Com o aumento do desemprego, número de inadimplentes continua crescendo no Brasil / With the increase in unemployment, the number of defaults continues to grow in Brazil

Leucivaldo Carneiro Morais, Valério Gonçalves de Matos, Caio Maqueise Alecio Pinheiro, Kliver Moreira Barros, Letícia Furtado Rodrigues Carneiro

Abstract


Nos últimos anos tivemos um crescimento econômico aliado à ampliação de créditos principalmente para a população das classes C e D, o que elevou consideravelmente o poder de compras dessas pessoas, o que aqueceu novamente a economia e consequentemente o aumento do consumo, mais temos que lembrar que tudo em excesso pode gerar problemas futuros, foi o que aconteceu com muitas pessoas se endividaram e atualmente encontra-se em inadimplentes, pois gastaram mais do que ganharam, outro motivo principal foi o aumento do desemprego o que ocasionou milhares de demissões o que veio ocasionar o não cumprimento das obrigações financeiras. Dada a importância das consequências econômicas e sociais do endividamento das famílias é crucial acompanhar a tendência do endividamento e proceder a um estudo sistemático da natureza e dimensão do mesmo. Esse texto tem como metodologia bibliográfica, mostrando os motivos que levaram milhares de pessoas a ser tornarem inadimplentes em todo país.


Keywords


Consumismo, desemprego, inadimplência.

References


IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística: Desemprego cai, mas total de pessoas que não trabalham nem procuram vaga é recorde, Folha de São Paulo, 2018.

PEIC- Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor: Campo Grande – MS, Agosto 2018.

Serasa Experian: Perfil dos consumidores inadimplente brasileiro, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-159

Refbacks

  • There are currently no refbacks.