Os efeitos do Pilates em adolescentes com escoliose idiopática diagnosticada - uma revisão de literatura / The effects of Pilates in adolescents with diagnosed idiopathic scoliosis - a literature review

Givanildo de Oliveira Santos, Andressa Morais Bailão, Thaís de Morais Bailão, Sebastião Lobo da Silva

Abstract


A escoliose idiopática é uma condição ortopédica comum que afeta pessoas, a estrutura músculo esquelética em diferentes idades, estatística em crianças e adolescentes têm inúmeros impactos não apenas físicos, mas também, sociais e psicológicos, assim, busca-se intervenções alternativas às tradicionais, no entanto, buscam resultados melhores do que os tratamentos fisioterápicos. Este artigo objetivou verificar os principais efeitos e benefícios sobre a escoliose idiopática de adolescentes durante a intervenção do método de Pilates. Quanto aos métodos para a elaboração deste, buscou-se uma revisão de literatura, qualitativa, de caráter descritivo, a partir de documentos secundários para o alcance do objetivo. Observou-se a partir dos resultados que em geral, as intervenções diversas beneficiam os portadores de escoliose, quanto ao Pilates, demonstrou entre outros benefícios, os psicológicos quanto a autoestima e imagem corporal, possibilitando obter melhores resultados se intervenções tradicionais forem associadas a tratamentos alternativos. Concluiu-se que grupos que praticaram Pilates apresentaram resultado positivo quando comparados aos não praticantes (grupo controle) com redução no grau de escoliose não estrutural, e elevação da flexibilidade e força muscular entre outros benefícios, prática do método de Pilates poderá trazer efeitos positivos e benéficos para crianças e jovens portadores de escoliose idiopática.


Keywords


Doenças Músculo Esquelético, Jovens, Intervenção terapêutica, Benefícios.

References


ARAÚJO, Luana Macêdo de et al. Diminuição da dor em mulheres com dismenorreia primária, tratadas pelo método Pilates. Revista Dor, v. 13, n. 2, p. 119-123, 2012.

DA COSTA, Letícia Miranda Resende; ROTH, Ariane; DE NORONHA, Marcos. O método pilates no Brasil: uma revisão de literatura. Arquivos Catarinenses de Medicina, v. 41, n. 3, p. 87-92, 2012.

DE ARAÚJO, Maria Erivânia Alves et al. The effectiveness of the Pilates method: reducing the degree of non-structural scoliosis, and improving flexibility and pain in female college students. Journal of bodywork and movement therapies, v. 16, n. 2, p. 191-198, 2012.

DE MOURA, Pâmela Miotti et al. Efeito do método Pilates sobre a escoliose idiopática: estudo de caso. Scientia Medica, v. 24, n. 4, p. 391-398, 2014.

DEBS, Priscila Gagliardi Kalil; SARNI, Roseli Oselka Saccardo; REATO, Ligia de Fatima Nobrega. Alterações posturais na adolescência. Adolescência & Saúde, Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 50-57, 2016.

EMERY, Kim et al. The effects of a Pilates training program on arm–trunk posture and movement. Clinical Biomechanics, v. 25, n. 2, p. 124-130, 2010.

FONSECA, Arianne Ferreira et al. Efeitos do método Pilates sobre o perfil e a percepção postural em crianças. Fisioterapia Brasil, v. 18, n. 4, p. 471-480, 2017.

KIM, Gichul; HWANGBO, Pil-neo. Effects of Schroth and Pilates exercises on the Cobb angle and weight distribution of patients with scoliosis. Journal of physical therapy science, v. 28, n. 3, p. 1012-1015, 2016.

LEE, Hyo Taek et al. Effect of mat Pilates exercise on postural alignment and body composition of middle-aged women. Journal of physical therapy science, v. 28, n. 6, p. 1691-1695, 2016.

PARK, Yun Hee et al. The effect of a core exercise program on Cobb angle and back muscle activity in male students with functional scoliosis: a prospective, randomized, parallel-group, comparative study. Journal of International Medical Research, v. 44, n. 3, p. 728-734, 2016.

PERIC, Dragan et al. The effects of an ergonomic exercise program with a pilates ball on reducing the risk of the incidence of musculoskeletal disorders. Facta Universitatis, Series: Physical Education and Sport, p. 383-391, 2016.

PŁASZEWSKI, Maciej; BETTANY-SALTIKOV, Josette. Non-surgical interventions for adolescents with idiopathic scoliosis: an overview of systematic reviews. PloS one, v. 9, n. 10, p. e110254, 2014.

SAMOYEDEM, Carine Paula; FERLA, Bruna Maitê; COMERLATO, Tatiana. Efeitos da técnica de reeducação postural global (RPG) no tratamento da escoliose idiopática adolescente–estudo de caso. 2017.

SANTOS, Lucas de Macedo dos et al. Avaliação postural por fotogrametria em pacientes com escoliose idiopática submetidos à artrodese: estudo piloto. Fisioterapia em Movimento, v. 25, n. 1, p. 165-173, 2012.

SEGURA, Dora de Castro Agulhon et al. < b> Estudo Comparativo do Tratamento da Escoliose Idiopática Adolescente Através dos Métodos de RPG e Pilates. Saúde e Pesquisa, v. 4, n. 2, 2011.

TOLEDO, Pollyana Coelho Vieira et al. Efeitos da Reeducação Postural Global em escolares com escoliose. Fisioterapia e Pesquisa, v. 18, n. 4, p. 329-334, 2011.

YU, Jae-Ho et al. Influence of Pilates on physical factors related to exercise performance. Journal of Korean Physical Therapy, v. 23, n. 3, p. 57-63, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-592

Refbacks

  • There are currently no refbacks.