Inteligência geográfica e tecnologia na contribuição ao acesso de pessoas com deficiência ao transporte público no Recife / Geographic intelligence and technology in contributing to the access of people with disabilities to public transport in Recife

Júlio César de Oliveira Guimarães, Vânia Soares de Carvalho, Thaysa Carla Gomes da Silva, Aida Araújo Ferreira, Ioná Maria Beltrão Rameh Barbosa, Mônica Simões Bandeira, Alexandre Severo Campos Lima

Abstract


A motivação para esse trabalho  decorreu da constatação das dificuldades que pessoas com deficiência enfrentam no dia a dia quando se locomovem através do transporte público, e das possibilidades que a tecnologia tem de colaborar nesta questão. Embora já existam algumas iniciativas quanto a melhoria da acessibilidade das pessoas com deficiência, este projeto  visou através de uma parceria com a Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI), o Grande Recife Consorcio de Transporte (CTM) e o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) contribuir para a elaboração de uma plataforma de inteligência geográfica  chamada SIGABEM que conta com um SigWeb e um aplicativo para dispositivos móveis. O Sigabem Web é destinado à gestão e análises das informações a respeito da movimentação dos usuários com deficiência, possibilitando investimentos e ações de melhoria de forma localizada. O Sigabem App, objeto deste artigo, é um aplicativo para smartphones, destinado as pessoas com deficiência que pode ser utilizado de forma colaborativa, alimentando o Sigabem Web. Nele  os usuários poderão contribuir com informações sobre linhas e paradas mais utilizadas, condições de acessibilidade das paradas, condições do serviço prestado pelas empresas de ônibus, além de usufruir de funções diferenciadas e inovadoras em conceito e complexidade, agregando diferentes dados georreferenciados. É possível realizar consultas e serviços como paradas de ônibus, horários dos ônibus, notificações diversas, recadastramento, previsão do tempo, solicitação ao motorista de apoio para embarque, registro de denúncia sobre problemas no acesso ao transporte público, condições de acessibilidade das paradas, etc. a partir de dados  atualmente disponibilizados e operacionalizados pelo Sistema Inteligente de Monitoramento da Operação (SIMOP) já utilizado pelo CTM. Para isso, foram realizadas diversas reuniões tanto com as instituições parceiras como com representantes das pessoas com deficiência para desenvolvimento da arquitetura, levantamento dos requisitos, dados disponíveis, ampliação do cadastro e necessidades dos setores envolvidos. O Sigabem App está em fase de testes com usuários portadores de deficiência para que sejam verificadas as melhorias e a possibilidade de implementá-las.


Keywords


Mobilidade, aplicativo, Acessibilidade, Pessoas com Deficiência,Sistema de informação geográfica

References


BRASIL, 2015, Lei n. 13.146, de 6 de jul. de 2015. Lei brasileira de inclusão da pessoa com deficiência. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm; acesso em: 02/08/2019

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 13.709, de 14 de agosto de 2018. Lei geral de proteção de dados pessoais (LGPD).2018.

LONGLEY, P. A.; GOODCHILD, M. F.; MAGUIRE, D. J.; RHIND, D. W. Sistemas e ciência da informação geográfica. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 540p. 2013




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-376

Refbacks

  • There are currently no refbacks.