Análise de mapas conceituais sobre táxons animais pouco conhecidos: Cycliophora, Kinorhyncha e comunicação sobre biodiversidade / Analysis of concept maps about little-known animal taxa: Cycliophora, Kinorhyncha and communication on biodiversity

Guilherme Marques da Cunha, Douglas de Souza Braga Aciole, Anne Albuquerque Filgueira, Thiago Jesus da Silva Xavier, Ruann Ramires Nunes Paiva, Roberto Lima Santos, Elineí Araújo de Almeida

Abstract


Como forma de promover compreensões acerca de organismos negligenciados no ensino, os objetivos do trabalho foram analisar dois mapas conceituais propostos como conteúdo síntese, para explorar conhecimentos básicos sobre dois táxons de linhagens diferentes, Cycliophora e Kinorhyncha. Seguindo elementos de análise de mapas conceituais a partir de critérios estabelecidos para o momento de mapear conceitos, alguns descritores foram investigados. As contribuições deste estudo levam em conta que, sendo os mapas conceituais uma ferramenta que sintetiza, organiza, provoca questionamentos e curiosidades, com a análise desses dispositivos, os conteúdos explorados sobre os organismos se tornam mais compreendidos e, assim, tornando os táxons mais conhecidos. A partir da montagem de um quadro de análise sobre os dois táxons em estudo, é possível ter um modelo de investigação comparada sobre a diversidade biológica mapeada conceitualmente, promovendo a divulgação sobre a biodiversidade.


Keywords


Biodiversidade, fauna negligenciada, invertebrados, mapeamento conceitual.

References


ACIOLE, D. S. B. et al. Exploring concept maps to understand morphological and taxonomical aspects in Entoprocta. In: SILVA, A. J. N. (Org.) Educação: atualidade e capacidade de transformação do conhecimento gerado. Ponta Grossa, PR: Atena, 2020, p. 249-262.

ACIOLE, D. S. B. et al. Mapa conceitual sobre o táxon Cycliophora evidenciando aspectos da construção do conhecimento. In: Anais do I Congresso Internacional de Sociedade e Meio Ambiente e III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido. Campina Grande, Brasil: Realize Eventos e Editora, 2019.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E.; SANTOS, R. L. Concept maps to promote learning in zoology. In: CAÑAS, A. J. et al. (Eds.). Proceedings of the Eighth International Conference on Concept Mapping. Medellín, Colombia, p. 318-322, 2018.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Invertebrados negligenciados: implicações sobre a compressão da diversidade e filogenia dos Metazoa. In: ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. (Org.). Ensino de Zoologia: ensaios metadisciplinares. João Pessoa/PB: Ed.UFPB, 2011, p. 135-156.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Inovações didáticas no ensino de zoologia: enfoques sobre a elaboração e comunicação de relatos de experiências como atividades de aprendizagem. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 6, p. 6699-6718, 2019.

ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. et al. Elaboração e aprimoramento de mapas conceituais sobre táxons zoológicos. Brazilian Journal of Development. v. 6, n. 10, p. 83651-83672, 2020.

BEZERRA, J. P. S, et al. Concept maps on the Acanthocephala: enpanding possibilities for learning and divulging knowledge about animal diversity. In: OLIVEIRA JUNIOR, J. M. B.; CALVÃO, L. B. (Org.). Tópicos integrados de Zoologia. 1 ed Atena Editora: Ponta Grossa, 2019, p. 77-87.

BRUSCA, R. C.; MOORE, W.; SHUSTER, S. M. Invertebrados. 3ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.

CAÑAS, A. J.; NOVAK, J. D.; REISKA, P. How good is my concept map? Am I a good Cmapper? Knowledge Management & E-Learning (KM&EL), v. 7, n. 1, 6-19, 2015.

CORREIA, P. R. M. et al. Por que vale a pena usar Mapas conceituais no ensino superior? Revista Graduação USP, v. 1, n 1, p. 1-12, 2016.

DA SILVA, L. O.; ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Percepção Ambiental e Sentimento de pertencimento em Área de Proteção Ambiental Litorânea no Nordeste Brasileiro. Revista Eletrônica Mestrado Educação Ambiental, v. 33, n. 1, p. 192-212, 2016.

DIAS-DA-SILVA, C. D.; ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. Sugestões didáticas para exploração de mapas conceituais na formação pedagógica: evidenciando conteúdos biológicos. Produtos educacionais do Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2018.

Di DOMENICO, M. et al. Como metazoários pequenos fornecem pistas para perguntas de larga escala. Boletim da Sociedade Brasileira de Zoologia, Curitiba, v. 37, n. 114, p. 3-5. 2015.

FILGUEIRA, A. A. et al. Mapping concepts about the taxon Priapulida for research and didactic production in Zoology. In: Zoologia e Meio Ambiente. Ponta Grossa: Atena Editora. (No prelo, 2021).

FRANSOZO, A.; NEGREIROS-FRANSOZO, M. L. (Orgs.). Zoologia dos invertebrados. Rio de Janeiro: Roca, 2016.

HEINZE-FRY, J. Applications of concept mapping to undergraduate general education science courses. In: CAÑAS, A.; NOVAK, J. D.; GONZÁLEZ, F. M. (Eds). Proceedings of the First International Conference on Concept Mapping, Pamplona, Spain, 2004.

KINCHIN, I. M. Concept mapping as a learning tool in higher education: a critical analysis of recent reviews. The Journal of Continuing Higher Education, v. 62, n. 1, p. 39–49, 2014.

KINCHIN, I. M. et al. Researcher-led academic development. Journal for Academic Development, v. 23, n. 4, p. 339-354, 2018.

MARÍN, Y. A. O. O ensino da biodiversidade: tendências e desafios nas experiências pedagógicas. Revista Góndola, Enseñanza y Aprendizaje de las Ciencias, v. 12, No. 2, p. 173-185, 2017.

NOVAK, J. D.; CAÑAS, A. J. A teoria subjacente aos Mapas conceituais e como elaborá-los e usá-los. Práxis Educativa, v. 5, n.1, p. 9-29, 2010.

UNITED NATIONS. Convention on biological diversity. 1992. https://www.cbd.int/convention/text/.

OLIVEIRA, L. L. et al. Destaques à técnica de mapeamento conceitual no estudo sobre o táxon Kinorhyncha. In: Anais do I Congresso Internacional de Sociedade e Meio Ambiente e III Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido. Campina Grande, Brasil: Realize Eventos e Editora, 2019.

SANTOS, R. L. Direito ambiental, conservação da biodiversidade e ensino de Zoologia. In: ARAÚJO-DE-ALMEIDA, E. (Org.). Ensino de Zoologia: ensaios metadisciplinares. 3 ed. João Pessoa/PB: EdUFPB. p. 209-225. 2011.

SANTOS, M. E. M.; MONTEIRO, I. P. Biodiversidade no limite: mecanismos para a proteção da diversidade biológica. Revista CEDS, n. 8, p. 1-14, 2018.

SEIFFERT SANTOS, S. C.; FACHÍN-TERÁN, A. O planejamento do ensino de zoologia a partir das concepções dos profissionais da educação municipais em Manaus-Amazonas, Brasil. Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciencias, v. 8, n. 2, p. 1-13, 2013.

SIQUEIRA, G. C. et al. Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC), formação de professores e conteúdos de Zoologia: um mapeamento em publicações nacionais no âmbito do Ensino de Ciências. Research, Society and Development, v. 9, n.7, e617974496, 2020.

XAVIER, T. J. S. et al. Report on a learning experience regarding mapping of descriptive concepts about Tardigrada. MENDES, L. N. (Org.). Proficiência no conhecimento zoológico. Ponta Grossa, PR: Atena, 2020, p. 115-127.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-092

Refbacks

  • There are currently no refbacks.