Gestão ambiental dos processos produtivos: um estudo do gerenciamento dos resíduos sólidos nas indústrias gráficas / Environmental management of production processes: a study of solid waste management in the graphic industries

Paulo Ricardo Cosme Bezerra

Abstract


As estratégias ambientais tornaram-se mais proativas e passaram a ser utilizadas como estratégias competitivas, principalmente no que se refere à melhoria na reputação das empresas e o fortalecimento da sua imagem. Diante desse contexto o segmento das indústrias gráficas necessita se adequar a essa nova realidade de mercado e fazer uso dessas estratégias para obter um diferencial no mercado consumidor que passa a se preocupar com o meio ambiente e os impactos ambientais. Este artigo apresenta um estudo em 453 micro e pequenas empresas do setor gráfico potiguar, por meio da aplicação direta de questionário, com o objetivo de mapear as estratégias ambientais adotadas pelas empresas quanto ao gerenciamento dos resíduos e verificação de adequação às normas ambientais. Como resultado identificou-se que as estratégias ambientais adotadas são incipientes, poucas empresas adequam-se às normas da NBR 10.004 e não há gerenciamento adequado de resíduos industriais, merecendo ser desenvolvidas ações ambientais para o segmento.


Keywords


gestão ambiental; indústria gráfica; gerenciamento de resíduos

References


ADISSI, Paulo José. Gestão Ambiental em Unidades Produtivas. Rio de janeiro, RJ. Editora campos, 2013.

ALIGLERI, Lilian; ALIGLERI, Luiz Antônio; KRUGLIANSKAS, Isak. Gestão socioambiental: responsabilidade e sustentabilidade do negócio. São Paulo: Atlas, 2009.

ALVES, Ricardo Ribeiro; JACOVINE, Laércio Antônio Gonçalves; NARDELLI, Aurea Maria Brandi. Empresas verdes: estratégia e vantagem competitiva. Viçosa, MG. Ed. UFV, 2011.

BANERJEE, S. B. ENVIRONMENTALISM : INTERPRETATIONS FROM INDUSTRY AND. Journal of Management Studies, n. June, 2001.

BARBIERI, José Carlos. Gestão ambiental empresarial: conceitos, modelos e instrumentos. 3. ed. atual e ampliada. São Paulo: Saraiva, 2011.

BERTOLINO, Marco Túlio. Análise do processo evolutivo das estratégias em gestão ambiental, 2006. Disponível em: http://www.ogerente.com.br/gestao/artigos/gestao-gestao_ambiental.htm.

BEZERRA, Paulo R. C.; MILLER, Francisca de S. Work generation, income and food improvement for farmers in Rio Grande do Norte sustainably through PAIS Methodology. Business and management Review. Special Issue. Vol. II, Nº 12, Page 271-284, May/2015.

BSCD PORTUGAL. Responsabilidade Empresarial: da teoria à prática. Anuário de Sustentabilidade 2006.

CENTRO NACIONAL DE TECNOLOGIAS LIMPAS. Meio ambiente e a pequena e microempresa: módulo 1 – Curso de formação de consultores em Produção Mais Limpa. Porto Alegre: CNTL, 2003.

DONAIRE, D. Gestão ambiental na empresa. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2013.

GIL, Antônio C. Métodos e Técnicas de Pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

KUEHR, R. Environmental technologies: From misleading interpretations to an operational categorization and definition. Journal of Cleaner Production, 2007.

LEHNI, M. Eco-efficiency: creating more value with less impact. World Business Council for Susteinable Development, 2000. Disponível em: http://www.wbcsd.org. Acesso em 17/10/2015.

MOREIRA, Maria Suely. Estratégia e implementação do Sistema de gestão ambiental (Modelo ISO 14.000). Nova Lima: Editora Falconi, 2013.

PIMENTA, Handson Claudio Dias. Gestão Ambiental. Curitiba: Livro Técnico, 2012.

SALGADO, Vivian Gullo. Indicadores de ecoeficiência e o transporte de gás natural. Rio de Janeiro: Interciência, 2007.

SEIFFERT, Mari Elizabete Bernardini. Gesão Ambiental: instrumentos, esferas de ação e educação ambiental. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2014.

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS – SEBRAE, Gestão sustentável nas empresas. SEBRAE 2 ed. Cuiabá: Sebrae, 2015, 40 p.

SILVA, Edna Lúcia; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Dissertação. 3 Ed. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv4n5-248

Refbacks

  • There are currently no refbacks.