A inserção da mulher advogada no cenário jurídico macapaense sob a ótica do princípio da isonomia / The insertion of the woman lawyer in the macapaense legal scene from the perspective of the principle of isonomy

Lohana da Silva Caetano, Kátia Paulino dos Santos

Abstract


Por muitos anos a formação intelectual jurídica no Brasil esteve centrada na ótica masculina e eurocêntrica. Para transpor as barreiras históricas e culturais e atingir sucesso profissional, fez-se necessário a adoção de um conjunto de medidas estratégicas, a fim de estabelecer diretrizes de orientação e estímulo à igualdade de gênero. Neste sentido, este trabalho traçou como objetivo analisar os avanços e desafios da inserção da mulher advogada no cenário jurídico macapaense e seus reflexos na realidade das advo-gadas sob a ótica do princípio da isonomia. Trata-se de um estudo desenvolvido por meio de pesquisa qualitativa, com técnicas de pesquisa de campo, realizada por meio de entrevistas e observação in loco. Inicialmente, tratou-se da atuação da mulher no cenário jurídico brasileiro, onde se ressalta a discriminação de gênero no mercado de trabalho, bem como estatísticas e estratégias nacionais de inclusão da mulher no cenário jurídico. Buscou-se evidenciar a atuação da mulher advogada no cenário jurídico macapaense, a partir da análise das entrevistas e do estudo bibliográfico, restando evidente que a mu-lher advogada macapaense possui conquistas expressivas, mas muitos óbices precisam ser transpostos para se alcançar a igualdade material.


Keywords


Mulher advogada, cenário jurídico macapaense, princípio da isonomia, discriminação.

References


BAYLÃO, André Luis da Silva; SCHETTINO, Elisa Mara Oliveira. A inserção da mulher no mercado de trabalho brasileiro. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 11., 2014. Disponível em: . Acesso em 16 abr.2019.

BRAGA, Sergio Pereira; DRUMOND, Isabella Nogueira Paranaguá de Carvalho. A advogada na contemporaneidade e o papel da OAB na implementação de políticas públicas voltadas para a redução das diferenças de gênero. Paraná: CONPEDI, 2016. Disponível em: . Acesso em: 08 nov. 2019.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988.

______. Decreto nº. 21.076, de 24 de fevereiro de 1932; que decreta o Código

GONÇALO, Jacqueline. Mulheres no Direito: A evolução da participação feminina no ambiente jurídico brasileiro. Revista online Marketing com Café, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 abr.2019.

PROTEANO, Vanessa Fogaça. A atuação feminina no mundo jurídico. Jornal Gazeta do Povo, 2013. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2019.

RODRIGES, Júlia. A construção histórica e cultural do gênero feminino e a valorização do trabalho da mulher. In: Encontro Nacional da Rede Feminista e Norte e Nordeste de Estudos e Pesquisa sobre a Mulher e Relações de Gênero, 17., 2012. 27 p. Disponível em: http://www.ufpb.br/evento/lti/ocs/index.php/17redor/17redor/paper/viewPDFInterstitial/241/108>. Acesso em: 14 abr. 2019.

SIMÕES, Ana Paula Arrieira; MELLO, Kauana Andriele de. A discriminação de gênero no ambiente de trabalho: particularidades e efeitos do assédio moral contra as mulheres. In: Seminário Internacional: Demandas sociais e políticas públicas na sociedade contemporânea, 12., 2016. Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2019.

SORG, Letícia. Deixem a Cármen Lúcia – e todas as mulheres – falar. Jornal Estadão. 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 mai. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-178

Refbacks

  • There are currently no refbacks.