A utilização de jogos como recurso didático: mobilizando e construindo saberes em matemática/ The use of games as a teaching resource: mobilizing and building knowledge in mathematics

Joalisson Bahia Santana, Daniela Batista Santos, Felipe dos Santos Belon, Cássio Lopes Carneiro, Antonia Natanayana Lima Mesquita, Felipe Henrique Santana da Silva

Abstract


No intuito de romper com um ensino mecânico que pauta a Matemática no paradigma do exercício, o projeto de extensão “Matemática é Show” tem possibilitado ao licenciando em Matemática experiências lúdicas com recursos didáticos interessantes. Nesse sentido, temos por objetivo socializar vivências no referido projeto de modo a refletir sobre alguns jogos aplicados, analisando e discutindo acerca das potencialidades pedagógicas dos mesmos para a construção e/ou aperfeiçoamento de saberes matemáticos, bem como as contribuições do projeto supracitado para a formação dos discentes do Curso de Licenciatura em Matemática. Assim, apresentamos três jogos: o Ludo Matemático, o Jogo das Amazonas e o Eu Sei.  Podemos inferir que as atividades desenvolvidas no projeto foram bastante produtivas, tanto para os licenciandos, quanto para a comunidade presente, que conheceu um pouco mais de Matemática se divertindo e aprendendo com essas atividades, mobilizando e construindo conceitos matemáticos a exemplo das operações básicas da aritmética (adição, subtração, multiplicação e divisão) e números inteiros, além de oportunizar o desenvolvimento de estratégias e estimular o raciocínio lógico. Destacamos também, a importância de projetos de extensão dessa natureza na formação dos futuros professores de Matemática, por proporcionarem uma vivência singular de aprendizagem sobre a utilização de metodologias diversificadas para o desenvolvimento de práxis contextualizada, dinâmica e interessante.


Keywords


Jogos matemáticos, Ludicidade, Raciocínio lógico, Conceitos matemáticos, Formação.

References


ANTUNES, C. O jogo e o brinquedo na escola. In: SANTOS, M. P. (ORG). Brinquedoteca a criança, o adulto e o lúdico. 7. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA/ SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros curriculares nacionais: arte. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA/ SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1998.

D’AMBROSIO, U. Educação matemática da teoria a prática. 9ª ed. São Paulo: Papirus, 1996.

FIORENTINI, D. & LORENZATO, S. Investigação em Educação Matemática: percursos teóricos e metodológicos. São Paulo: Autores Associados, 2006.

GRANDO, R. C. O jogo e a matemática no contexto da sala de aula. São Paulo: Paulus, 2004.

LARA, I. C. M. Jogando com a matemática de 5ª a 8ª série. São Paulo: Rêspel, 2003.

LARA, I. C. M. Jogando com a matemática do 6º ao 9º ano. 1.ed. São Paulo: Rêspel, 2011.

MENDES, I. A. Matemática e investigações em sala de aula: tecendo redes cognitivas na aprendizagem. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2009.

MENEZES, J. E. Potencialidades de aprendizagem lúdicas com o cálculo Plus. In: SÁ, A. V. M. (ORG). Ludicidade e suas interfaces. Brasília: Liber Livro, 2013.

PAIS, L. C. Didática da Matemática: uma influência da didática francesa. 3. Ed. Belo Horizonte: Autêntica editora, 2011.

SMOLE, K. S.; DINIZ, M. I.; CÂNDIDO. Jogos de Matemática de 1º ao 5º ano. Porto Alegre: Artmed, 2007a. (Série Cadernos do Mathema - Ensino Fundamental).

SMOLE, K. S.; DINIZ, M. I.; CÂNDIDO. Jogos de Matemática de 6º a 9° ano. Porto Alegre: Artmed, 2007b. (Série Cadernos do Mathema-Ensino Fundamental).




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-341

Refbacks

  • There are currently no refbacks.