A educação da classe trabalhadora a partir dos escritos pré-carcerários (1910-1920) de Antônio Gramsci / The education of the working class from the pre- prisones writings (1910-1920) of Antonio Gramsci

Antônia Márcia da Silva Magalhães, Pedro Santos

Abstract


Este artigo discute a educação da classe trabalhadora nos escritos pré-carcerários (1910-1920) de Antônio Gramsci. A metodologia utilizada é qualitativa e de procedimento bibliográfico, o que possibilitou o contato e a análise dos textos do pensador sardo. Pelo estudo, compreendemos que a educação é um processo formativo que- alinhada à lógica do capital- pode contribuir para a validação do modelo de sociabilidade vigente. Mas- comprometida com a luta da classe subalterna- poderá auxiliar na construção de uma nova civilização que tem como horizonte a emancipação humana. Nesse sentido é que a educação, na perspectiva gramsciana, emerge como processo formativo amplo que visa fortalecer as classes subalternas para lutarem em prol da construção de uma nova forma de sociabilidade humana. 


Keywords


Educação política, Subalternos, Escritos pré-carcerários.

References


GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2011.

GRAMSCI, Antônio. Escritos Políticos (1910-1920). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

GRAMSCI, Antônio. Cadernos do Cárcere. Introdução ao estudo da filosofia. A filosofia de Benedetto Croce. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 1999. V. 1

LEO, Valeria. Paixão. In: Dicionário Gramsciano. LIGUORI, Guido; VOZA, Pasquale (orgs). Rio de Janeiro: Boitempo, 2017.

SEMERARO, Giovanni. Anotações para uma Teoria do Conhecimento. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-607

Refbacks

  • There are currently no refbacks.