Aspectos clínicos e histopatológicos dos linfomas Hodking e não Hodking: uma revisão sistemática / Clinical and histopathological aspects of Hodking and non-Hodking lymphomas: a systematic review

Lorena Sena Oliveira, Jordão Aires Lustosa da Cruz, Mariana Rockenbach, Leandro Dobrachinski

Abstract


Os linfomas englobam um grupo heterogêneo de doenças geradas por linfócitos malignos, sendo sua maior prevalência no sexo masculino, com dois picos de morbidade: um entre os 20 e 30 anos e outro entre os 60 e 70 anos de idade. O presente trabalho objetiva explicitar o Linfoma de Hodgkin e Linfoma de Não-Hodgkin, sua incidência na sociedade atual e alertar acerca da importância do conhecimento sobre essa patologia. Para isso, foi feita uma revisão bibliográfica de cunho qualitativo-descritivo, utilizando as bases de dados PubMed, Scielo, LILACS e Google Acadêmico. Os Linfomas Hodgkin são divididos em dois tipos histológicos: linfoma de Hodgkin com predominância linfocítica nodular e linfoma de Hodgkin clássico (LHC), enquanto que os vários tipos de Linfoma não Hodgkin foram agrupados conforme o tipo de célula linfoide do tipo B ou T, e, de acordo com o prognóstico, em: indolentes, agressivos e muito agressivos. Deste modo, reconhecer bem os aspectos clínicos, a fim de somar para uma suspeita diagnóstica, com investigação e confirmação através dos meios histopatológicos, torna-se ferramenta indispensável ao manejo correto dos pacientes com Linfomas, sejam eles Hodgkin ou não Hodgkin.

 

 


Keywords


Hodgkin, linfoma, neoplasia, patologia.

References


SPECTOR, Nelson. Abordagem atual dos pacientes com doença de Hodgkin. Rev. Bras. Hematol. Hemoter., São José do Rio Preto , v. 26, n. 1, p. 35-42, mar. 2004.

SANTOS, Fernanda M. et al . Tratamento do linfoma de Hodgkin após falha do transplante autólogo. Rev. Bras. Hematol. Hemoter., São José do Rio Preto , v. 30, n. 4, p. 266-271, ago. 2008.

GRANGEIRO, Maria do P.F. et al . Simultaneous occurrence of follicular lymphoma and mixed-cellularity Hodgkin's lymphoma: lymph node and extranodal involvement. J. Bras. Patol. Med. Lab., Rio de Janeiro , v. 40, n. 1, p. 33-36, fev. 2004.

BARCELOS, Michelle M. et al. Importância da análise da proteína Pax-5 no diagnóstico diferencial entre linfoma de Hodgkin e linfoma difuso de grandes células B em biópsias de mediastino. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. São Paulo, v. 31, n. 5, p. 341-347, 2009.

BUCCHERI, Valeria. et al. Hodgkin’s lymphoma unmet medical needs in Brazil: experts’ perspective. Brazilian Journal of Health Economics. Aug 2018, Vol. 10 Issue 2, p118-125. 8p.

BOJANOWSKA-POŹNIAK, Katarzyna. et al. Clinical manifestation of malignant lymphomas of the head and neck region. Polish Journal of Otolaryngology. 2017 Dec 30;71(6):14-21.

NETO, Marinho M.S.; JALIL, Emília M.; ARAUJO, Iguaracyra B. Os Linfomas não-Hodgkin extranodais em Salvador-Bahia: aspectos clínicos e classificação histopatológica segundo a OMS-2001. Rev. Bras. Hematol. Hemoter., São José do Rio Preto , v. 30, n. 1, p. 36-40, Feb. 2008.

CALDAS, Flávio A. A. et al. Análise de achados de imagem e alterações clínicas em pacientes com linfoma. Radiol Bras, São Paulo, v. 35, n. 2, p. 71-75, Mar. 2002 .

ESCOVAR, Carlos E.S. Doença de Hodgkin. Rev. Bras. Oncologia Clínica, 2005. Vol. 1 . N.º 5 (Mai/Ago) 35-40.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-280

Refbacks

  • There are currently no refbacks.