Hitler: Como um alto QI domina e convence e como um transtorno derruba / Hitler: How a high QI dominates and convinces and how a disorder overturns

Fabiano de Abreu Rodrigues, Ueldison Alves de Azevedo

Abstract


O objetivo deste estudo é avaliar, de forma imparcial, a relação entre Adolf Hitler, líder do partido Nazista, Chanceler do Reich e Führer da Alemanha com o seu povo. Como o ditador conseguiu convencer uma população, conquistar diversos territórios e cometer suicídio em sua derrota. Vamos relatar através deste artigo sua personalidade e nível de inteligência para conseguir manipular uma massa em seu favor e como sua personalidade, sem limites, o levou à morte.

 


Keywords


Hitler - Superdotação - Nazismo – Sociedade – Sofista.

References


ABREU, F. R. (2020): DWRI- Amplas regiões de inteligência intelectual desenvolvidas, International Journal of Development Research

ARAÚJO, D.C. v. 13 n. 3 (2017): Março. A propaganda nazista e a construção de imagem pública de Adolf Hitler: análise de quatro cartazes nazistas do período entre 1920 e 1933.

Disponível em:. https://periodicos.ufpb.br/index.php/tematica/article/view/33402. Acesso em: 22/01/2021.

ARROYO, S.; MARTORELL; M.; TARRAGÓ, S. La realidad de una diferencia: los superdotados – diagnóstico, asesoramiento, atención escolar, integración social. Barcelona: Terapias Verdes, 2006.

BALDISSERA, Rudimar. Imagem-conceito: anterior à comunicação, um lugar de significação.Porto Alegre: PUCRS, 2004.

BERTONHA, J. F. Tempo vol.14 no.28 Niterói June 2010

. O Império de Hitler. A "Nova ordem" nazista na Europa, 1939-1945. Disponível em;https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141377042010000100011. Acesso em: 22/01/2021.

PILARES, Nanci Capel. Atendimento ao cliente: o recurso esquecido.São Paulo: Nobel, 1989.

RENZULLI, J. S.; SYSTME, R. E.; BERMAN, C. Ampliando el concepto de superdotación en cara a educar líderes para una comunidad global. ALONSO, J. A.; RENZULLI, J. S.; BENITO, Y. Manual internacional de superdotados. Manual para Profesores y Padres. Madrid: Artedis, 2003. p. 71- 87.

STENBERG, R. Inteligência de sucesso: como a inteligência prática e a criativa são determinantes para uma vida de sucesso. Lisboa: Ésquilo, 2005.

STOBÄUS, C. D.; MOSQUERA, J. J. M. A criança com necessidades educativas especiais: uma visão ampla e aportes educacionais. KREBS, R.; COPETTI, F.; BELTRAME, T.; PINTO, R. Os processos desenvolvimentais na infância. Belém-PA: GTR Gráfica, 2003, p. 13-28.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-796

Refbacks

  • There are currently no refbacks.