, S. A. M. Risco e vulnerabilidade socioambiental urbana: uma perspectiva a partir dos recursos hídricos. GeoTextos, vol. 4, n. 1 e 2, p. 145-163, 2008.

PINHEIRO, Karisa Lorena Carmo Barbosa. O processo de urbanização da cidade de Mossoró. Natal: CEFET – RN, 2007. 253p.

SALLES, M. C. T. Planejamento e gestão ambiental no processo de instalação de condomínios horizontais e loteamentos na cidade de Mossoró/RN.2010. 71f. Trabalho de conclusão de curso (Monografia). – Curso de Gestão Ambiental, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Areia Branca, 2010. p. 16.

SANTOS, M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 19ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2010. p. 23-53

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. Capitalismo e urbanização. 13. ed. São Paulo: Contexto, 2001. p. 11-50.

TORRES, H. Desigualdade ambiental em São Paulo. 1997. 255 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp, Campinas, 1997.

VESENTINI, J. W. Geografia, natureza e sociedade. São Paulo: Contexto, 1989. p. 14.

VEYRET, Y (org). Os Riscos: o homem agressor e vítima do meio ambiente. São Paulo: Contexto, 2007. p. 23-49.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-377

Refbacks

  • There are currently no refbacks.