Desempenho na produção leiteira de propriedades rurais da agricultura familiar no município de Pimenta Bueno, estado de Rondônia / Milk production performance of rural properties of family farming in Pimenta Bueno city, Rondonia state

Liandra Maria Abaker Bertipaglia, Tércio Augusto Pereira Regalado, Gabriel Maurício Peruca de Melo, Paulo Henrique Moura Dian, Joyce Augusto Macedo, Carlos Henrique Andrade de Carli, Wanderley José de Melo

Abstract


Com este trabalho, objetivou-se caracterizar o uso de tecnologia por um grupo de produtores rurais da agricultura familiar do município de Pimenta Bueno, no Estado de Rondônia. Adicionalmente, identificar grupos de produtores, o mais semelhante possível, para adequar a orientação técnica e contribuir para o desenvolvimento da bovinocultura de leite na região por meio da promoção de ações e estratégias para o atendimento das demandas daquele processo produtivo. Foram consideradas oito propriedades rurais com mão de obra familiar, representativas do município, nas quais foram avaliadas características pessoais, da propriedade, da qualidade do leite, da alimentação do rebanho e informações sobre o uso de tecnologias, obtidas por meio de resposta a um questionário aplicado. Para interpretação dos resultados, foi utilizado o método de análise de agrupamentos e, posteriormente, foi aplicado o método dos componentes principais (análise multivariada). As variáveis de melhor representatividade foram selecionadas e usadas dentro de cada fator da análise a partir do valor das cargas fatoriais mais próximas de fator 1, que se correlaciona mais estreitamente com indicadores que captam o uso de tecnologia. Como resultado, observou-se que produtores rurais que possuíam maior grau de escolaridade e que as propriedades que faziam uso de tecnologias mais avançadas se agruparam naturalmente, destacando-se das demais. Concluiu-se que o grupo foi discriminado em 5 classes, sendo o fator mais discriminante negativamente é a idade do proprietário. A área da propriedade não foi fator discriminante, e o número de membros da família que auxiliam nas atividades produtivas e o grau de escolaridade foram fatores que discriminaram positivamente no desempenho da propriedade.

 


Keywords


dados produtivos, ferramentas de manejo, mão de obra familiar, pecuária leiteira.

References


ABRAMOVAY, R. et al. Novos dados sobre a estrutura social do desenvolvimento agrícola em São Paulo. Agricultura em São Paulo, v. 43, n. 2, p. 67¬88. 1996

ALEIXO, S. S.; SOUZA, J. G.; FERRAUDO, A. S. Técnicas de análise multivariada na determinação de grupos homogêneos de produtores de leite. Revista Brasileira de Zootecnia, v.36, n.6, p. 2168-2175, 2007 (supl.).

ARTES, R. Aspectos estatísticos da análise fatorial de escalas de avaliação. Revista de Psiquiatria Clínica, v.25, n.5, p. 223-228, 1998.

ASBRAER. Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural. Assistência técnica e extensão rural no Brasil: Um debate nacional sobre as realidades e novos rumos para o desenvolvimento do País. Brasília: ASBRAER, Jul. 2014.

ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS [AOAC]. (1997). Official Methods of Analysis(16th ed.). Arlington, VA: AOAC

BRASIL. Lei no 11.326 de 24 de julho de 2006. Estabelece as diretrizes para a formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 25 jul. 2006.

CASTRO, C. N. de. Desafios da agricultura familiar: o caso da assistência técnica e extensão rural. Boletim Regional, Urbano e Ambiental, n.12, 2015.

DEPONTI, C. M.; KIRST, R. B. B.; MACHADO, A. As inter-relações entre as TIC e a Agricultura Familiar. RECoDAF – Revista Eletrônica Competências Digitais para Agricultura Familiar, v. 3, n. 1, p. 4-23, 2017.

FRANKLIN, S. B.; GIBSON, D. J.; ROBERTSON, P. A.; POHLMANN, J. T.; FRALISH, J. S. Parallel Analysis: A method for determining significant principal components. Journal of Vegetation Science, v.6; n.1, p. 99-106, 1995.

GLORFELD, L. W. An improvement on Horn’s parallel analysis methodology for selecting the correct number of factors to retain. Educational and Psychological Measurement, v.55, n.3, p.377-393, 1995.

GREMAUD, A.P; PINHO, D.B.; VASCONCELLOS, M.A. Manual de Economia. 5th ed. São Paulo: SARAIVA. 2006.

HANZEN, M.; PLEIN, C.; COLTRE, S. M. Agricultura familiar e ruralidade: Sustentável? Brazilian Journal of Development, v. 6, n.6, p.39474-39490, 2020.

HAYTON, J. C.; ALLEN, D. G.; SCARPELLO, V. Factor retention decisions in exploratory factor analysis: A tutorial on parallel analysis. Organizational Research Methods, v.7, n.2, p.191-207, 2004.

IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário 2017. Dourados: IBGE, 2017.

IDARON. Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia. Relatório Final da 35ª Etapa de Vacinação da Febre Aftosa. Período: 15/10/2013 a 16/11/2013. Pimenta Bueno-RO, 2013.

LEMOS, José de Jesus Sousa. Mapa da Exclusão Social no Brasil: radiografia de um país

assimetricamente pobre (Terceira Edição Revisada e Atualizada). 3. ed. 2012.

LIMA, A. P. et al. Administração da unidade de produção familiar: modalidades de trabalho com agricultores. 2.ed. Ijuí, Unijuí, 2001.

PATIL, V. H.; SINGH, S. N.; MISHRA, S.; DONAVAN, D. T. Efficient theory development and factor retention criteria: Abandon the ‘eigenvalue greater than one’ criterion. Journal of Business Research, v.61, n.2, p. 162-170, 2008.

PEDROSO, M.C. Uma metodologia de análise estratégica da tecnologia. Gestão &Produção, São Carlos, v. 6, n. 1, p. 61-76, 1999.

ROCHA JUNIOR, A.B.; FREITAS, J.A. DE; CASSUCE, F. C.C.; COSTA, S. M. A. L. Análise dos determinantes da utilização de assistência técnica por agricultores familiares do Brasil em 2014. Revista de Economia e Sociologia Rural, v.57, n.2, 181-197, 2019.

SANTOS, M. A. S.; SANTANA, A. C. de; RAIOL; L. C. B. Fatores determinantes da modernização da pecuária leiteira na Amazônia. In: Anais... 1º Simpósio de Cadeias Produtivas e Desenvolvimento Sustentável na Amazônia e do 9º Seminário Anual de Iniciação Científica e 3º Seminário de Pesquisa da UFRA. 2011.

SIMIONI, F. J.; ZILLIOTTO, T. C. Influência das inovações tecnológicas em unidades de produção familiares da região oeste de Santa Catarina. In: Anais... VII Encontro de economia Catarinense, UFSC. Florianópolis-SC, 2013.

SNEATH, P. H.; SOKAL, R. R. Numerical taxonomy: The principles and practice of numerical classification. San Francisco: W.H. Freeman, p. 573, 1973.

SOUZA FILHO, H. M. DE; BUAINAIN, A. M.; SILVEIRA, J. M. F. DA; VINHOLIS, M. DE M. B. Condicionantes da adoção de inovações tecnológicas na agricultura. Cadernos de Ciência & Tecnologia, v. 28, n. 1, p. 223-255, 2011.

SOUZA, P. M. DE.; FORNAZIER, A.; SOUZA, H. M. DE.; PONCIANO, N. J. Diferenças regionais de tecnologia na agricultura familiar no Brasil. Revista de Economia e Sociologia Rural, v.57, n.4, p.594-617. 2019.

VAN SOEST, P. J.; ROBERTSON, J. B.; LEWIS, B. A. Methods for dietary fiber, neutral detergent fiber, and non-starch polysaccharides in relation to animal nutrition. Journal of Dairy Science, v.74, n.10, p. 3583-3597, 1991.

ZOCCAL R. Revista Balde Branco. [Online]. 2016. Disponível em: http://www.baldebranco.com.br/alguns-numeros-do-leite/.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-052

Refbacks

  • There are currently no refbacks.