Planejamento e construção de mapas conceituais em Zoologia: evidenciando a descrição taxonômica e a divulgação sobre biodiversidade/ Planning and construction of concept maps in Zoology: highlighting the taxonomic description and disclosure about biodiversity

Elineí Araújo de Almeida, Roberto Lima Santos

Abstract


O presente trabalho teve como objetivos destacar elementos didáticos utilizados no estudo de Zoologia, usando a técnica de mapeamento conceitual na dinamização de conteúdos e na construção de um relato para sistematizar a experiência, direcionada à aprendizagem e divulgação sobre a biodiversidade. De forma contextualizada, utilizando exemplos de publicações de relatos diversos, dialogou-se sobre os elementos norteadores da construção final do escrito e, os estudantes direcionaram-se, para um planejamento, seguindo uma organização metodológica fornecida. O relato tem sido estruturado, contendo: a) Título, autores e resumo; b) Informações que fundamentam acerca da caracterização dos organismos em estudo, sobre os aspectos teóricos subjacentes aos mapas conceituais e indicação dos objetivos, na Introdução, c) Descrições sobre o percurso de construção, na Metodologia; d) Exposição sobre os dados obtidos, nos Resultados e Discussões; e) Indicação de reflexões, como exemplo, abordando sobre a formação de habilidades e competências ao lidar com a escrita, de forma estruturada, para compartilhar conhecimentos pensados cientificamente nas interações entre professores e estudantes, compondo, assim, as Considerações Finais. Enquanto atividade de aprendizagem, o relato de experiência agrega valor ao momento pedagógico vivenciado e, ao enfocar sobre grupos de animais explicitados em mapas conceituais, além de representar um elemento a mais para mobilizar ações de divulgação sobre biodiversidade, fornece aos aprendizes um exercício adicional para a sua formação profissional.


Keywords


Ensino em modo remoto, Escrita científica, Mapeamento conceitual, Material instrucional, Relato de Experiência.

References


ACIOLE, D. S. B et al. Mapa conceitual na caracterização da diversidade animal: descrevendo sobre Entoprocta (Kamptozoa). In: IV Congresso Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências, Campina Grande, Paraíba. Anais ... Editora Realize, Campina Grande (PB), 2019.

ACIOLE, D. S. B. et al. Exploring concept maps to understand morphological and taxonomical aspects in Entoprocta. In: SILVA, A. J. N. (Org.) Educação: atualidade e capacidade de transformação do conhecimento gerado. Ponta Grossa: Atena Editora, p. 249-262, 2020.

AGUDELO, O. L.; SALINAS, J. Flexible learning itineraries based on conceptual maps. New Approaches in Educational Research. v. 4. n. 2, p. 70-76, 2015.

AGUIAR, J. G.; CORREIA, P. R. M. Como fazer bons mapas conceituais? Estabelecendo parâmetros de referências e propondo atividades de treinamento. Revista Brasileira de pesquisa em Educação em Ciências, v. 13, n. 2, p. 141-157, 2013.

AGUILAR TAMAYO, M. F. (Coord.). Didactica del mapa conceptual em la educación superior: experiencias y aplicaciones para ayudar al aprendizaje de conceptos. Cuernavaca: Universidad Autónoma del Estado de Morelos (Mexico)/JuanPablo S.A. 2012.

ÅHLBERG, M. Concept mapping as an empowering method to promote learning, thinking, teaching and research. Journal for Educators, Teachers and Trainers. v.4, n.1, p.26-35, 2013.

AMORIM, D. S. Fundamentos de sistemática filogenética. Holos Editora, Ribeirão Preto, 2002.

AMORIM, D. S. Paradigmas pré-evolucionistas, espécies ancestrais e o ensino de zoologia e botânica. Ciência & Ambiente, v. 36, p. 125-150, 2008.

AMORIM, D. S. et al. Diversidade biológica e evolução: uma nova concepção para o ensino de zoologia e Botânica no 2º Grau. In: BARBIERI, M. R.; SICCA, N. A. L.; CARVALHO, C. P. (Orgs.). A construção do conhecimento do professor. Ribeirão Preto: Holos, 2001, p. 41-49.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Zoologia no campo, no laboratório e na bibliografia especializada: trajetória no processo de ensino-aprendizagem. In: ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. (Org.). Ensino de zoologia: ensaios didáticos. João Pessoa: Editora Universitária. p. 11-29. 2007.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. (Coord.). Anais do I Seminário sobre Biodiversidade do DBEZ-UFRN. Natal: EdUFRN, 2008.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Suportes didáticos e científicos na construção de conhecimentos sobre Biodiversidade: ênfase aos conteúdos de zoologia. Experiências em Ensino de Ciências (UFRGS). v. 5, p.1 35-145, 2010.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Registros e divulgação de experiências efetivadas no ensino: práticas motivadoras na trajetória do professor e dos estudantes. Revista Barbante. v. 1, n. 3, p. 1-10, 2012.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Zoologia: diversidade de táxons, de contextualizações e a importância da interdisciplinaridade. In: ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. (Org). Ensino de Zoologia: ensaios didáticos. João Pessoa: Editora Universitária UFPB. p. 31-48. 2007.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Dinamicidade no ensino: exercitando a construção e a divulgação de conhecimentos sobre o percurso da sala de aula. Revista da Sociedade Brasileira de Ensino de Biologia. n. 3, p. 3230-3237, 2010.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Biodiversidade: reflexos positivos no estudo integrado entre Zoologia, Botânica e Ecologia. In: ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. (Org). Ensino de Zoologia: ensaios metadisciplinares. João Pessoa: Editora Universitária UFPB. p. 45-62. 2011b.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Invertebrados negligenciados: implicações sobre a compressão da diversidade e filogenia dos Metazoa. In: ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. (Org.). Ensino de Zoologia: ensaios metadisciplinares. João Pessoa: EdUFPB. p. 135-156. 2011a.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Inovações didáticas no ensino de zoologia: enfoques sobre a elaboração e comunicação de relatos de experiências como atividades de aprendizagem. Brazilian Journal of Development. v. 5, n. 6, p. 6699-6718, 2019a.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Termos filogenéticos contidos em publicações de cunho pedagógico e mapeamento dos conceitos relacionados. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 7, p. 9524-9545, 2019b.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Elaboração e aprimoramento de mapas conceituais sobre táxons zoológicos. Brazilian Journal of Development. v. 6, n. 10, p.83651-83672, 2020.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E.; SANTOS, R. L. Concept maps to promote learning in Zoology. In: CAÑAS, A. J. et al. (Eds.). Concept mapping: Renewing learning and thinking. Proceedings of the Eighth International Conference on Concept Mapping. Medellín, Colombia, p. 318-322, 2018.

AUSUBEL, D. P. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano, 2003.

AUSUBEL, D. P. The acquisition and retention of knowledge: a cognitive view. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2000.

BEZERRA, J. P. S. et al. Concept maps on the Acanthocephala: expanding possibilities for learning and divulging knowledge about animal diversity. In: OLIVEIRA JUNIOR, J. M. B.;

CALVÃO, L. B. (Org.). Tópicos integrados de zoologia. Ponta Grossa: Atena Editora, p. 88-100. 2019.

BRASIL. DECRETO Nº 2.519, DE 16 DE MARÇO DE 1998. Presidência da República Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos, 2019. Disponivel em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/D2519.htm. Acesso em: 28 jul. 2019.

BRUSCA, R. C.; MOORE, W.; SHUSTER, S. M. Invertebrados. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.

BRUSCA, R. C.; MOORE, W.; SHUSTER, S. M. Invertebrates. Sinauer associates, Inc., Publishers Sunderland: Massaschusetts, USA, 2016.

CAÑAS, A. J.; NOVAK, J. D.; REISKA, I. How good is my concept map? Am I a good Cmapper? Knowledge Management & E-Learning, v. 7, n. 1, p. 6-19, 2015.

CORREIA, P. R. M. et al. Por que vale a pena usar mapas conceituais no ensino superior? Revista Graduação USP, v. 1, n 1, p. 1-12, 2016.

CORREIA, P. R. M.; AGUIAR, J. G. Avaliação da proficiência em mapeamento conceitual a partir da análise estrutural da rede proposicional. Ciência & Educação. v. 23, n. 1, p. 71-90, 2017.

DIAS-DA-SILVA, C. D. Potencialidades dos mapas conceituais no processo de ensinoaprendizagem de zoologia. (Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2018.

DIAS-DA-SILVA, C. D.; ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Sugestões didáticas para exploração de mapas conceituais na formação pedagógica: evidenciando conteúdos biológicos. Produtos educacionais do Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2018.

DIAS-DA-SILVA, C. D. et al. Mapas conceituais como ferramenta de aprendizagem sobre grupos de metazoários invertebrados. In: OLIVEIRA JUNIOR, J. M. B.; CALVÃO, L. B. (Org.). Tópicos integrados de zoologia. Ponta Grossa: Atena Editora. p. 77-87, 2019a.

DIAS-DA-SILVA, C. D. et al. Motivações de estudantes para aprendizagem em Zoologia por meio de mapas conceituais. Brazilian Journal of Development. v. 5, n. 20, p. 2675-26734, 2019b.

Di DOMENICO, M. et al. Como metazoários pequenos fornecem pistas para perguntas de larga escala. Boletim da Sociedade Brasileira de Zoologia. v. 37, n. 114, p. 3-5. 2015.

DIOUM, B. Paper presented at the General Assembly of the International Union for the Conservation of Nature and Natural Resources, New Delhi. Seattle Public Library Archive, 1968.

FILGUEIRA, A. et al. Mapping concepts about the taxon Priapulida for research and didactic production in Zoology. In: Zoologia e Meio Ambiente. Ponta Grossa: Atena Editora. (No prelo).

FRANSOZO, A.; NEGREIROS-FRANSOZO, M. L. (Orgs.). Zoologia dos invertebrados. Rio de Janeiro: Roca, 2016.

KINCHIN, I. M. Concept mapping as a learning tool in higher education: a critical analysis of recent reviews. The Journal of Continuing Higher Education. v. 62, n. 1, p. 39-49, 2014.

KINCHIN, I. M.; HAY, D. B. How a qualitative approach to concept map analysis can be used to aid learning by ilustrating patterns of conceptual development. Educational Research, v. 42, n. 1, p. 43-57, 2000.

KINCHIN, I. M.; STREATFIELD, D.; HAY, D. B. Using concept mapping to enhance the research interview. International Journal of Qualitative Methods, v. 9, n. 1, p. 52-68, 2010.

LENZ, G. et al. Concepções de ensino e currículo de zoologia no Brasil. REIEC. v. 12, n. 2, p. 29-40, 2017.

MARINHO, P. H. D. et al. Análise de produções textuais sobre metazoários negligenciados: importância das estratégias didáticas ilustrando os caracteres e o ambiente. Revista da Sociedade Brasileira de Ensino de Biologia. p. 1-7, 2012.

MONTEIRO, N. P. P.; ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. O tema ambiental veiculado por meio de mapas conceituais: ressaltando uma estratégia de ensino. In: SEABRA, G. (Org.). Terra: Paisagens, solos, biodiversidade e os desafios para um bom viver. 1ed. Ituiutaba: Barlavento. p. 1523-1534, 2016.

MOREIRA, M. A. Mapas conceituais como instrumentos para promover a diferenciação conceitual progressiva e a reconciliação integrativa. Ciência e Cultura. v. 32, n. 4, p. 474-479, 2010.

MOREIRA, A. M. Why concepts, why meaningful learning, why collaborative activities and why concept maps? Aprendizagem Significativa em Revista/Meaningful Learning Review. v. 1, n. 3, p. 1-11, 2011.

NOVAK, J. D. Apreender, criar e utilizar o conhecimento: mapas conceptuais como ferramentas de facilitação nas escolas e empresas. Lisboa: Plátano edições técnicas, 1998.

NOVAK, J. D.; CAÑAS, A. J. The origin of the concept mapping tool and the continuing Evolution of the tool. Information Visualization Journal, v. 5, n. 3, p. 175–184, 2006.

NOVAK, J. D.; CAÑAS, A. J. The theory underlying concept maps and how to construct and use them. Pensacola, FL: Institute for Human and Machine Cognition. Retrieved, 2008.

NOVAK, J. D.; CAÑAS, A. J. A teoria subjacente aos Mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Práxis Educativa. v. 5, n.1, p. 9-29, 2010.

NOVAK, J. D.; CAÑAS, A. J. A teoria subjacente aos mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Práxis Educativa. v. 5, n. 1, p. 9-29, 2010.

NOVAK, J. D. E.; GOWIN, D. B. Aprender a aprender. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 1996.

PASSEGGI, M. C. Narrativas da experiência na pesquisa-formação: do sujeito epistêmico ao sujeito biográfico. Roteiro. v. 41, n. 1, p. 67-86, 2016.

RAPHAEL, M. G.; MOLINA, R. (ed). Conservation of rare or little-known species: biological, social, and economic considerations. 1 ed Washington: Island Press, 2007.

RICHTER, E. et al. Ensino de zoologia: concepções e metodologias na prática docente. Ensino & Pesquisa. v. 15, n. 1, p. 27-48, 2017.

RUDMAN, W. B. Kamptozoa. Disponível em www.seaslugforum.net/factsheet/kamptozoa. 2006. Acesso em 23-out-2019.

SALVIANO, M. C. M. et al. Percepção ambiental de grupos sociais sobre a Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) em uma instituição de ensino superior, no Nordeste do Brasil. Brazilian Journal of Development. v. 6, n. 8, p.59397-59411, 2020.

SANTOS, R. L. Direito Ambiental, conservação da biodiversidade e ensino de Zoologia. In: ARAÚJO-DEALMEIDA, E. (Org.). Ensino de Zoologia: ensaios metadisciplinares. João Pessoa: EdUFPB. p. 209-225, 2011.

SAUL, A. M. Uma prática docente inspirada no “jeito de ser docente” de Paulo Freire, Rizoma Freireano. n. 12, p. 1-11, 2012.

SOUZA, M. F.; ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Portfólio como instrumento de autoavaliação e autorreflexão formativa para a docência no ensino superior. In: VI Congresso Nacional de Educação., Campina Grande, Paraíba. Anais ... Editora Realize, Maceió (AL), 2019.

SOUZA, M. F.; SANTOS, R. L; ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Mobilização para aprendizagem acerca de documentos legais norteadores da educação no Brasil. Gestão Escolar, Políticas Públicas (Série Educar, Vol. 6). Belo Horizonte: Editora Poisson. p. 113-120, 2020.

STANISAVLJEVIĆ, J. D; STANISAVLJEVIĆ, L. Ž. The Application of concept maps in teaching invertebrate zoology. In: KRÜGER, D.; EKBORG, M. (Eds.). Powerful tools for learning in biology. Berlin: Freie Universität Berlin, 2014.

SUÁREZ, D. H. A documentação narrativa de experiências pedagógicas como estratégia de pesquisa-ação-formação de docentes. In: PASSEGGI, M. C.; BARBOSA, T. M. N. (Org.). Narrativas de formação e saberes biográficos. Natal: EdUFRN, 2008.

SUÁREZ, D. H. Relatos de experiencia, saber pedagógico y reconstrucción de la memoria escolar. Educação em Revista. v. 27 n. 1, p. 387-416, 2011.

SUÁREZ, D. H.; FLORES, J. I. La investigación narrativa, la formación y la práctica docente. Revista del IICE. n. 41, p. 5-14, 2017.

WERLANG, R. B. Mapas conceituais esqueletos: instrumento para avaliar o processo de ensino-aprendizagem. Experiências em Ensino de Ciências, v. 8, n. 2, p. 126-140. 2013.

XAVIER, T. J. S. et al. Caracterizando o grupo Tardigrada por meio de mapa conceitual: reflexões sobre a investigação efetivada. In: IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino de Ciências, Campina Grande, Paraíba. Anais ... Editora Realize, Campina Grande (PB). p.1-10. 2019.

XAVIER, T. J. S. et al. Report on a learning experience regarding mapping of descriptive concepts about Tardigrada. MENDES, L. N. (Org.). Proficiência no conhecimento zoológico. Ponta Grossa: Atena Editora. p. 115-127, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-258

Refbacks

  • There are currently no refbacks.