Intolerância Religiosa Na Escola E Formação Docente – a influência do pentecostalismo no preconceito racial e religioso escolar / Religious Intolerance In School And Teaching Training - the influence of Pentecostalism on school racial and religious prejudice

Otávio Barduzzi Rodrigues da Costa

Abstract


 Procura-se com o presente artigo verificar como a crença neopentecostal dos educadores e a má-formação provinda de inúmeras IES surgidas nos últimos anos, nos cursos de pedagogia tem relação com o aumento de denúncias de preconceito contra a cultura negra e indígena e do não tratamento destas questões no ensino fundamental. Nosso objetivo é duplo, primeiro pesquisar a formação de professores em IES que tem se multiplicado nos últimos anos tem baixa qualidade, e que tal falta de formação crítica, impacta na manutenção do preconceito racial religioso na escola.


Keywords


preconceito na escola, formação docente, intolerância religiosa.

References


BRASIL, Lei de Diretrizes e Bases da educação . Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. BRASIL. Documento Base. I Conferencia Nacional de Juventude. Outubro de 2007. Brasília: 2007. Disponível em: http://www.acaoeducativa.org.br/portal/images/stories/pdfs/1a%20conferencia%20naci onal%20de%20juventude%20-%20documento%20base.pd. Acesso em: 16 abril de 2013.

BRASIL. Lei 12.593, institui o Estatuto da Juventude e dispõe sobre os direitos dos jovens, os princípios e diretrizes das políticas públicas de juventude e o Sistema Nacional de Juventude - SINAJUVE. Diário Oficial da União. Brasília, 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12852.htm. Acesso em: 23 nov. 2016.

IBGE-2010, Dados estatísticos sobre religião no Brasil, ftp://ftp.ibge.gov.br/Censos/Censo_Demografico_2010/Caracteristicas_Gerais_Religiao_Deficiencia/tab1_4.pdf,

BRASIL. Lei Federal n° 10.639/03 Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileiras e Africanas. Brasília, 2004: Conselho Nacional de Educação.

CAMPBELL, J. Mitos, sonhos e religião. Trad. Ângela Lobo de Andrade e Bali Lobo de Andrade. Rio de Janeiro: Ediouro, 2001.

GATTI, B. A. Formação de professores no Brasil: Características e problemas. Educação & Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1355-1379, out./dez. 2010.

HINKELAMMERT, Franz J. Hacia una crítica de la razón mítica: el labirinto de la modernidade. México: Editorial Driada, 2008.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Sinopse Estatística da Educação Superior - 2011. Brasília: INEP. 2011. Disponível em: . Acesso em 14/02/2017

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean; SIMAN, Lana Mara de Castro. A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

LÉDA, Denise; MANCEBO, Deise. REUNI: heteronomia e precarização da universidade e do trabalho docente. Educação & Realidade, vol. 34, n. 1, p. 49-64, já./ abr. 2009.

LIBÂNEO. José Carlos. O dualismo perverso da escola pública brasileira: escola do conhecimento para os ricos, escola do acolhimento social para os pobres. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 1, p. 13-28, 2012.

LIMA, Maria Nazaré Mota de (org.). Escola plural: a diversidade está na sala: formação de professores em história e cultura afro-brasileira e africana. 2. ed. São Paulo: Cortez; Brasília: UNICEF; Salvador, BA, 2006.

MACEDO, Edir & OLIVEIRA, Carlos. Plano de poder: Deus, os cristãos e a política. Ed. Thomas Nelson. 2008

NOGUEIRA, O. 1985 Tanto preto quanto branco; estudos de relações raciais, São Paulo-SP , Edusp.

QUARESMA, M. R. . Expansão dos Cursos de Pedagogia no Brasil. In: II Congresso Lusobrasileiro História da Educação, 2000, Coimbra. Resumos. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2000. p. 164.

SOUSA e SILVA, J. Por que uns e não outros?: Caminhada de jovens pobres para a universidade. Rio de Janeiro: 7 Letras,




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-229

Refbacks

  • There are currently no refbacks.