Utilização da ferramenta Ground Penetrating Radar (GPR) e da modelagem 3-D para a detecção da interface de interação água doce/salgada da Vila do Bonifácio, Praia de Ajuruteua (Bragança-PA)/ Use of the Ground Penetrating Radar (GPR) tool and 3-D modeling to detect the sweet/salt interaction interface in Vila do Bonifacio, Praia de Ajuruteua (Bragança – PA)

Evandro de Oliveira Brito, Paola Bianca Gomes Tabaranã Franco, Pedro Andrés Chira Oliva

Abstract


Nas áreas costeiras, a problemática da intrusão da cunha salina muitas vezes impossibilita a utilização da água subterrânea para consumo público, com isso tem-se a necessidade de se determinar com precisão a interface da água doce/água salgada, com intuito de se preservar a qualidade desse recurso hídrico subterrâneo para um desenvolvimento equilibrado e duradouro. O estudo da forma, localização e variação temporal desta interface é de extrema importância para exploração das águas subterrânea. A qualidade dessas águas é bastante susceptível a contaminação por atividades socioeconômicas, uso e ocupações do solo, provocando a contaminação desses aquíferos, que esta se tornando cada vez mais comum. Atualmente, uma problemática que está se tornando de certa forma comum, é a salinização total ou parcial dessas reservas, principalmente nas regiões litorâneas. Nessas regiões a contaminação geralmente é persistente, mas a recuperação da qualidade dessas águas é muito lenta e bastante difícil. Por isso a preservação da qualidade desses reservatórios é bastante importante, formando um quadro de equilíbrio ecológico e de fonte duradoura.Na microrregião Bragantina, mais especificamente na Vila dos Pescadores (NE do Pará), encontramos um abastecimento muito precário de água. Os moradores dessa vila utilizam poços estilo amazonas com uma profundidade muito rasa, o que possibilita a contaminação por dejetos provenientes de fossas sépticas e da intrusão salina. O uso dos métodos geofísicos é uma alternativa rápida e de baixo custo para o diagnóstico ambiental dessas regiões. Através dos radagramas gerados pelo Ground Penetrating Radar (GPR) e da modelagem 3-D das duas áreas de estudo próximos da Vila dos Pescadores (Bragança, Pará), pode-se realizar o mapeamento dessa problemática. Estas áreas de estudos correspondem ao campo de futebol e a praia próxima da Vila do Bonifácio. A identificação do lençol freático neste ambiente estudado foi clara, principalmente nos primeiros perfis do levantamento no que correspondem à praia. Foi possível verificar a presença da intrusão salina que devido ao elevado valor de condutividade elétrica, causou forte atenuação da onda eletromagnética e por este motivo pode ser mapeada.


Keywords


Intrusão da cunha salina, Água subterrânea, Radagrama, Ground Penerating Radar (GPR), Modelagem 3-D, Lençol freático, Onda eletromagnética.

References


Andréini, J.-C., Bard, E., Bauquis, p.-R., Béraud, J.-J., Blazy, P., Cases, J.-M., Chaudison, M., Giafferi, J.-L., Marchand, A., Marty, B., Masset, J.-M., Poirier, J.-E., Pointet, T., Ricour, J., Samama, J.-C., Tisot, J.-P., Understanding the future: Gesociences. Ecole Nationale Superieure de Geologic press. Editions Hirlé, Paris, 197 pp. 2008.

BRASIL. AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS. Superintendência de Planejamento de Recursos Hídricos. Brasília, (não publicado).

Almeida, G. M.; Silva, G. C. J. Fatores Hidrogeológicos no Estudo da Intrusão Salina em Aquíferos Costeiros da Região Litorânea do Município de Maricá-RJ. Anuário do Instituto de Geociências – UFRJ, 2007.

Alves M.M., EL-Robrini, M. Morphodynamics of a Macrotidal Beach: Ajuruteua, Bragança North Brazil. Journal of Coastal Research. SI39:949-951. 2006.

Appelo , C. A. J.; Postma. D. Geochemistry, Ground water and Pollution. 2005

Aquino, W. F., Botelho, M. A. B., Gandolfo, O. C. B.. Emprego de geo-radar na detecção de intrusão salina e na identificação de estruturas geológicas em áreas litorâneas. X Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, 1998.

Barletta, M., Barletta-Bergan, A., Saint-Paul, U., Hubold, G. The role of salinity in structuring the fish assemblages in a tropical stuary.Journal of Fish Biology. 66: 45-72. 2005.

Brasil. Portaria Ministério da Saúde nº 518 de março de 2004. Estabelece os procedimentos e responsabilidades relativos ao controle e vigilância da qualidade da agua para o consumo humano e seu padrão de potabilidade, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 26 de março de 2004.

Carneiro, D. B., Barboza, M. S. L., Menezes, M. P. Plantas Nativas na Vila dos Pescadores da Reserva Extrativista Marinha Caeté-Taperaçu Pará, Brasil. Acta bot. Brás. 24 (4): 1027 – 1033. 2010.

Cohen, M. C. L., Lara, R. J., Ramos, J. F. F., Dittmar, T. Factors influencing the viability of Mg, Ca and K in Waters of mangrove creek in Bragança, North Brazil. Mangr. Salt Marsh, 3: 9–15, 1999.

Cruz, A.; Silva Júnior, G. C. Spatial and temporal hydrochemical behavior of Piratininga coastal aquifer, Niterói City, Brazil.In: SALT WATER INTRUSION MEETING, 19, Cagliari, Italy, 2006. Proceedings of the 19th SWIM, v. 1, p. 12-18. 2006.

Davis J.L., Annan A.P. Ground penetrating radar for high resolution mapping of soil and rock stratigraphy. Geophysical Prospecting, Vol.37: 531-551. 1989.

Dias, E. R. F., Medeiros, A. R. C., Gouvêa, J. L., Nunes, Z. M. P. Aplicação do método eletromagnético na determinação da interface água doce, água salgada na Vila do Bonifácio, Bragança – PA. Congress of the Brazilian Geophysical Society. Rio de Janeiro. 2007.

GOCAD, Gocad 2.5.2. user’s guide.: GOCAD consortium (France). 2008.

Glaser, M. Interrelations between mangrove ecosystem, local economy and social sustainability in Caeté Estuary, North Brazil.Wetlands Ecology and Management, 11, p. 265–272.2003.

Krause, G., Glaser, M., Soares, C., Torres, D., Blandtt, L., Cunha, F. D. Coastal Dynamics and Socio-Economic Implications.In: Proceedings of the German-Brazilian Workshop on Neotropical Ecosystems. 997-1000 p, 2000.

Krause, G.; Glaser, M. Co-evolução geomorfológica e dinâmica socioeconômica em uma vila de pescadores da Região Costeira Bragantina. (Pará, Norte do Brasil). Ocean & Coastal Management. 46, p. 859-874. 2003.

Knight, R. Ground penetrating radar for environmental applications.Annual Review of Earth and Planetary Sciences. 29: 22-255, 2001.

Luiz, J.G. O método do Georadar. Belém. Universidade Federal do Pará. Depto. de Geofísica, (Atualizado em Julho de 2012), 2008.

Mallet, J.L., Discreet smooth Interpolation in Geometric Modeling. Computer – Aided Design, 24, No. 4, pp. 177-191. 1992.

Martorano, L. G., Pereira, L. C., Cezar, E. G. M., Pereira, I. C. B. Estudo Climatológico do estado do Pará, classificação climática (Köppen) e deficiência hídrica. Thorntwhite, Mather. SUDAM/EMBRAPA. Belém. 53p. 1993.

Monteiro, M. C., Pereira, L. C. C., Guimarâes, D. O., Costa, R. M. Ocupação Territorial e Variações Morfológicas em uma Praia de Macromaré do Litoral Amazônico, Ajuruteua-PA, Brasil. Revista da Gestão Costeira Integrada. 9 (2): 91-99, 2009.

Paiva, A. L. R.. Modelagem Computacional e análise da salinização dos aquíferos na área central de Recife. 2004. 146 f. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil. Universidade Federal de Pernambuco, 2004.

Pereira, L.C. C; Ribeiro, M. J. S; Guimarães, D. O; Souza-Filho, P. W.M.; COSTA, R. M. Formas de uso e ocupação na praia de Ajuruteua-Pará (Brasil). Desenvolvimento e Meio Ambiente. Nº 13, p. 125-136.2006a.

Pereira, L. C. C; Souza-Filho, P. W. M; Ribeiro, M. J. S; Pinheiro, S. C. C; Nunes, Z. M. P; Costa, R. M. Dinâmica socioambiental na Vila dos Pescadores (Amazônia Oriental, Pará, Brasil). Desenvolvimento e Meio Ambiente. Nº 13, p. 125-136. 2006b.

Pinto, G. P. O método GPR aplicado à localização de tubulações utilizadas no abastecimento de água na região urbana do município de Belém – Pará. 2010. 96p. Dissertação (Mestrado em Geofísica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2010.

Press, F.; Siever, R.; Grotzinger, J.; Jordan, T.H. Para entender a Terra. 4 ed. Rio Grande do Sul: Bookman, 2006.

Porsani, J. L. Ground Penetrating Radar (GPR): proposta metodológica de emprego em estudos geológico-geotécnicos nas regiões de Rio Claro e Descalvado- SP. 145f. UNESP, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Campos de Rio Claro. Tese de Doutorado em Geofísica. 1999.

Raiol, A. Metodologias geofísicas e hidrogeoquímicas aplicadas à prospecção de água subterrânea em ambiente de intrusão salina na Vila de Algodoal - PA. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Geofísica, Universidade Federal do Pará, Belém, Brasil, 2008.

REYNOLDS, J.M. An introduction to applied and environmental geophysics. Nova York: John Willey & Sons, 806 p. 1997.

Rossetti, D. F. Goés, A. M. Souza, L. S. P. Estratigrafia da sucessão sedimentar Pós-Barreiras (Zona Bragantina – Pará) com base em radar de penetração do solo. 2002.

Santos, A. A. Shiraiwa, S. Silvino, A. N. O. Silva, W. T. P. Silva, N. A. Silveira, A. Migliorini, R. B. Comparação entre a investigação da água subterrânea e radar de penetração do solo (GPR) na área do aterro sanitário de Cuiabá (MT). Revista Brasileira de Geociências. 2009.

Silva, M. S. Morfoestratigrafia e evolução holocênica costeira de Salinópolis, Nordeste do Estado do Pará. 145f. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Pará. Belém. Pará. 1996.

Silva, B. T. A.; Gomes, C. C. Intrusão marinha em poços de explotação de água subterrânea, na beira-mar de fortaleza – Ceará. XVII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. São Paulo, 2007.

Souza-Filho, P. W. M. Influência das variações do Nível do Mar na Morfoestratigrafia da Planície Costeira Bragantina (NE do Pará) durante o Holoceno. 123f. Tese de Mestrado. Universidade Federal do Pará. Pará.1995.

Souza-Filho, P. W. M. & El-Robrini, M. Morfologia, Processos de Sedimentação e Litofáceis dos Ambientes Morfosedimentares da planície Costeira Bragantina, Nordeste do Pará (Brasil). Geonomos, 4 (2): 1-16, 1996.

Soares, M. J. S. Aplicação de Ferramentas Geofísicas no Diagnóstico Geoambiental. Expanded Abstracts.10th International Congress of the Brazilian Geophysical Society. Rio de Janeiro. 19-22p. 2007.

Sousa Pinto, N. L. Águas Subterrâneas. In: Sousa Pinto, N. L.; Holtz. A. C. T.; Martins, J. G; Gomide, F. L. S. 1976. Hidrologia Básica. São Paulo. Ed. Blüncher, 1976.

TODD, D. K. Groundwater Hidrology. Vol. 2.1980.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-170

Refbacks

  • There are currently no refbacks.