A utilização do ioiô como ferramenta de pesquisa educacional / The utilization of yoyo as a tool of educational research

Rafael Medeiros de Freitas, Maria Roberta de Farias, Beatriz Araújo Rocha, George Frederick Tavares da Silva

Abstract


É próprio do homem a investigação e a criação de estratégias que viabilizem a sua adaptação em um meio. A invenção da roda e de outros instrumentos de rolamento, como o ioiô, são exemplos de descobertas antigas e que vêm contribuindo ao longo dos anos para tais fins. O ioiô, por exemplo, é um objeto cujos movimentos não se restringem apenas às brincadeiras, mas à elaboração de mecanismos que favorecem a indústria, transportes, dentre outros setores. A evolução de seus modelos tem permitido que competidores realizem ousadas manobras durante os campeonatos. Esse brinquedo é considerado um verdadeiro laboratório de física, pois estudar seu movimento permite perceber fenômenos como: energia cinética e potencial, torque, rotação, translação, momento linear e angular, atrito, velocidade, aceleração e força. Sendo assim objetiva-se neste trabalho analisar grandezas envolvidas no movimento do ioiô e usá-lo como objeto de aprendizagem nas aulas de Física, possibilitando que professores e alunos realizem análises e tornem o ensino da disciplina significativo. Para isso foram feitos estudos bibliográficos e experimentações, que resultaram na exploração de uma gama de conceitos físicos e na verificação de suas influências na subida do ioiô até a mão do praticante. Esses resultados confirmam a relevância de usar objetos simples para explorar a Física, reforçando que é uma ciência voltada à explicação de fenômenos da natureza.


Keywords


fenômenos físicos, investigação, ludicidade, material alternativo.

References


ALUNOSONLINE. Importância da Física. Disponível em: Acesso em 22 de maio de 2016.

COMOTUDOFUNCIONA. Disponível em: Acesso em 02 de junho de 2016.

FÍSICAEMPERGUUNTAS. Por que o ioiô sobe? Disponível em: Acesso em 17 de março de 2016.

HALLIDAY, D.; RESNICK, R. Fundamentos de Física, vol. 1. 8ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

IOIOBRASIL, História do Ioiô, 2013. Disponível em Acesso em 07de fevereiro de 2016.

LUCCA, T. A.; SANTOS, N. Gestão do conhecimento em tempos de crise. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 12, p.94508-94522, dez. 2020.

ORIGEMDASCOISAS, A origem do ioiô, 2012. Disponível em acesso em 07 de fevereiro de 2016.

PORTALDOIOIO. Disponível em: < http://portaldoioio.com.br > Acesso em 20 de abril de 2016.

REDESOCIALDOAPRENDENDOFÍSICA. A Física do Ioiô. Disponível em: Acesso em 16 de março de 2016.

LIVREESPORTES. Uma arma de caça que virou brinquedo. Disponível em:

Acesso em 30 de abril de 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-065

Refbacks

  • There are currently no refbacks.