Disponibilização de dados cartográficos através de geoportais nos municípios do Paraná / Availability of cartographic data through geoportals in the municipalities of Paraná

Mateus Grochoski Felini, Oseias da Silva Martinuci

Abstract


O presente artigo tem como objetivo principal analisar a disponibilização de dados cartográficos pelo poder público municipal no estado do Paraná. Para tanto, reconhece-se que atualmente, devido ao desenvolvimento tecnológico, em especial as redes de comunicação e informação digitais, o meio mais eficiente para essa disponibilização é a internet. O meio específico através do qual os municípios têm alcançado maior êxito nessa tarefa é o Geoportal, ambiente online no qual são exibidas camadas de dados na forma de representações cartográficas. Estas camadas comumente espacializam os principais serviços públicos, como unidades de saúde e escolas, e políticas públicas, como as leis de ordenamento do território. O Geoportal, portanto, constitui-se em uma ferramenta que aumenta a transparência da informação pública de modo geral e a da informação cartográfica de modo específico. O aumento da transparência, disponibilização e acessibilidade dos dados cartográficos municipais cria um potencial de fortalecimento da cidadania, uma vez que as informações territoriais, de interesse geral, podem ajudar a qualificar os espaços de debates públicos, formais e informais, e aprimorar as ações municipais. Ao analisar a situação dos municípios paranaenses, percebeu-se que apenas 6% dos 399 possuem Geoportais. Ao comparar com a distribuição da população pelo estado, nota-se que há uma tendência mais forte, de existência desta ferramenta, em cidades maiores. Entretanto, é possível observar municípios com grande contingente populacional sem a presença deste recurso, assim como municípios menores cujas prefeituras o disponibilizam à população. Isso indica que a ferramenta, por mais sofisticada que possa parecer não depende diretamente de tamanho populacional, assim, como do nível das receitas municipais. Longe de ser considerado como um gasto, a existência de informações cartográficas municipais consistentes e sua disponibilização à sociedade, pode fortalecer as receitas públicas e melhorar a eficiência de sua destinação.


Keywords


Cartografia, Municípios, Cidadania.

References


BALCHIN, W. G. V. Graficacia. Geografia, 5(3), p. 1-13, abr. 1978.

BAUMANN, Z. Tempos líquidos. Rio de Janeiro: Zahar, 2007.

BRASIL. Constituição Federal. 1988.

BROTTON, J. Uma história do mundo em doze mapas. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

BUSSI, M. Géographie, démocratie et participation. Géocarrefour, 76 (3), 2001, p. 265-272.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. 19. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2018.

CRAMPTON, Jeremy W.; KRYGIER, John. An introduction to critical cartography. ACME: An International E-journal for Critical Geographies, v. 4, n. 1, p. 11-33, 2005.

GUALBERTO, M.; MARTINUCI, O. S.; LIBORIO, M.; LAUDARES, S. Sistemas baseados em localização. Espaço e Geografia, v. 20, n. 2, 2017, p. 437-470.

HABERMAS, J. teoria do agir comunicativo. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012.

HARLEY, J. B.; WOODWARD, D. History of Cartography. UCP: Chicago, 1987.

LEVY, J. O que é virtual?. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2011.

MATIAS, V. R. S.; DUARTE, M. B. Análise da política pública de governo eletrônico na Região Metropolitana de Belo Horizonte-MG. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 12, p. 33224-33247, 2019.

RADDATZ, V. L. S. Direito à informação para o exercício da cidadania. Revista Direitos Culturais, v. 9, n. 19, p. 108-117, 2015.

RAFFESTIN, C. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

SANTOS, M. Natureza do espaço. 4. ed. São Paulo: Edusp, 2008.

SANTOS, M. O papel ativo da geografia: um manifesto. Revista Território, v. 5, n. 9, p. 103-109, 2000.

SANTOS, Milton. O espaço do cidadão. 7. ed. São Paulo: Edusp, 2007.

TEIXEIRA, A.; BRANDÃO, E. J. R. Internet e democratização do conhecimento: repensando o processo de exclusão social. RENOTE, v. 1, n. 1, 2003.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-181

Refbacks

  • There are currently no refbacks.