Valoração econômica dos benefícios ambientais percebidos pelos frequentadores do museu da Amazônia – Musa, Manaus (AM)/ Economic valuation of the environmental benefits perceived by visitors to the Amazon Museum - Musa, Manaus (AM)

Rafael de Lima Erazo, Sarah Caroline Ferreira das Chagas Costa

Abstract


A valoração de bens e serviços ambientais é uma importante ferramenta que pode auxiliar na tomada de decisões para definição de políticas públicas e privadas sobre o gerenciamento dos bens e serviços provenientes do capital natural e, é nesse sentido que se verificou a necessidade de valorar economicamente os benefícios ambientais percebidos pelos frequentadores do Museu da Amazônia – MUSA, localizado na cidade de Manaus – AM. O MUSA presta diversos serviços à sociedade, sob a forma de recreação e lazer, garantindo uma melhor qualidade de vida para as pessoas. A metodologia utilizada fundamentou-se na aplicação de entrevistas semiestruturadas, com questões abertas e fechadas, realizadas no período de novembro de 2020. Sendo assim, foi aplicado o método de valoração contingente - MVC. As sociedades envolvidas, ao se disporem a pagar uma taxa pública mensal, reivindicam políticas públicas efetivas de melhoria e conservação do MUSA. A população de interesse apresenta, de modo geral, um estreito relacionamento com o MUSA, tanto em termos de visitação quanto de conhecimento acerca de seu patrimônio natural e histórico e das degradações e problemas que o mesmo vem sofrendo. Em relação à confiabilidade das medidas estimadas, acredita-se que essas representem uma aproximação adequada da realidade, dada a preocupação do presente trabalho em procurar evitar ou minimizar os vieses que geralmente ocorrem em pesquisas de valoração ambiental. Por fim, recomenda-se a conjugação das estimativas obtidas na elaboração de projetos e políticas públicas voltadas para o ativo estudado.


Keywords


Disposição a pagar, Gestão ambiental e Método de valoração contingente.

References


ALMEIDA, Alexandre Nascimento de; VERSIANI, Raphael de Oliveira; SOARES, Philipe Ricardo Casemiro; ANGELO, Humberto. Avaliação Ambiental do Parque Olhos D’Água: aplicação do método da disposição a pagar. Floresta e Ambiente, [S.L.], v. 24, n. 8, p. 1-15, 3 ago. 2017. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/2179-8087.094714.

BARBOSA FILHO, JOSÉ. 2005. Valuation model for environmental analysis of proposed investment. Tese de Doutorado em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina. 199pp. (in Portuguese)

CARVALHO JÚNIOR, Luiz Carlos de; MARQUES, Matheus de Mendonça; FREIRE, Fatima de Souza. Mensuração de ativos culturais: aplicação do método do custo de viagem e método de valoração contingente no memorial darcy ribeiro. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, [S.L.], v. 10, n. 2, p. 394-413, 10 maio 2016. ANPTUR - Associacao Nacional de Pesquisa e Pos Graducao em Turismo. http://dx.doi.org/10.7784/rbtur.v10i2.1081.

FREITAS, Kellem Andrezza Araújo et al. Valoração econômica dos benefícios ambientais percebidos pela população da bacia do Educandos provenientes do PROSAMIM. Acta Amazonica, Manaus, v. 40, n. 3, p. 509-514, 3 set. 2010.

LUZ, Maria Luiza Almeida. Método de Valoração Contingente e Unidades de Conservação: Estudo de Caso do Parque Olhos D'Água - Distrito Federal, Brasil. 2014. Disponível em: http://www.engema.org.br/XVIENGEMA/338.pdf. Acesso em: 04 nov. 2020.

MARQUES, JOÃO FERNANDO; COMUNE, ANTÔNIO EVALDO. 1997. The neoclassical theory and the environmental valuation.In: Romeiro, Ademar Ribeiro, et al. Environmental Economics: Theory, policy and management of regional spaces. Campinas: UNICAMP. p.21-42. (in Portuguese)

MATTOS, A. D. M. Valoração ambiental de áreas de preservação permanente da microbacia do ribeirão São Bartolomeu no município de Viçosa, MG. Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Minas Gerais. 2006.

MAY, P. H. 1996. Ecological economics: applications in Brazil. Rio de Janeiro: Campus. 218pp. (in Portuguese)

ORTIZ, RAMON ARIGONI. 2003. Economic valuation of environmental. In: May, Peter H; Lustosa, Maria Cecília; Vinha, Valéria da. Environmental Economics: theory and practice. 5.ed. Rio de Janeiro: Campus. p.81-99. (in Portuguese)

PEARCE, DAVID W; TURNER, R KERRY. 1985. Environmental Economics. México: Fondo de Cultura Económica. 378pp. (in Spanish)

PINDYCK, R.S.; RUBINFELD, D. L. Microeconomia. 4ª ed. São Paulo: Mackron Books, 1999. 791 p.

SILVA, Lucivaldo Breves da. VALORAÇÃO ECONÔMICA DOS ATIVOS AMBIENTAIS PROVENIENTES DA ARBORIZAÇÃO DA CIDADE DE MANAUS-AM. 2014. 48 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais, Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais e Ambientais, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2014.

SILVA, RUBICLEIS GOMES DA. 2003. Valuation of the environmental park Chico Mendes, Rio Branco, Brazil: application of probabilistic method referendum with bidding games. Dissertação de Mestrado em Economia Aplicada, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais. 125pp. (in Portuguese)

VIANA, J. F. C. Valoração ambiental do Parque Ecológico e de Uso Múltiplo Olhos D’Água como subsídio à sua concessão. Universidade Católica de Brasília, Brasília, Distrito Federal. 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-591

Refbacks

  • There are currently no refbacks.