(Res)significando acontecimentos e (re)definindo estratégias por meio da resiliência: espiritualidade como fenômeno de crescimento e desenvolvimento psicoemocional em tempos de pandemia / (Re)meaning events and (re)defining strategies through resilience: spirituality as a phenomenon of growth and psycho-emotional development in times of pandemic

Cecilio Argolo Junior, Silvana Maria De Macêdo Uchôa, Denise Boff, Liliane Amaral Janguiê Bezerra Diniz, Francisco Josivan Ferro Ferreira, Lusitania Maria De Barros

Abstract


Este estudo objetivou mostrar que a espiritualidade é um importante fenômeno estratégico capaz de ajudar o indivíduo a ressignificar suas atitudes, rever comportamentos, e manter a saúde mental em tempos de reorganização social. A pandemia da covid-19, causada pelo Coronavírus, tornou-se um dos maiores desafios da saúde pública. No Brasil, as adversidades enfrentadas, diariamente, são ainda maiores em virtude da imensa desigualdade social que o país apresenta. Essa experiência vem amealhando histórias carregadas de sofrimento e muita dor causando impactos em toda a coletividade. Medidas de segurança impostas pelo governo como forma de evitar a proliferação do vírus, contágio, adoecimento e óbitos vêm reduzindo o contato social entre as pessoas causando inúmeros problemas de ordem psíquica.

 

 


Keywords


Espiritualidade, Resiliência, Coronavírus-2019.

References


ANGST, R. Psicologia e Resiliência: uma revisão de literatura. Psicol. Argum., Curitiba, v. 27, n. 58, p. 253-260, jul./set. 2009. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/psicologiaargumento/article/viewFile/20225/19509. Acesso em: 15 agos. 2020.

BASSO, L.A.; WAINER, R. Luto e perdas repentinas: contribuições da Terapia Cognitivo-Comportamental. Rev. Bras. Ter. Cogn., Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, jun., 2011. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872011000100007. Acesso em: 15 agos. 2020.

CASTEL, R. As metamorfoses da questão social. Petrópolis: Vozes, 1998.

CAVALCANTI, A.K.S.; SAMCZUK, M.L.; BONFIM, T.E. O conceito psicanalítico do luto: uma perspectiva a partir de Freud e Klein. Psicólogo informação, ano 17, n, 17, p. 87-105, jan./dez. 2013. Disponível Em:

DAMÁSIO, A. O erro de descartes. São Paulo: Cia das Letras, 1996.

FREUD, S. Luto e Melancolia (1917 [1915]). In:______. A história do Movimento Psicanalítico, Artigos sobre a Metapsicologia e outros trabalhos (1914- 1916). Rio de Janeiro: Imago, 1996. Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, v. 16.

GOMES, D. Fases do luto. NH Jornal, 2015. Disponível em: https://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2015/08/especial/208168-conheca-as-fases-do-luto-e-como-conviver-com-a-perda.html. Acesso em: 15 agos. 2020.

KLEIN, M. O desmame (1936). In______. Amor, culpa e reparação e outros trabalhos (1921-1945). Rio de Janeiro: Imago, 1996. Obras Completas de Melanie Klein, v. 1.

LACERDA FILHO, R. Coronavírus e as doenças psicossomáticas. Unimed João Pessoa, 2020. Artigo Médico. Disponível em: https://www.unimedjp.com.br/viver-melhor/artigos-medicos/raimundo-lacerda-filho/coronavirus-e-as-doencas-psicossomaticas/984. Acesso em: 15 agos. 2020.

LIEBERMAN, M. Why are our brains wired to connect. New York: Crown Publishers, 2013.

LIMA, C.M.A.O. Informações sobre o novo coronavírus (Covid-19). Radiol. Bras., São Paulo, v. 53, n. 2, Epub. Apr 17, mar.-abr., 2020. Disponível em https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-39842020000200001&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 15 agos. 2020.

MIGUEL, F.K. Psicologia das emoções: uma proposta integrativa para compreender a expressão emocional. Psico-USF, Bragança Paulista, v. 20, n. 1, p. 153-162, jan./abr. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/pusf/v20n1/1413-8271-pusf-20-01-00153.pdf. Acesso em: 15 agos. 2020.

MOTA, D.C.G.A.; BENEVIDES-PEREIRA, A.M.T.; GOMES, M.L.; ARAÚJO, S.M. Estresse e resiliência em doença de Chagas. Alethia, Canoas, n. 24, dez., 2006. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-03942006000300006. Acesso em: 15 agos. 2020.

NASCIMENTO, M.; BASTOS, R. Nada será como antes, amanhã. Letras, 1976. Disponível em: https://www.letras.mus.br/milton-nascimento/47436/. Acesso em: 15 agos. 2020.

OLIVEIRA, A.C.; LUCAS, T.C.; IGUIAPAZA, R.A. O que a pandemia da Covid-19 tem nos ensinado sobre adoção de medidas de precaução? Texto Contexto - Enferm., Florianópolis, v. 29, Epub May 08, 2020, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072020000100201&tlng=en. Acesso em: 10 agos. 2020.

PAGLIARONE, A.C.; SFORCIN, J.M. Estresse: revisão sobre seus efeitos no sistema imunológico. Biosaúde, Londrina, v. 11, n. 1, p. 57-90, jan./jun. 2009. Disponível em: http://www.uel.br/ccb/patologia/portal/pages/arquivos/Biosaude%20v%2011%202009/BS_v11_n1_DF_57.pdf. Acesso em: 16 agos. 2020.

PERES, M.F.P.; ARANTES, A.C.L.Q.; LESSA, P.S.; CAOUS, C.A. A importância da integração da espiritualidade e da religiosidade no manejo da dor e dos cuidados paliativos. Rev. Psiq. Clín., n. 34, supl 1, p. 82-87, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rpc/v34s1/a11v34s1.pdf. Acesso em: 10 agos. 2020.

PHINTENER, J. Sem ansiedade. Blog, IPOM - 2020. Disponível em: Acesso em: 15 agos. 2020.

RANGEL, F.B.; GODOI, C.K. Sintomas Psicossomáticos e a Organização do Trabalho. Rev. Bras. Gestão de Negócios, São Paulo, v. 11, n. 33, p. 404-422, out./dez., 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbgn/v11n33/1983-0807-rbgn-11-33-404.pdf. Acesso em: 15 agos. 2020.

SILVA, J.D.T.; MÜLLER, M.C. Uma integração teórica entre psicossomática, stress e doenças crônicas de pele. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 24, n. 2, p. 247-256, abr.-jun., 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/estpsi/v24n2/v24n2a11.pdf. Acesso em: 15 agos. 2020.

SIMÃO, M.J.P. Psicologia Transpessoal e a Espiritualidade. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 34, v. 4, p. 508-519, 2010. Disponível em: http://www.saocamilo-sp.br/pdf/mundo_saude/79/508a519.pdf. Acesso em: 15 agos. 2020.

SOUZA, D.O. Financeirização, fundo público e os limites à universalidade da saúde. Saúde debate, v. 49, n. 5, p. 71-81, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/sdeb/v43nspe5/0103-1104-sdeb-43-spe05-0071.pdf. Acesso em: 15 agos. 2020.

TAQUETTE, S.R. Doenças psicossomáticas na adolescência. Adolescência & Saúde, v. 3, n. 1, p. 22-26, jan., 2006. Disponível em: https://cdn.publisher.gn1.link/adolescenciaesaude.com/pdf/v3n1a05.pdf. Acesso em: 15 agos. 2020.

VOLICH, R.M. Psicosssomática: de hipócrates a psicanálise. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2000.

WERLANG, R.; MENDES, J.M.R. Sofrimento social. Serv. Soc. Soc., São Paulo, n. 116, p. 743-768, out./dez. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/sssoc/n116/09.pdf. Acesso em: 15 agos. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-349

Refbacks

  • There are currently no refbacks.