Transformações no médio Rio Araguari, no Amapá: contribuições ao debate sobre conflitos na pesca artesanal/ Transformations in the middle Araguari River, in Amapá:contributions to the debate of conflicts in artisanal fisheries

Laís Melo Lima, Christian Nunes da Silva, Cristiano Quaresma de Paula, Vicka de Nazaré Magalhães Marinho, Adria de Melo Rosa

Abstract


O presente artigo discorre sobre as transformações na pesca artesanal, ocorrida nos últimos anos, no rio Araguari, no estado do Amapá, decorrentes dos empreendimentos hidroelétricos, instalados em seu trecho médio. Como forma de verificar os impactos suscitados, procedeu-se à aplicação de questionários semiestruturados e à utilização de mapeamento participativo, junto aos pescadores do município de Porto Grande, sujeitos de interesse desta pesquisa. A partir dos dados obtidos, constatou-se que a implantação da hidroelétrica Cachoeira Caldeirão promoveu alterações, tanto no ambiente físico do rio quanto na prática da pesca artesanal na região, sendo inúmeros, os relatos dos pescadores artesanais, quanto aos prejuízos na atividade pesqueira, apontando para um cenário de conflitos, de tensões e de limitações territoriais.


Keywords


Pesca artesanal, Conflitos na pesca, Hidroelétricas, Amazônia.

References


ACSELRAD, H. Cartografias Sociais e Territorios. Rio de Janeiro: IPPUR/UFRJ, 2008. p. 13-44.

AMIN, M. M. A Amazônia na geopolítica mundial dos recursos estratégicos do século XXI. Revista Crítica de Ciências Sociais [On-line], 2015.

ANTUNES, R. A desertificação neoliberal no Brasil: Collor, FHC e Lula. Campinas: [s.n.], 2004.

BECKER, B. K. Reflexões sobre hidrelétricas na Amazônia: água, energia e desenvolvimento. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2012.

BRASIL. Lei nº 9.433, de 8 de janeiro de 1997. 1997.

FEARNSIDE, P. Desenvolvimento Hidreletrico na Amazônia. [S.l.]: INPA, 2015.

FURTADO, L. G. Pescadores do Rio Amazonas: um estudo antropologico da pesca ribeirinha numa área Amazônica. Belém: Museu paraense Emílio Goeldi, 1993. 486 p.

LIMA, L. M. Territorio em transformação: impactos na pesca artesanal - Araguari, Porto Grande, Amapá, Amazônia. 2020. 151 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) ‒ Universidade Federal do Pará, Belém, 2020.

MARINHO, V. N. M.; SILVA, C. N.; LIMA, M. L.; ROSA, M. R.; LIMA, R. A. P.; FERREIRA, G. C.; CAETANO, V. N. S. Hidroelétricas na Amazônia Brasileira: Considerações sobre os impactos na pesca artesanal nos rio Xingu (Pará) e Araguari (Amapá). Revista Vivência, 2019.

MONTEIRO, M. D. A. A Icomi no Amapá: meio século de exploração mineral. Novos Caderno do NAEA, 2003.

PAULA, C. Q. D. Impactos ambientais na pesca artesanal brasileira: uma interpretação geográfica. Percursos, Florianopolis, 2018.

SANTIAGO, G. F.; OLIVEIRA FILHO, O. B. Q. de. Impacto de usinas hidrelétricas: implicação legais e ambientais no extremo norte do Brasil. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 5, n. 6, p. 6763-6781, jun. 2019.

SILVA, C. N. Territorialidades e modo de vida de pescadores do rio Ituquara. Dissertação (Mestrado em Geografia) ‒ Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal do Pará, Belém, 2006.

SILVA, C. N. Geografia e representação espacial da pesca na Amazônia paraense. Belém: GAPTA/UFPA, 2012.

SILVA, C. N.; VERBICARO, C. O mapeamento participativo como metodologia de análise do território. Scientia Plena, v. 12, n. 6, 2016.

VIANA, I. A. F. Estudos sobre o setor energetico no estado do Amapá. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) ‒ Programa de Pós-Graduação de Mestrado em Desenvolvimento Regional, UNIFAP, Macapá, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-050

Refbacks

  • There are currently no refbacks.