Modelos e tendências do compartilhamento de serviços: uma discussão entre governança, estratégia e territórios / Service sharing models and trends: a discussion between governance, strategy and territories

Hélder Uzêda Castro, José Afonso Teixeira

Abstract


O objetivo deste texto é discutir aspectos teóricos e práticos, que envolvem governança, estratégia e configurações territoriais almejadas pelas companhias para implantação dos centros de serviços, apresentando alguns exemplos. Para tanto, foi realizada uma revisão da literatura, buscando embasamento das referidas áreas de estudo; acessados documentos corporativos atuais, que versam sobre o tema investigado; e análise de conteúdo de entrevistas semiestruturadas com especialistas em compartilhamento de serviços, com experiência em operações brasileiras e portuguesas, o que proporcionou melhor compreensão do fenômeno. Identificou-se que, apesar do cenário da crise sanitária da COVID-19, a considerar uma economia diferente no pós-pandemia, os Centros de Serviços Compartilhados continuam nas pautas de decisões empresariais. O resultado contribuiu para potencializar o papel da governança na promoção do compartilhamento de serviços, na busca do melhor modelo organizacional possível, considerando operações complexas e visando conformidade, controle e riscos. Da mesma forma, foi possível observar os aspectos estratégicos, estabelecendo conexão entre as demandas regulatórias, corporativas e mercadológicas e a implantação dos centros. Neste quesito, foi importante conhecer componentes das configurações dos territórios.


Keywords


Compartilhamento de Serviços, Governança, Estratégia, Territórios.

References


AICEP PORTUGAL GLOBAL. Centros de Serviços Partilhados e Outsourcing. Disponível em: . Acesso em 13 jan. 2021.

ANDERY et al. Para Compreender a Ciência: uma perspectiva histórica. Rio de Janeiro: Garamond, 2014.

BARDIN, Lawrence. Análise do Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2007.

BARROS, J. P.¸ No., FENSTERSEIFER, J. E., & FORMOSO, C. T. (2003). Os critérios competitivos na produção: um estudo exploratório na construção de edificações. Revista de Administração Contemporânea, 7(1), 67-85.

BENTO, Leonardo Valles. Governança Global: uma abordagem conceitual e normativa das relações internacionais em um cenário de interdependência e globalização. 2002. 575 f. Tese (Doutorado em Direito) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis: 2002.

CASTRO, Hélder Uzêda. Compartilhamento de Serviços na Economia Regional: um estudo do Centro de Operações Financeiras da Petrobras na Bahia. 2020. 257 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional e Urbano) – Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional e Urbano, Universidade Salvador, Salvador, Bahia.

COSTA, Benhur Pinós da. O espaço social, os sujeitos e as múltiplas microterritorializações urbanas. In: PEREIRA, Sílvia Regina; COSTA, Benhur Pinós da; SOUZA, Edson Clemente de (Orgs.). Teorias e práticas territoriais: análises espaço-temporais. São Paulo: Expressão Popular, 2010. p. 99-114.

CLEGG, S. R.; HARDY, C. Introdução: organização e estudos organizacionais. In: CLEGG, S. R.; HARDY, C.; NORD, W. R. (orgs.). Handbook de estudos organizacionais: modelos de análise e novas questões em estudos organizacionais. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2006. Vol. 2. p 437-460.

DELOITTE. Estudo de implementação de plataforma de desenvolvimento de centros de serviços partilhados. Deloitte, 2014.

DRUCKER, Peter Ferdinand. Prática de administração de empresas. Rio de Janeiro. Fundo de Cultura, 1962.

FITZSIMMONS, J. A., & Fitzsimmons, M. J. Administração de serviços: operações, estratégia e tecnologia da informação (4th ed.). Porto Alegre: Bookman, 2005.

HAESBAERT, R. (2004). Dos múltiplos territórios à multiterritorialidade. In Anais do I Seminário Nacional sobre Múltiplas Territorialidades. Porto Alegre: Programa de Pós-graduação em Geografia da UFRGS. Disponível em Acesso em 10 jan. 2021

IBGC - INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA. Quem somos. Disponível em: . Acesso em: 14 jan. 2021.

INTERNATIONAL MONETARY FUND (IMF). The role of the IMF in governance issues: a guidance note. Washington: IMF, 1997.

IPGC. Corporate Governance Code 2018, Revised in 2020. Lisbon, Edition: IPCG, 2020.

KRUGMAN, Paul. Development, Geography ande Economic Theory. Cambridge, Massachusetts, EUA: MIT Press, 1995.

MINTZBERG, H. AHLSTRAND. Ascensão e queda do planejamento estratégico. Porto Alegre, Bookman, 2004.

NUNES, Flávio; AMARAL, Hugo. Portugal, habitat natural dos serviços partilhados. Mas porquê? Sapo, 2019. Disponível em: . Acesso em: 21 jan. 2020.

PORTER, M. E. Vantagem competitiva: criando e sustentando um desempenho superior. Rio de Janeiro: Campus, 1985.

PORTER, Michael E. Vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

PORTER, Michael E. A vantagem competitiva das nações. Rio de Janeiro: Campus, 1990.

PORTULHAK, H.; ESPEJO, M. M. S. B.; GARCIAS, P. M.; MARTINS, D. B. Papéis, responsabilidades e desafios na implantação e na manutenção de Centro de Serviços Compartilhados: uma análise empírica em uma multinacional instalada no Brasil. Revista Iberoamericana de Contabilidad de Gestión, v. 11, n. 22, p. 1-16, 2013

SACK, R. D. Human territoriality: its theory and history. Cambridge: Cambridge University Press, 1986.

SANTOS, M. A natureza do espaço - Técnica e tempo. Razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

SCHOLTE, Ian Aart. Globalization: a critical introduction. New Tork, Palgrave, 2000.

SCHULMAN, D.; HARMER, M.; DUNLEAVY, J. Shared services: adding value to the business units. John Wiley & Sons Inc., 1999.

SKINNER, W. (1969). Manufacturing: the missing link in corporate strategy. Harvard Business Review. Boston, 47(3), 136-145.

SOUZA, M. J. L. O território: sobre espaço e poder, autonomia e desenvolvimento. In I. E. Castro, & R. L. Corrêa (Eds.), Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

THOMPSON, A. A. Planejamento Estratégico: elaboração, implementação e execução. São Paulo: Pioneira, 2000.

XP INVESTIMENTOS. Quem somos. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-312

Refbacks

  • There are currently no refbacks.